“Está na altura de dizer que o PSD tem vida própria”, diz Montenegro

José Coelho / Lusa

O ex-líder parlamentar do Partido Social Democrata (PSD), Luís Montenegro

O antigo líder parlamentar do PSD Luís Montenegro defendeu que “está na altura de dizer que o PSD tem vida própria” e garantiu que não estará “minimamente disponível para negociar orçamentos com o PS”.

“O PSD nos últimos dois anos tem andado permanentemente à espera do PS. Creio que está na altura de dizer que o PSD tem vida própria. Comigo não há nenhum acordo com PS. Não estou minimamente disponível para negociar orçamentos com o PS. O PS fez uma escolha, tem os seus parceiros, fez o seu casamento com a esquerda parlamentar, seja esse casamento por escrito ou uma união de facto como parece que vai ser”, disse Luís Montenegro.

À entrada para um jantar que decorre em Espinho, no distrito de Aveiro, para assinalar o 10.º aniversário do executivo municipal local, Luís Montenegro, que na quarta-feira, em entrevista à SIC, anunciou que será candidato à liderança do PSD, frisou que o atual líder, Rui Rio, “tem uma visão diferente” para o futuro de Portugal, porque “mantém abertura para atendimentos com o PS”, algo que recusa.

“O PSD joga para ganhar quando vai a eleições. O PS não é o nosso parceiro de governação porque não quer. O PS não quer reformar o país”, adiantou.

Questionado sobre se já recolheu apoio de sociais-democratas ou de estruturas do PSD, Luís Montenegro disse apenas que “várias pessoas manifestaram disponibilidade” para estar ao seu lado, mas, frisou, “a campanha ainda não começou”.

Quando confrontado com as palavras recentes do presidente da Câmara de Ovar e vice-presidente do PSD, Salvador Malheiro, que considerou que a campanha para as legislativas, nas quais o PSD obteve 27,9% dos votos contra 36,6% do PS, sofreu uma “constante agitação”, Luís Montenegro falou em “desculpas esfarrapadas”.

“O PSD desde Francisco Sá Carneiro foi sempre um partido plural onde cada um pode exprimir os seus pontos de vista. Isso não foi diferente com o dr. Rui Rio nem o dr. Rui Rio foi diferente deste comportamento quando não era líder do PSD. Talvez a única distinção é que nunca ninguém esteve como eu estive quase 10 meses sem rigorosamente abrir a boca apenas e só para reforçar a minha humilde participação nas campanhas eleitorais europeias e agora nas legislativas”, disse Luís Montenegro.

Para o antigo líder parlamentar do PSD, “não vale a pena estar a pessoalizar o debate”, pois “todos os momentos de maior tensão tiveram na base uma provocação que vinha do próprio líder do partido”.

No jantar com cerca de 600 pessoas, segundo a organização, onde estão o líder da distrital de Viana do Castelo, Carlos Morais Vieira, o antigo deputado Luís Campos Ferreira, bem como os deputados Carlos Abreu Amorim, Miguel Santos e Hugo Soares, Luís Montenegro sublinhou o seu desejo por “uma campanha esclarecedora” para as eleições internas do PSD, de forma a que, “apurados os resultados, o líder eleito possa ter a capacidade agregadora que Rui Rio não teve”.

Com eleições diretas previstas para janeiro, se o calendário não for alterado, Luís Montenegro é o primeiro candidato assumido à liderança do PSD, já que Rui Rio afirmou na noite eleitoral das legislativas que iria “ponderar” com serenidade a sua continuidade.

Questionado sobre as críticas de Cavaco Silva ao presidente do PSD, Montenegro diz que concorda com tudo, defendendo que Maria Luís Albuquerque será bem-vinda, se for candidata à presidência do partido.

Hugo Soares ao lado de Montenegro

O deputado Hugo Soares escusou-se a confirmar se apoiará a candidatura de Luís Montenegro à liderança do partido, mas admitiu que “não será segredo para ninguém” se o virem ao lado do antigo líder parlamentar.

“Sobre esse tema falaremos oportunamente, mas creio que não será segredo para ninguém se eu estiver ao lado do dr. Luís Montenegro“, disse Hugo Soares, que também foi líder parlamentar do PSD, aos jornalistas à entrada para um jantar que decorre em Espinho, no distrito de Aveiro, para assinalar o 10.º aniversário do executivo municipal local.

