Montenegro é oficialmente candidato à cadeira de Rio (e desafia-o a ir a jogo)

Mário Cruz / Lusa

O ex-líder parlamentar do Partido Social Democrata (PSD), Luís Montenegro

O antigo líder parlamentar do PSD confirmou os rumores que foram sendo vaticinados na imprensa durante esta semana: Luís Montenegro é oficialmente candidato à liderança do partido e desafia o atual líder, Rui Rio, a ir a jogo.

A confirmação foi feita pelo próprio Luís Montenegro, esta quarta-feira, em entrevista à SIC. Depois dos resultados das eleições de domingo e do coro de críticas à liderança de Rio, Montenegro confirma que vai concorrer à cadeira de Rio.

“Cada um de nós tem de assumir as suas responsabilidades, eu vou assumir as minhas. Serei candidato nas próximas eleições diretas por uma questão de coerência e convicção e gostava muito que o doutor Rui Rio também também pudesse ser candidato”.

“Rui Rio quebrou um ciclo de duas vitórias”, referiu Luís Montenegro. “Não tenho qualquer guerra pessoal com o doutor Rui Rio, o que quero é um PSD ganhador”.

No entender de Montenegro, “António Costa era batível nestas eleições” legislativas. “O PSD colou-se ao Partido Socialista mostrando uma disponibilidade para ter um apoio que nunca teve e que nunca o Partido Socialista lhe deu”.

O antigo líder parlamentar social democrata  diz que o partido precisa de “coesão, união”, que permita agregação “em torno de um líder”, bem como “definição estratégica e ideologia”. “É preciso pelo menos que não tenhamos complexos ideológicos e que não tenhamos nenhuma crise existencial a respeito disso”, reforçou.

Apesar de não renegar o passado, Luís Montenegro, líder parlamentar do antigo primeiro-ministro Pedro Passos Coelho, rejeita comparações.

“Quem está aqui hoje não é Pedro Passos Coelho, nem Cavaco Silva, nem Durão Barroso, nem Santana Lopes, é Luís Filipe Montenegro: só respondo por mim, e quero que as pessoas se identifiquem comigo”, disse, antes de garantir que não se candidatava ao cargo se não achasse que fosse capaz de ser líder do PSD.

“Não acredito em homens providenciais, de egos enormes, mas não me iria candidatar a um cargo de liderança se não achasse que era capaz de fazer melhor do que os outros”, afirmou na mesma entrevista conduzida por Clara de Sousa.

De acordo com o ex-líder parlamentar, a grande diferença entre si e Rui Rio reside no projeto político e no posicionamento face ao PS.  “Quero é que o PSD deixe de ser subalterno face ao PS. O PSD não pode estar todos os dias a reclamar reformas estruturais com o PS, tem de ter vida própria, sobretudo porque o PS não quer fazer essas reformas estruturais, António Costa não é um reformista”, disse.

O PSD de Rui Rio obteve no domingo o pior resultado do partido em legislativas dos últimos vinte anos, mas apenas em percentagem, já que conseguiu eleger mais deputados do que Pedro Santana Lopes em 2005. Apuradas todas as freguesias do território nacional, os sociais-democratas obtiveram 27,9% dos votos, correspondentes a 77 deputados, ficando a nove pontos percentuais do PS.

Partindo destes números, Montenegro voltou a apontar baterias à liderança de Rio: “O PSD não foi capaz de cativar os eleitores que não quiseram dar maioria absoluta ao PS”.

Luís Montenegro foi ainda questionado sobre a sua condição de arguido no processo que investiga viagens ao Euro 2016 e sobre uma eventual acusação pode afetar o cargo de presidente do PSD, se vier a ser eleito.

“Tenho a certeza absoluta de que não serei condenado por estes crimes que me são imputados”, disse Montenegro, assegurando não se sentir “minimamente limitado” pelo processo: “Não há nenhuma forma de preencher esta forma de crime, nem que as viagens me tivessem sido oferecidas”.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

10 COMENTÁRIOS

  1. Este PSD é um poço de víboras. Está profundamente dividido e tem mais quesílias internas do que quesílias com a oposição. Desde as dissidências do Santana, a este MonteCastanho que tem o real desplante de uma e outra vez, não desistir e voltar constantemente à carga a tentar aproveitar cada pequena deixa pra deitar a mão ao poleiro. Que obsessão… Que psicose!

    Eu sei que para se ir longe nas máquinas partidárias, é mais fácil se se for corrupto. Mas este MontedeEsterco abusa!.. É arguido em crimes e acha-se com condições para candidato a líder do Partido?!.. Ao que chega a desonrradez na política? Vergonha na fuça, animal!

    Rui Rio que é conhecido pela sua rectidão e combate à corrupção na Câmara do Porto, representa uma esperança, na erradicação do crime organizado na política. Montenegro representa exactamente o contrário: o esforço do crime de colarinho branco, em deitar as unhas ao poder.

    Vai pra casa bandido! Descola do Rio, gosma!! Não te bastou a abada que levaste da última vez que tentaste destroná-lo? Queres levar mais na tromba, monte?.. Força!

