Espanha regressa aos 900 casos diários. Madrid obriga uso de máscara e rastreia infetados pelo BI

Sebastião Moreira / Lusa

Os contágios diários de covid-19 em Espanha não baixam dos 900 há semanas. O Governo de Madrid vai ordenar o encerramento das esplanadas às 1h30 e ordenar às autoridades a consulta de documentos de identificação aos clientes dos estabelecimentos para “facilitar o rastreio” de casos positivos.

A presidente da Comunidade de Madrid, Isabel Díaz Ayuso, anunciou esta terça-feira a “Estratégia de Continuidade”, uma série de medidas contra a propagação de covid-19 no sentido de se evitarem novos surtos da doença.

Entre as medidas anunciadas, Ayuso assinalou o uso obrigatório de máscaras de proteção sanitária para maiores de seis anos de idade, a partir de quinta-feira, em todos os espaços públicos assim como a manutenção da distância de segurança entre pessoas.

Nas reuniões no exterior ou em espaços fechados, o número máximo de pessoas não pode ultrapassar as dez e recomenda-se que o mesmo número limite seja respeitado mesmo que se trate de encontros nos domicílios.

De acordo com as normais divulgadas esta terça-feira vai ser obrigatório que os clientes deixem ficar nos estabelecimentos que frequentarem os dados de identificação para que eventualmente “possam ser rastreados rapidamente” casos positivos de covid-19.

Esta terça-feira, a Alemanha desaconselhou viagens ou deslocações turísticas às regiões espanholas de Aragão, Navarra e Catalunha por se verificarem novos surtos da doença.

Hotéis querem pagar testes aos turistas

De acordo com a agência Reuters, a Confederação Espanhola de Hotéis e Alojamentos Turísticos (CEHAT) ofereceu-se para pagar testes de despiste à covid-19 aos turistas estrangeiros, com o intuito de relançar o turismo.

O anúncio foi feito na segunda-feira, depois de o Governo britânico ter excluído Espanha da lista de países considerados seguros para viajar. Tal como acontece com Portugal, os britânicos que viajem para Espanha terão de cumprir uma quarentena de 14 dias no regresso a Inglaterra.

A associação considera a decisão “injusta”, “irracional e sem rigor”, mas acredita que a realização de testes aos visitantes será a melhor forma de garantir a segurança dos turistas, residentes e funcionários. “Estamos preparados para arcar com esse custo”, disse Jorge Marichal, presidente da CEHAT.

No ano passado, os britânicos representaram um quinto do fluxo de turistas estrangeiros em Espanha.

O número de casos disparou em julho, aumentando o receio de uma segunda vaga da pandemia. Para José Miguel Carrasco, da Sociedade Espanhola de Epidemiologia, citado pela TSF, é muito cedo para falar disso.

“É difícil saber se estamos numa segunda vaga, sobretudo porque a evolução da pandemia varia muito de comunidade para comunidade”, explicou José Miguel Carrasco. “Agora a situação está muito mais controlada do que março. Identificam-se bem os novos casos, isolam-se os contactos de tal forma que não existe transmissão comunitária excepto em algumas comunidades autónomas, como Cataluña e Aragão”.

Espanha contabilizou mais de 280 mil casos de infeção por covid-19, sendo que já morreram mais de 28 mil pessoas no país.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Pelo que vemos afinal quem tem de fechar é Portugal em relação a Espanha. Ainda bem que todos estão a colocar Portugal como “perigo” assim estamos mais salvaguardados.

RESPONDER

Israel fecha os olhos e deixa palestinianos cruzarem a fronteira para ir a banhos

As autoridades israelitas têm deixado milhares de palestinianos cruzar a barreira de separação entre os dois territórios para poderem ir às praias. Este foi um fim-de-semana muito especial para Siham e os seus cinco filhos. …

Diabéticos e hipertensos voltam a ter faltas justificadas

Os diabéticos e hipertensos sem condições para desempenharem funções em teletrabalho voltam a ter direito a justificar as faltas ao trabalho devido à pandemia de covid-19, segundo um diploma publicado em Diário da República. “Os imunodeprimidos …

Deputada da Coreia do Sul debaixo de fogo. Usou um vestido no Parlamento

Na semana passada, a deputada sul-coreana Ryu Ho-jeong usou um vestido numa assembleia legislativa, sendo bombardeada com críticas que gerou um debate sobre sexismo e a cultura patriacal do país. De acordo com a CNN, na …

SC Braga oficializa "top gun" Gaitán por duas temporadas

O internacional argentino Nicolas Gaitán assinou um contrato com o Sporting de Braga válido por uma época, com outra de opção, informou esta terça-feira o clube minhoto da I Liga de futebol. Formado no Boca Juniors, …

Vacina russa chama-se "Sputnik V" e foi já pedida por 20 países

A vacina russa contra a covid-19, cujo registo foi esta terça-feira anunciado pelo Presidente, Vladimir Putin, chama-se "Sputnik V", vai começar a ser fabricada em setembro e já foi encomendada por 20 países. De acordo com …

Rui Pinto no Twitter: "Travessia do deserto” terminou mas a “luta continua”

Rui Pinto assumiu que a “árdua e longa ‘travessia do deserto’” chegou ao fim, aludindo à sua libertação, mas avisou que “a luta continua”, pois Portugal “continua um paraíso para a grande corrupção” e branqueamento …

PJ deteve suspeita de atear fogo florestal no Parque Nacional da Peneda-Gerês

A Polícia Judiciária (PJ) de Braga deteve uma mulher de 57 anos suspeita de atear um incêndio florestal registado em 4 de agosto no Parque Nacional da Peneda-Gerês (PNPG), no concelho de Terras de Bouro. Em …

Mais duas mortes e 120 novos casos. Lisboa com 60% dos novos infetados

Portugal regista esta segunda-feira mais duas mortes, 120 novos casos de infeção por covid-19 e 160 curados em relação a segunda-feira, segundo o boletim diário da Direção-Geral da Saúde (DGS). O número de pessoas internadas é …

Encontrado cadáver com 30 anos em mansão abandonada em Paris

As obras de reforma numa mansão abandonada em Paris tiveram de ser suspensas inesperadamente depois de trabalhadores terem descoberto um cadáver a decompor-se na cave há 30 anos. De acordo com o jornal britânico The Guardian, …

Quase cem mil crianças contraíram a covid-19 em apenas duas semanas nos Estados Unidos

Noventa e sete mil crianças norte-americanas foram identificadas como infetadas com o novo coronavírus (covid-19) nas últimas semanas de julho. Os números relativos a estas duas semanas são avançados pela empresa norte-americana, que cita um relatório …