Para entrar nesta praia italiana, vai ser preciso pagar (e nem todos podem entrar)

Aos pés de uma antiga aldeia de pescadores, La Pelosa é uma atração turística muito célebre. Por isso, a autarquia decidiu tomar medidas para a proteger.

A famosa praia tem sido uma vítima da erosão natural e humana. Os milhares de pessoas que visitam La Pelosa, no parque natural de Asinara, aumentam os efeitos da erosão. O mar e o vento levaram parte da faixa de areia e a sobrecarga piora a situação. Hoje, de acordo com o jornal italiano Corriere della Sera, a praia está cada vez mais fina e mais rochosa.

Em declarações à CNN, o autarca já tinha comentado que a praia chega a ter seis mil pessoas num só dia, o que “não é sustentável”. “É um equilíbrio geológico muito precário”, acrescentou, “temos de fazer isto para garantir o futuro” da praia.

As novas medidas vão entrar em vigor no próximo verão e terão um caráter experimental. Primeiro, para entrar, será preciso pagar. O preço do bilhete deverá rondar os 4 euros diários. À agência de notícias italiana ANSA, o autarca disse que o pagamento é “contributo” dos utilizadores para “subsidiar a manutenção e o monitorização da praia”.

Além do bilhete, a praia terá uma lotação máxima de 1500 adultos – as crianças não serão contadas – e multas até 500 euros para quem não respeitar as regras.

A praia já tinha um plano SOS, com regras que têm sido implementadas noutras praias da região: tem passadeiras de madeira para proteger as dunas, é obrigatório o uso de esteiras, não são autorizados vendedores, é proibido fumar, sabonetes ou detergentes, e é obrigatório limpar os pés à saída da praia nos espaços criados para o efeito. É também proibido levar sacos para que não se “roube” dinheiro ou conchas às praias de Sardenha.

Em breve, a estrada de alcatrão deverá desaparecer da praia. Construída nos anos de 1950, cruza as dunas. A autarquia já deu início ao processo para autorizar as obras, devendo as passadeiras de madeira substituírem o cimento e o betume em 2020.

Esta é mais uma medida para tentar controlar o sobreturismo em Itália. Em Veneza, que tem 50 mil habitantes e recebe 30 milhões de turistas por ano, a partir do próximo ano, vai ser cobrado bilhete de entrada e usar torniquetes. Também haverá multas para quem desrespeite as regras de comportamento cívico, sendo proibido em Roma sentar ou comer em monumentos, nomeadamente as escadas da praça de Espanha.

Recentemente, dois turistas foram apanhados a fazer café junto à ponte de Rialto e multado em 950 euros. Em agosto, um casal francês foi detido ao transportar 40 quilos da famosa areia da ilha da Sardenha, em Itália, e agora pode enfrentar até seis anos de prisão, caso a justiça italiana os considere culpados.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Campanha anticorrupção. Presidente das Filipinas já despediu cerca de 800 funcionários

O Presidente das Filipinas, Rodrigo Duterte, despediu cerca de 800 funcionários governamentais por atividades ilegais, desde que iniciou o mandato em 2016, no âmbito de uma campanha anticorrupção. "Continuarei a perseguir todos os trabalhadores do governo …

Crónica ZAP - Nota Artística por Nuno Miguel Teixeira

Nota artística: vais trabalhar à 1h da manhã, mas vais contente

https://soundcloud.com/nuno-teixeira-264830877/sacavenense-1-7-sporting-o-musical Eles sabem que, provavelmente, vão perder. Perderão, quase de certeza. Mas este é o jogo da vida deles. É o jogo em que eles demonstram ainda mais o amor pela camisola, o amor pelo jogo. …

Coligação negativa obriga Governo a fazer avaliação ambiental estratégica do novo aeroporto

O Governo terá de proceder, no próximo ano, a uma avaliação ambiental estratégica para o novo aeroporto de Lisboa, segundo duas propostas de alteração ao Orçamento do Estado para 2021 aprovadas, esta terça-feira, através de …

Companhia aérea australiana vai exigir vacinação contra a covid-19 a passageiros internacionais

A companhia aérea australiana Qantas vai exigir que os passageiros de voos internacionais sejam previamente vacinados contra a covid-19, anunciou o presidente executivo da empresa. O requisito de ser vacinado contra a covid-19 para viajar na …

Ministra da Saúde admite prémios para quem está a trabalhar na segunda vaga

A ministra da Saúde admitiu a possibilidade de virem a existir prémios para os profissionais de saúde que estão a trabalhar na área covid-19 nesta segunda vaga, à semelhança do que vai acontecer para os …

PJ faz buscas na Madeira e em Lisboa por fraude na obtenção de fundos europeus

Cerca de duas dezenas de buscas foram efetuadas, esta terça-feira, na Madeira e na Grande Lisboa no âmbito de um inquérito dirigido pelo Ministério Público (MP) que investiga crimes de fraude na obtenção de fundos …

França em choque com ação da polícia em acampamento de migrantes

A atuação da polícia durante o desmantelamento de um acampamento improvisado de migrantes no centro de Paris, na noite de segunda-feira, está a gerar críticas e indignação. Na noite desta segunda-feira, a polícia francesa dispersou algumas …

Centro Europeu de Controlo de Doenças alerta: países que retirem medidas para o Natal terão aumento de internamentos

O Centro Europeu de Controlo de Doenças estima que se os países que em outubro e novembro tomaram novas medidas para controlar a pandemia as levantassem a 21 de dezembro, os internamentos hospitalares aumentariam na …

Pensilvânia certifica vitória de Joe Biden nas eleições presidenciais

As autoridades da Pensilvânia certificaram, esta terça-feira, a vitória do democrata naquele estado nas eleições presidenciais norte-americanas. Na sua conta do Twitter, o governador local, o democrata Tom Wolf, escreveu que o Departamento de Estado da Pensilvânia …

Nos Países Baixos, há drive-ins para as crianças poderem visitar o Pai Natal em tempo de pandemia

Muito se tem falado de como será o Natal neste ano atípico. Contudo, há países que já começam a arranjar alternativas para a época festiva. Nos Países Baixos, os drive-ins estão a ser usados para …