Roma vai multar quem se sentar nas escadas da Praça de Espanha

jonaswitt / Flickr

Praça de Espanha, em Roma

Os turistas que visitem a capital italiana não vão poder sentar-se na famosa escadaria da Praça de Espanha, arriscando-se a uma multa de 250 euros.

As autoridades de Roma estão a ser acusadas de aplicar medidas “ao estilo fascista” depois de a polícia local ter começado a retirar os turistas que se sentam na famosa escadaria da Praça de Espanha, escreve o The Guardian.

A polícia começou a patrulhar a escadaria em mármore do século XVIII na terça-feira, usando apitos para afastar os turistas que planeavam sentar-se nos degraus da praça.

De acordo com o jornal britânico, quem não cumprir as regras arrisca-se a pagar uma multa de 250 euros, coima essa que pode chegar aos 400 euros caso seja provocado algum dano à escadaria, que é considerada pela Unesco património da Humanidade.

A medida está entre uma série de regras que começaram a ser reforçadas pelas autoridades locais em junho, que incluem por exemplo a proibição de comer junto aos monumentos, andar pela cidade em tronco nu, saltar para as fontes e arrastar malas com rodinhas e carrinhos de bebé pelas escadarias históricas.

“Proteger um monumento é uma coisa boa — e obviamente que ninguém deve comer nos degraus — mas a proibição de as pessoas se sentarem é realmente excessiva“, disse à agência de notícias AdnKronos Vittorio Sgarbi, crítico de arte controverso e ex-secretário de Estado da Cultura. “Parece-me uma medida ao estilo fascista que o município será forçado a rever”, acrescenta.

“Concordamos que as pessoas não devem acampar e comer nos degraus dos monumentos, porque o lixo normalmente é deixado lá”, afirma Tommaso Tanzilli, diretor em Roma da Federalberghi, a associação de hotéis italiana. “Mas criminalizar as pessoas por se sentarem, especialmente se forem idosas, é um pouco exagerado“.

O monumento, desenhado pelo arquiteto Francesco de Sanctis entre 1723 e 1726, passou por uma restauração em 2016 que custou 1,5 milhões de euros e que, na altura, foi financiada pela marca de luxo de joalharia Bulgari.

Medidas semelhantes estão a ser aplicadas noutras cidades italianas, como é o caso de Veneza. Em julho, dois turistas alemães foram multados em 950 euros e convidados a sair da cidade depois de terem sido apanhados a fazer café nos degraus da ponte Rialto.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. O mesmo deveria ser feito por aqui, que com viagens low- cost, aliada à falta de cultura da maioria dos turistas que visitam a nossa capital somos obrigados a ter que lidar com verdadeiros animais arrogantes e porcos que a cada ano gastam menos dinheiro e tratam a nossa cidade como se fosse uma disneylãndia. Nãotendo gastronomia, comem e bebem na rua e deixam o lixo para nós apanharmos. São racistas, não tendo preferência por guias Portugueses, e fotografam-nos s/ licença como se fossemos figurantes.

RESPONDER

Primeira-ministra da Escócia declara que "haverá maioria pró-independência" no parlamento

A primeira-ministra da Escócia, Nicola Sturgeon, declarou hoje vitória nas eleições regionais, afirmando que "haverá uma maioria pró-independência" no parlamento escocês. Com as projeções a indicarem que o Partido Nacional Escocês (SNP), que lidera, foi o …

SOS Rio Paiva pede que se limite o número de visitantes à ponte e Passadiços do Paiva

A associação SOS Rio Paiva manifestou-se preocupada com o aumento da pressão turística e com a poluição, na sequência da inauguração da ponte suspensa em Arouca, e pediu que se limite o número de visitantes. A …

O seu antigo número de telemóvel pode ser usado para pirateá-lo

O seu antigo número de telemóvel pode ser usado para pirateá-lo, caso este ainda esteja associado a contas em sites ou redes sociais. Embora milhões de números de telemóvel sejam desconectados todos os anos, um novo …

Ataque à bomba contra escola feminina em Cabul faz 30 mortos e 79 feridos

A explosão de uma bomba junto a uma escola secundária para raparigas na zona ocidental de Cabul fez hoje pelo menos 30 mortos e 79 feridos, segundo um novo balanço feito pelas autoridades afegãs. “O número …

Tamám Shud. Exumação de corpo pode resolver um estranho mistério com 70 anos

As autoridades da Austrália aprovaram uma exumação do corpo de Tamám Shud - ou "Homem de Somerton" - e, em breve, o mistério de 70 anos pode estar resolvido. Em 30 de novembro de 1948, vários …

Costa, Von der Leyen na Cimeira Social no Porto

Vacinação no bom caminho com 25% da população da UE vacina

A Comissão Europeia anunciou este sábado que 200 milhões de doses de vacinas anticovid-19 chegaram já à União Europeia (UE) e 160 milhões de europeus já receberem a primeira dose, levando a que a vacinação …

Libertados nos EUA os primeiros mosquitos geneticamente modificados

Foi a primeira vez que mosquitos geneticamente modificados foram libertados nos Estados Unidos. O objetivo é suprimir populações de mosquitos transmissores de doenças. De acordo com o site Live Science, a empresa de biotecnologia Oxitec lançou …

Descobertos os restos de nove Neandertais numa gruta em Itália

Os restos de nove Neandertais foram descobertos na Gruta de Guattari, em San Felice Circeo, na costa entre Roma e Nápoles, onde já tinham sido encontrados vestígios da presença Neandertal, anunciou este sábado o ministro …

Leis draconianas na Malásia. Fahmi Reza foi detido por insultar a rainha com playlist no Spotify

A sátira desempenha um importante papel na sociedade. Na Malásia, as leis draconianas estão a reacender o debate em torno da liberdade de expressão. Fahmi Reza, um artista gráfico e ativista social malaio, foi detido no …

António Barreto

Portugal vai ter "um problema de cor de pele" (por muitos anos e com conflitos)

O sociólogo António Barreto considera que Portugal vai "ter um problema" de "cor de pele" e "por muitos anos". Uma ideia defendida numa entrevista onde se reporta para "o que se passa em toda a …