Empresa convida portugueses a reflorestarem área ardida com “árvores dos afetos”

António Cotrim / Lusa

Rescaldo do incêndio em Valongo, Pedrogao Grande

Rescaldo do incêndio em Valongo, Pedrogao Grande

O reflorestamento da mancha florestal da aldeia de xisto do Mosteiro, em Pedrógão Grande, arranca no sábado por iniciativa de uma empresa local de turismo, que convida os portugueses a apadrinharem a plantação de “árvores dos afetos”.

“A iniciativa é destinada a grupos, empresas e outras instituições que queiram contribuir para o reflorestamento de uma área que foi muito atingida pelos incêndios de junho. Esperemos que criem laços afetivos com esta terra e que regressem sempre”, explicou o promotor do evento, Luís Dias, responsável pelo complexo turístico do Mosteiro, que integra bungalows e um restaurante junto a uma praia fluvial.

Quem quiser participar na iniciativa poderá plantar uma árvore de espécies autóctones num terreno de 3 500 metros quadrados à entrada da aldeia, numa zona que foi devastada pelas chamas.

A lista de árvores permitidas exclui os eucaliptos, sendo constituída por carvalhos, sobreiros, medronheiros, nogueiras, castanheiros, cerejeiras, pessegueiros, oliveiras e ameixieiras.

“Vamos plantar as árvores de fruta junto às casas, reservando carvalhos, sobreiros e medronheiros para o interior da mancha florestal”, explica Luís Dias.

(dr) Foge Comigo / ADXTUR

Xisto do Mosteiro, uma aldeia fluvial em Pedrógão Grande

Xisto do Mosteiro, uma aldeia fluvial em Pedrógão Grande

A iniciativa não terá custos para os “padrinhos”, que terão apenas de trazer a árvore para plantar, ficando “obrigados” a visitá-la duas vezes por ano. Os promotores da iniciativa assumem a responsabilidade da manutenção e tratamento das árvores.

“Não podemos ficar à espera que as autoridades públicas resolvam tudo. Esta é a nossa maneira de contribuirmos para a reflorestação desta região, ao mesmo tempo que criamos laços com quem nos visita”, justifica Luís Dias.

As primeira “árvores dos afetos” serão plantadas no sábado, por iniciativa de um grupo de amigos de Cantanhede e de uma associação cívica florestal.

// Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Qual empresa? Como participar? Tem de ser grupos, ou uma pessoa individualmente tambem pode? Algum email para pedir mais informacoes?

  2. Tudo isto é muito bonito mas se não houver um ordenamento da floresta e esta não estiver cuidada, ter bons acessos e se possível bocas de incêndio e vigilância por perto estará condenada ao mesmo destino, temos muita tecnologia perdem-se milhões na destruição e vidas que não têm valor monetário mas não se investe a sério e que ficaria mais barato além de postos de trabalho que tudo isto poderia criar para evitar situações desta que só depois de várias dezenas de anos se não houver outro azar pelo meio poderá voltar a dar lucro.

Responder a Vasco Cancelar resposta

Barry Jenkins vai realizar sequela de "O Rei Leão"

O realizador e argumentista de Moonlight foi escolhido pela Walt Disney Studios para realizar a sequência do blockbuster de 2019, O Rei Leão. Ainda não há uma data de lançamento prevista para o segundo filme, mas …

"Não me sinto seguro sem uma". Venda de armas aumentou drasticamente nos EUA

Os EUA continuam a ser um dos países onde os cidadãos comuns têm mais facilidade em comprar armas de fogo. Esta é uma prática recorrente, e mais de um terço das famílias norte-americanas têm uma …

Pássaros de São Francisco aprenderam uma nova (e mais complexa) melodia durante a pandemia

Uma nova investigação científica relata que os pardais-de-coroa-branca de São Francisco, ave que vive nas zonas urbanas e rurais da cidade norte-americana, aprenderam uma nova e mais complexa melodia durante a pandemia. De acordo com …

Enorme espinha dorsal de tubarão-branco dá à costa em Massachusetts depois de uma tempestade

A espinha dorsal que se acredita pertencer a um espécime de tubarão-branco (Carcharodon carcharias) deu à costa numa praia em Massachusetts, nos Estados Unidos, depois de uma tempestade ter atingido a região. A espinha foi encontrada …

A China está a tornar-se o país com maior influência na ONU

Há dez anos, a China começou uma operação que lhe tem vindo a garantir mais influência nas Nações Unidas. Agora, o poder que possui na organização mundial protege o país asiático do escrutínio internacional. De acordo …

Uma droga pode tratar o nanismo (mas há quem defenda o "orgulho anão")

Um estudo vem agora revelar que uma droga pode tratar o nanismo. Porém, a possibilidade de haver um tratamento para esta condição clínica não é consensual. Um novo estudo, financiado pela BioMarin Pharmaceutical e publicado no …

Meghan Markle perde batalha judicial. Em causa está carta que enviou ao pai (divulgada por jornal britânico)

Depois de no passado mês de agosto, Meghan Marke vencer uma batalha judicial contra o Mail on Sunday, desta vez a Duquesa de Sussex não pode festejar mais uma vitória. A norte-americana perdeu a última …

Após acidente, robô-piloto voltou a levantar voo (e pilotou avião durante 2 horas)

O ROBOpilot, um piloto robótico não tripulado, levantou voo pela primeira vez no ano passado, mas sofreu danos durante um dos seus voos. Agora, está apto para voar novamente. No ano passado, um acidente forçou o Laboratório …

David Attenborough bateu um recorde mundial no Instagram (e destronou Jennifer Aniston)

O naturalista britânico David Attenborough destronou a atriz norte-americana Jennifer Aniston e tornou-se a pessoa a alcançar mais rapidamente um milhão de seguidores no Instagram, segundo os números do Guinness. David Attenborough, de 94 anos, …

Indonésia planeia atração turística com dragões de Komodo ao estilo de Jurassic Park

A Indonésia planeia construir uma atração ao estilo da saga Jurassic Park para que os turistas possam ver os famosos dragões de Komodo. De acordo com a revista Vice, em causa está uma proposta de …