Ordem dos Enfermeiros pede “massificação de testes” a profissionais de saúde

Robin Van Lonkhuijsen / EPA

A Ordem dos Enfermeiros enviou hoje um ofício ao Ministério da Saúde para que seja iniciada “urgentemente” a realização de testes de rastreio do novo coronavírus a todas as equipas que asseguram cuidados de saúde com risco de infeção.

Em comunicado hoje divulgado, a Ordem dos Enfermeiros (OE) lembra o “crescente número de profissionais infetados” pelo coronavírus que provoca a doença covid-19 e que há relatos que dão conta da existência de profissionais a aguardar mais de quatro dias após terem estado expostos a doentes positivos e pede “a massificação dos testes aos profissionais de saúde, sob pena de, em pouco tempo, não haver recursos humanos em condições de prestar cuidados de saúde”.

“A OE sugere que estes testes sejam realizados, primeiramente e de forma periódica aos profissionais que se encontram em funções nas áreas mais críticas, como os lares, centros de diagnóstico pneumológico, serviços de urgência, serviços de infecciologia e de cuidados intensivos e áreas dedicadas COVID-19”, lê-se na nota.

Recomenda igualmente que sejam realizados testes às equipas de profissionais que fazem a rotação de descanso no dia imediatamente anterior ao do seu regresso ao serviço, “o que permitiria reduzir o risco de transmissão a outros profissionais e doentes”.

A OE adianta que também hoje “solicitou à tutela que seja emitida orientação urgente relativa ao correto manuseamento e higienização das fardas usadas, face às inúmeras exposições recebidas sobre este assunto, que dão conta da inexistência de um espaço próprio para o efeito nas unidades de saúde”.

Segundo o comunicado, muitos enfermeiros reportaram à OE a obrigatoriedade de higienização em casa ou o armazenamento para o turno seguinte nos mesmos cacifos em que guardam a sua roupa, “procedimentos estes que devem ser rejeitados”.

“Importa reiterar junto das unidades de saúde a necessidade de disponibilizar fardas únicas ou descartáveis, assegurando o seu correto manuseamento e higienização, devendo toda a roupa usada ser considerada contaminada e manuseada com a menor agitação possível”, defende a Ordem dos Enfermeiros.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou mais 480 mil pessoas em todo o mundo, das quais morreram perto de 22.000.

Em Portugal, já foram registadas 60 mortes e 2.544 infeções, segundo o balanço feito hoje pela Direção-Geral da Saúde.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Rui Pinto colocado em prisão domiciliária

O hacker Rui Pinto, criador do Football Leaks e autor das revelações do caso Luanda Leaks, foi colocado em prisão domiciliária esta quarta-feira. Rui Pinto, que estava em prisão preventiva desde 22 de março de 2019, …

Detidas 33 pessoas desde a renovação do estado de emergência

A PSP e a GNR detiveram, até terça-feira, 33 pessoas pelo crime de desobediência desde 3 de abril, totalizando 141 as detenções feitas desde o início do estado de emergência, indicou o Ministério da Administração …

Bruxelas disponibiliza 300 milhões de euros a pequenas e médias empresas para alavancar investimentos

O programa "Escalar" disponibiliza 300 milhões de euros, através do Fundo Europeu de Investimento, para apoiar investimentos de pequenas e médias empresas "promissoras" que queiram crescer. A Comissão Europeia anunciou que vai disponibilizar 300 milhões de …

Maçonaria cancela eleições e proíbe rituais em sessões virtuais

A pandemia de Covid-19 levou o Grão Mestre do Grande Oriente Lusitano, Fernando Lima, a principal obediência maçónica em Portugal, a cancelar as eleições e a proibir os encontros com rituais maçónicos 'online', visto que …

Mourinho quebra regras e assume que errou ao ir treinar com Ndombele

Fotografias e vídeos divulgados nas redes sociais mostram José Mourinho e os jogadores do Tottenham a treinar juntos e a violar as regras de segurança impostas devido ao surto do novo coronavírus. O Tottenham, treinado por …

Rússia bate recordes de infeções diárias. Em Itália, o número de mortes voltou a diminuir

Há três dias consecutivas que o número de novos casos bate recordes de crescimento na Rússia. Já em Itália, o número de mortes voltou a diminuir esta quarta-feira. Pelo terceiro dia consecutivo, o crescimento de número …

Governo prepara apoios aos media "à medida das televisões"

O Governo está a preparar medidas de apoio aos meios de comunicação social, gravemente afetados pela crise causada pela pandemia de Covid-19. Contudo, como considerou o administrador da Global Media Group, Afonso Camões, citado pelo Dinheiro Vivo, tudo …

Archewell. Harry e Meghan registam a sua nova marca

O príncipe Harry e Meghan Markle registaram a sua nova marca, uma fundação sem fins lucrativos chamada Archewell. De acordo com o jornal britânico The Guardian, que cita registos datados de 3 de março, a marca …

Libertação de reclusos. Esquerda ao lado do Governo garante aprovação

PSD, CDS-PP, PAN e Iniciativa Liberal manifestaram reservas ao diploma que prevê a concessão de indultos e antecipação do fim das penas para reclusos que tenham cometido crimes pouco graves. A proposta do Governo que cria …

Galp anuncia cortes de 500 milhões de euros por ano devido à pandemia

A Galp Energia decidiu cortar mais de 500 milhões de euros por ano dos seus custos operacionais e investimentos para 2020 e 2021, visando fazer face ao impacto da pandemia de Covid-19 na procura de …