Portugal pondera encurtar quarentena de 14 dias (e já há vários países a fazê-lo)

O Governo está a ponderar encurtar o período de isolamento profilático e já há vários países a fazê-lo. Nos Estados Unidos, Espanha e Croácia a quarentena é de dez dias, enquanto que em França e na Bélgica é de 7. 

Alguns especialistas defendem que o tempo de incubação da covid-19 é de dez dias e são vários os governos que estão a reduzir o período de quarentena, num esforço óbvio para reduzir a pressão sanitária e incentivar o cumprimento do período de quarentena na totalidade.

A União Europeia mantém, no entanto, a recomendação dos 14 dias de isolamento. Em Portugal, a Direção-Geral da Saúde já admitiu encurtar esse tempo para dez dias, apesar de concordar que se trata de uma decisão “complexa” que está a ser estudada pelas autoridades de saúde em conjunto com os epidemiologistas.

Além-fronteiras, há já países a dar este passo. De acordo com o ECO, os Estados Unidos foram o primeiro país a adotar quarentena de 10 dias, com o Centro de Controlo e Prevenção de Doenças (CDC) a recomendar, em julho, a redução do tempo total de isolamento, alegando que estudos demonstravam que o vírus não tem capacidade de transmissão após o décimo dia, em pacientes com sintomas leves a ligeiros.

Ainda assim, a entidade alertou para o facto de a recomendação não se aplicar a casos graves de infeção e de não refletir aqueles que foram expostos ao vírus e não foram testados, mantendo nesses casos a recomendação dos 14 dias.

Na Europa, Espanha foi o mais recente país a encurtar o tempo de isolamento profilático: até esta quinta-feira, só os casos positivos que não manifestassem nenhum sintoma durante 72 horas podiam ver o seu período de isolamento reduzido a dez dias. Contudo, todos os contactos diretos com os infetados tinham que permanecer em quarentena durante 14 dias.

A Croácia também reduziu período de quarenta esta semana. Pacientes com manifestações leves ou moderadas da doença vêem agora o seu período de quarentena ser reduzido para dez dias, mas se apenas não tiverem febre nas últimas 24 horas e caso os outros sintomas melhorarem significativamente.

Os doentes com sintomas graves terão de se isolar por um período mínimo de 20 dias, que pode ser encurtado para 15 caso apresentem dois testes de despiste negativos.

Em agosto, a Polónia decidiu encurtar o período de isolamento de infeção por covid-19 de 14 para dez dias e, a 11 de setembro, a França decidiu reduzir o período de quarentena para metade, passando dos 14 dias para apenas sete.

A Bélgica seguiu o mesmo caminho. Esta quarta-feira, a primeira-ministra belga, Sophie Wilmes, anunciou que, a partir de 1 de outubro, as pessoas que tiveram contacto com uma pessoa infetada só terão que ficar em quarentena durante sete dias.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Catarina Martins volta a bater o pé e Jerónimo sublinha: "Ainda não há Orçamento"

Marcelo Rebelo de Sousa recebeu, esta terça-feira, o Bloco de Esquerda, o PCP e o CDS, em mais uma ronda de reuniões com os partidos com assento parlamentar. Se o objetivo do Presidente da República era …

Simone Biles, Jogos Olímpicos de Tóquio 2020

Simone Biles. O ouro olímpico não é sinónimo de paz, muito menos interior

Na sequência do escândalo Nassar, a opinião pública dos EUA concordou que não valia tudo no caminho até ao ouro olímpico — principalmente quando está em causa a dignidade humana. Com a sua principal estrela …

"Sinto que desci ao inferno". Polícias recordam ataque ao Capitólio

"É assim que vou morrer", "sinto que desci ao inferno" e "corri o risco de ser morto" são alguns dos relatos de polícias que estavam na invasão ao Capitólio. Começaram as audiências na comissão da Câmara …

Pandemia aumentou o preço dos carros usados. Venda de veículos novos caiu a pique

A procura por usados aumentou com a pandemia. Com menos carros novos a saírem dos concessionários, também por causa da crise dos chips, a oferta de usados é escassa, levando os preços a subirem. Um choque …

Jogos Olímpicos: três polémicas de arbitragem em 24 horas

Depois da pontuação controversa no surf, uma decisão que quase ninguém entendeu, no basquetebol e no judo. A arbitragem não é, ou não é suposto ser, o foco de qualquer edição dos Jogos Olímpicos. E não …

Rui Vitória quer levar Manafá para o Spartak Moscovo

O Spartak Moscovo, treinado por Rui Vitória, desistiu da contratação de Gabriel e apresentou agora uma proposta por Wilson Manafá. Desde que chegou a Moscovo para treinar o Spartak, Rui Vitória tem sondado alguns jogadores que …

Centro de Migrantes de Caxias seria pago pelo SEF com carros apreendidos e obras eram feitas por presos

As obras feitas para a construção de um Centro de Migrantes no complexo prisional de Caxias terão sido pagas pelo SEF com carros apreendidos. O Centro de Instalação Temporária de migrantes no complexo prisional de Caxias …

Afinal, declaração de pertença à Maçonaria ou Opus Dei não será obrigatória

A obrigatoriedade de os políticos e altos cargos públicos declararem a sua pertença e funções em associações como as desportivas, políticas e de carácter secreto foi aprovada no Parlamento este mês. Jorge Lacão esclareceu que a …

Futebol: Alemanha já está fora dos Jogos Olímpicos

Alemães chegaram à final em 2016 mas, desta vez, nem passaram da fase de grupos. Campeão Brasil continua no torneio masculino. Brasil e Alemanha foram as seleções finalistas da edição anterior dos Jogos Olímpicos, em 2016. …

Portugal perto de surpresa no andebol e Ana Catarina Monteiro faz história na natação

No andebol, a equipa olímpica portuguesa esteve muito perto de surpreender a vice-campeã mundial Suécia. Na natação, Ana Catarina Monteiro teve um resultado histórico. A seleção portuguesa de andebol perdeu por 29-28 frente à vice-campeã mundial …