Escolas proibidas de divulgar dados pessoais e fotos dos alunos na Internet

As escolas que tenham informação pessoal sobre os alunos publicada na Internet, em locais de acesso livre a todos os utilizadores, vão ser obrigadas a retirar esses dados, depois de uma deliberação da Comissão de Protecção de Dados que pretende salvaguardar a segurança das crianças.

Divulgar informações como as pautas de classificação e os horários escolares dos alunos a todos os que usam a Internet é proibido e viola a privacidade das crianças visadas, devendo estes dados ser disponibilizados apenas em áreas reservadas aos pais e encarregados de educação.

O alerta da Comissão de Protecção de Dados (CNPD) é noticiado no Público, com base numa deliberação de Setembro que avisa que as escolas que tenham informações desse tipo na Internet vão ser obrigadas a retirá-las das áreas de acesso livre.

A CNPD lamenta, na referida deliberação, que “há uma prática generalizada de disponibilização de dados pessoais nos sítios da Internet das escolas, em incumprimento de obrigações legais e com clara afectação dos direitos, liberdades e garantias dos titulares dos dados, em particular dos alunos”.

Em causa está, nomeadamente, a divulgação da lista dos alunos matriculados nas escolas e das notas, procedimento este que leva à “produção de juízos estigmatizantes com elevado potencial discriminatório“, salienta a CNPD na deliberação nº 1495/2016, de 6 de Setembro de 2016.

A Comissão menciona ainda que a publicação dos horários lectivos ou de outros dados sobre os estudantes é uma forma de disponibilizar a criminosos acesso a informação pessoal e de, assim, se estar a “criar perigo para uma criança”.

Além disso, a disponibilização de dados como “a  existência de  apoio  social  escolar,  o  tipo  e  número  de  faltas  dadas  por disciplina, informação  de  saúde  associada  à  justificação  de  faltas, a  situação  de deficiência, entre outros”, constitui “uma violação grosseira dos direitos fundamentais” da criança “por não  ser  adequada  nem  necessária  a  publicitação  de  informação  pessoal desta natureza”, quer numa área de acesso livre, quer a todos os encarregados de educação num âmbito do acesso reservado, diz a CNPD.

Escolas devem abster-se de publicar fotos

No âmbito das fotografias dos alunos em actividades escolares, a Comissão realça que as escolas têm “um dever de abstenção” de as publicarem na Internet, “ainda que para o efeito exista consentimento dos pais ou encarregados de educação”.

Citando o acórdão do Tribunal da Relação de Évora que, no ano passado, proibiu os pais de uma menor de publicar fotos suas nas redes sociais, a CNPD lembra que “não é possível controlar a forma como cada um dos utilizadores pode vir a fazer uso das imagens, inclusivamente manipulando-as ou reproduzindo-as” em sites como o Facebook.

Assim, as escolas devem reduzir a publicação de imagens dos alunos “ao mínimo dispensável” e desde que não haja identificação dos alunos e que exista autorização dos pais, sustenta a CNPD.

Estas orientações aplicam-se desde o ensino pré-escolar até ao secundário e tanto ao público como ao privado e visam “o interesse superior da criança”, nota a Comissão, sublinhando que esta merece “protecção acrescida devido à sua vulnerabilidade”.

SV, ZAP

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Nas escolas não deviam colocar o nomes nas pautas de notas dos alunos. Há pais e encarregados de educação que fotografam as pautas e as publicam nas redes sociais. Penso que a Lei não deve permitir que isto aconteça.

RESPONDER

Sporting CP 1-0 Marítimo | Borja dispara rumo ao pódio

O Sporting sofreu, mas levou a “água ao seu moinho”. Na recepção ao um Marítimo consistente, mas pouco perigoso, o “leão” venceu por 1-0, numa partida com poucas ocasiões de golo, mas com domínio claro …

Reino Unido vai tornar públicos registos de avistamentos de OVNIs

A Força Aérea britânica vai disponibilizar todos os documentos sobre os avistamentos de OVNIs online. Até então, os registos eram mantido sob segredo. A Força Aérea Real do Reino Unido decidiu tornar públicos os registos de …

Sobreviventes a um cancro na infância têm maior probabilidade de vir a ter outro

Sobreviventes a um cancro têm uma maior probabilidade cinco vezes maior de vir a ter outro em comparação com a população em geral. O risco vai diminuindo ao longo do tempo desde o primeiro diagnóstico. Pessoas …

Lineker: "Se pusessem a minha equipa de 1990 a jogar contra uma moderna, seríamos assassinados"

"Se pusessem a minha equipa de 1990 a jogar contra uma moderna, seríamos assassinados", disse Gary Lineker, antigo internacional inglês, que agora é comentador da BBC. Em entrevista ao The Guardian, o antigo avançado da seleção …

Bater com um cutelo e espezinhar. A massagem que promete livrar de todas as dores

Santiago Terrases oferece uma massagem única, na qual calca as pessoas com os pés e bate-lhes com um cutelo. O norte-americano garante que consegue tirar todas as dores. No estado de Nevada, nos Estados Unidos, está …

"Choveram" propostas de empréstimo por Marega

O emblema portista recebeu vários proposta de empréstimo por Moussa Marega, mas acabou por as rejeitar. O FC Porto apenas abre mão do jogador caso seja paga a cláusula de rescisão. A imprensa francesa avança esta …

Crise de saúde mental nos jovens. Há um sexo mais em risco do que o outro

O uso regular de redes sociais pode afetar a saúde mental dos jovens. No entanto, os seus efeitos podem-se manifestar mais drasticamente em raparigas do que em rapazes. Desde 2010, as taxas de depressão, automutilação e …

PS quer limitar "vistos Gold" aos municípios do interior e às regiões autónomas

O PS entregou hoje uma proposta de alteração ao Orçamento em que limita a concessão dos "vistos Gold" a investimentos feitos por estrangeiros em municípios do interior ou nas regiões autónomas dos Açores e da …

Mais acidentes, afogamentos e suicídios num mundo mais quente

As temperaturas mais elevadas vão provocar mais acidentes rodoviários, afogamentos, agressões e suicídios, revelou uma nova investigação. Até ao momento, a grande parte das pesquisas em torno das alterações climáticas centrou-se nas mortes por doenças transmitidas …

Jóias de ouro e prata com plástico. Justiça não vê mal nenhum e iliba marca Tous

O processo de investigação aberto à marca TOUS por alegada fraude com jóias de ouro e plástico contendo plástico no seu interior, foi arquivado. A Justiça espanhola entende que, apesar de as jóias conterem plástico, …