  2. Ah sr. Esteves, isto agora é que vai ser, os cidadãos estavam ansiosos pela nova temporada desta séria de comédia que será ainda melhor com a sua participação.

    P.S.: Apesar de tudo, o sr. Rio é uma pessoa honesta mas muito ingénuo, não sabe exprimir-se, e a culpa pelo mau resultado do Partido Social Democrata (PSD) nas Eleições Legislativas de 06 de Outubro 2016 não se deve a ele mas às más políticas praticadas pelos anteriores governos de Francisco Balsemão, Aníbal Silva, José Barroso, Pedro Lopes, e Pedro Coelho, que foram destruindo a economia e estrutura laboral do país, atentando contra a República e submetendo os cidadãos ao desemprego e miséria.

    • Totalmente de acordo! Rio tem de facto o handicap de não ser bom em marketing político e mediatismo. Ninguém é perfeito. Mas que arrangem alguém para essa função. O PS também tem o Galamba (embora o Costa não precise de RPs… Já dá cartas a qualquer um).

    • Vai lambê-la Figueiredo ! Deves estar noutro país. Quem destruiu o país foi o socialista Sócrates, nos nos fodricou a todos nós com o pedido de socorro de 89.000.000.000 à Troika. Com ele e por ele a taxa de desemprego chegou quase aos 20%.

  3. Faço votos para que Montenegro consiga fazer alguma coisa com as ruínas do PSD.
    Mas tenho dúvidas. Uma cara nova sem lastro, desligada dos anteriores governos, e com ideias assentes sobre a social-democracia, teria mais hipóteses.
    Montenegro tem ainda um grande obstáculo. Não está no Parlamento e tem de lidar com um grupo parlamentar escolhido por Rui Rio.

  4. Parece que a honestidade não é apreciada em politica.
    E assim vai ser corrido do partido o homem que parecia poder dar alguma credibilidade ao sistema.
    Depois admiram-se da elevada abstenção………………….

RESPONDER

Protestos em Hong Kong. LeBron acusado de apoiar regime chinês

A super estrela do basquetebol LeBron James juntou-se à polémica entre a NBA e a China, após apelidar de “mal-informado” o treinador dos Houston Rockets, Daryl Morey, que expressou apoio aos manifestantes em Hong Kong …

Acordo para o Brexit está "prestes a ficar fechado"

A chanceler alemã, Angela Merkel, e o Presidente francês, Emmanuel Macron, disseram esta quarta-feira que um acordo para o Brexit está em finalização e poderá ser apresentado quinta-feira para aprovação no Conselho Europeu. "Quero acreditar que …

Em Chernobyl, estão a desaparecer "as memórias que as pessoas deixaram para trás"

Chernobyl é, atualmente, a maior atração internacional da Ucrânia e o novo presidente, Volodymyr Zelenski, já apresentou um projeto para trazer ainda mais turistas. No entanto, estão a desaparecer "as memórias que as pessoas deixaram …

Huawei afirma que a tecnologia 6G vai estar disponível daqui a 10 anos

O CEO da Huawei, Ren Zhengfei, assinalou, durante uma entrevista à CNBC, que a sua empresa está a trabalhar em redes móveis 6G, que estarão completamente desenvolvidas daqui a 10 anos.   "Trabalhámos em 5G e 6G …

Nazismo e comunismo classificados em pé de igualdade pelo Parlamento Europeu

No passado dia 19 de setembro, a União Europeia colocou comunismo e nazismo em pé de igualdade, depois de aprovar no Parlamento Europeu uma resolução condenando ambos os regimes por terem cometido "genocídios e deportações …

Conselho da Europa teme que polícia de Malta tenha “recusado provas” no caso da jornalista assassinada

Daphne Galizia era jornalista, acompanhava casos de corrupção no país e foi assassinada há dois anos. Pieter Omtzigt, relator do Conselho da Europa responsável pelo caso, diz que a abordagem da polícia e dos …

Itália quer mudar sede da final da Liga dos Campeões

A Itália quer que a final da Liga dos Campeões deste ano, marcada para o Estádio Olímpico Atatürk Olympic, mude de sede. Os últimos dias não têm sido fáceis para a UEFA. Depois dos incidentes racistas …

CNN coloca broa portuguesa entre os 50 melhores pães do mundo

A propósito das celebrações do Dia Mundial do Pão, que se celebra esta quarta-feira, a CNN fez uma lista com os 50 melhores pães do mundo e um deles é a broa portuguesa. A broa conhecida …

CP lança nova campanha: Lisboa-Porto por cinco euros e mais descontos até 80%

Há 10.300 bilhetes a custos muito reduzidos, anunciou a CP – Comboios de Portugal esta terça-feira. A nova campanha garante viagens nos comboios de longo curso Alfa Pendular e Intercidades “com 80% de desconto”, abrangendo …

"Níveis recorde". Glaciares suíços perderam 10% do seu volume nos últimos cinco anos

Os glaciares suíços perderam 10% do volume nos últimos cinco anos, a maior redução em cem anos, alertou esta terça-feira a Academia Suíça das Ciências. A Academia baseia-se nas medições feitas pelos peritos do painel intergovernamental …