Confrontado com o anúncio de Montenegro, Hugo Soares, eleito deputado em 2015, mas que foi afastado por Rui Rio das listas para as eleições legislativas do passado domingo, não quis confirmar se dará apoio a Luís Montenegro. “Venho dar um abraço ao dr. Pinto Moreira [presidente da Câmara de Espinho] e, naturalmente, estar com o dr. Luís Montenegro. Falaremos durante a semana. Vocês sabem a resposta”, declarou.

O anfitrião da noite, o presidente da Câmara de Espinho que, num discurso de balanço do seu exercício autárquico, depois de enumerar projetos do passado e anunciar propostas para o futuro, quis deixar uma “nota muito pessoal” a Luís Montenegro. “Caro Luís, foi contigo que vim para a vida ativa política. Hoje estou aqui para te dizer que Espinho está e estará contigo sempre. Eu acredito”, terminou.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Se o PSD , tem “vida própria” como afirma este Ilustre que tem ao seu efectivo um triste currículo, se for eleito como presidente do Partido, então este terá “morte certa” !

RESPONDER

César, Louçã, Domingos Abrantes, Rio e Balsemão eleitos para Conselho de Estado

O Conselho de Estado é um órgão de consulta do Presidente da República composto por 19 membros, cinco dos quais eleitos pela Assembleia da República. Carlos César (PS), Francisco Louçã (BE), Domingos Abrantes (PCP), Rui Rio …

China já está a trabalhar no desenvolvimento de redes 6G

As autoridades chinesas divulgaram esta sexta-feira que já iniciaram pesquisas para o desenvolvimento de redes sem fio de sexta geração, apenas algumas semanas depois de as três principais operadoras de telecomunicações do país terem lançado …

Miguel Morgado desiste de se candidatar à liderança do PSD

O ex-adjunto de Pedro Passos Coelho anunciou, esta sexta-feira, que desistiu de avançar com a sua candidatura para liderar o PSD. Miguel Morgado anunciou, esta sexta-feira, através do Facebook, que "não foi infelizmente possível no presente …

Merkel fará a sua primeira visita ao antigo campo de concentração de Auschwitz

A chanceler alemã, Angela Merkel, pretende visitar o antigo campo de concentração nazi de Auschwitz na Polónia, pela primeira vez nos seus 14 anos no cargo, anunciou na quinta-feira um jornal de Munique. Segundo Sueddeutsche Zeitung, …

Bebé encontrado no lixo já está com uma família de acolhimento

O bebé encontrado num ecoponto, no início do mês, e que esteve até quinta-feira hospitalizado, já está com uma família de acolhimento, informou a Santa da Misericórdia de Lisboa esta sexta-feira. A instituição refere numa nota …

Fisco vai controlar declarações de IRS de beneficiários do programa "Regressar"

A Autoridade Tributária e Aduaneira vai desenvolver mecanismos para verificar se os contribuintes abrangidos pelo regime fiscal do programa "Regressar" reúnem as condições exigidas, prevendo-se que parte desse controlo ocorra com a entrega da declaração …

Greta Thunberg vai de Lisboa a Madrid num carro elétrico emprestado por Espanha

A Junta da Extremadura, região espanhola, disponibilizou um carro elétrico à jovem ativista sueca Greta Thunberg para que possa viajar de Lisboa para Madrid para assistir à Cimeira do Clima respeitando o meio ambiente, adiantou …

Enfermeiros garantem voltar à luta com os 200 mil que sobraram do crowdfunding

Os enfermeiros, que no ano passado iniciaram o "Movimento Greve Cirúrgica", pretendem voltar às ações de protestos com os cerca de 200 mil euros que restaram da campanha de crowdfunding. A intenção é revelada por …

OCDE: Nova crise pode tirar metade do rendimento às famílias portuguesas

Uma nova crise económica e financeira a nível global pode ter efeitos dramáticos para as famílias portuguesas, levando à perda de metade dos seus rendimentos. Esta é a previsão da Organização para a Cooperação e …

O cofre da rica mãe, heranças às dúzias e a vida "sem luxos". O que Sócrates disse a Ivo Rosa

Foram cerca de 20 horas de interrogatório no âmbito da Operação Marquês, em que José Sócrates manteve, perante o juiz Ivo Rosa, a versão de que as avultadas quantias de dinheiro que gastou nos últimos …