Empresa convida portugueses a reflorestarem área ardida com “árvores dos afetos”

António Cotrim / Lusa

Rescaldo do incêndio em Valongo, Pedrogao Grande

Rescaldo do incêndio em Valongo, Pedrogao Grande

O reflorestamento da mancha florestal da aldeia de xisto do Mosteiro, em Pedrógão Grande, arranca no sábado por iniciativa de uma empresa local de turismo, que convida os portugueses a apadrinharem a plantação de “árvores dos afetos”.

“A iniciativa é destinada a grupos, empresas e outras instituições que queiram contribuir para o reflorestamento de uma área que foi muito atingida pelos incêndios de junho. Esperemos que criem laços afetivos com esta terra e que regressem sempre”, explicou o promotor do evento, Luís Dias, responsável pelo complexo turístico do Mosteiro, que integra bungalows e um restaurante junto a uma praia fluvial.

Quem quiser participar na iniciativa poderá plantar uma árvore de espécies autóctones num terreno de 3 500 metros quadrados à entrada da aldeia, numa zona que foi devastada pelas chamas.

A lista de árvores permitidas exclui os eucaliptos, sendo constituída por carvalhos, sobreiros, medronheiros, nogueiras, castanheiros, cerejeiras, pessegueiros, oliveiras e ameixieiras.

“Vamos plantar as árvores de fruta junto às casas, reservando carvalhos, sobreiros e medronheiros para o interior da mancha florestal”, explica Luís Dias.

(dr) Foge Comigo / ADXTUR

Xisto do Mosteiro, uma aldeia fluvial em Pedrógão Grande

Xisto do Mosteiro, uma aldeia fluvial em Pedrógão Grande

A iniciativa não terá custos para os “padrinhos”, que terão apenas de trazer a árvore para plantar, ficando “obrigados” a visitá-la duas vezes por ano. Os promotores da iniciativa assumem a responsabilidade da manutenção e tratamento das árvores.

“Não podemos ficar à espera que as autoridades públicas resolvam tudo. Esta é a nossa maneira de contribuirmos para a reflorestação desta região, ao mesmo tempo que criamos laços com quem nos visita”, justifica Luís Dias.

As primeira “árvores dos afetos” serão plantadas no sábado, por iniciativa de um grupo de amigos de Cantanhede e de uma associação cívica florestal.

// Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Qual empresa? Como participar? Tem de ser grupos, ou uma pessoa individualmente tambem pode? Algum email para pedir mais informacoes?

  2. Tudo isto é muito bonito mas se não houver um ordenamento da floresta e esta não estiver cuidada, ter bons acessos e se possível bocas de incêndio e vigilância por perto estará condenada ao mesmo destino, temos muita tecnologia perdem-se milhões na destruição e vidas que não têm valor monetário mas não se investe a sério e que ficaria mais barato além de postos de trabalho que tudo isto poderia criar para evitar situações desta que só depois de várias dezenas de anos se não houver outro azar pelo meio poderá voltar a dar lucro.

RESPONDER

Avanços e ajustamentos em pezinhos de lã. Sem certezas, Governo tenta aproximar-se à esquerda

A tensão entre o PS e a esquerda já dura há duas semanas. O Governo já fez algumas cedências em troca do "sim" dos parceiros, mas falta a análise que tarda em chegar. Fonte do Governo …

"Bazuca" dá mais mil milhões para "revolução" nos transportes de Lisboa e Porto

O ministro do Ambiente e da Ação Climática, João Pedro Matos Fernandes, diz que estamos perante uma "revolução" que vai mudar muito a circulação das pessoas em Lisboa e no Porto. O dinheiro vindo da União …

"Médicos pela Verdade". Ordem abre processo contra movimento que desvaloriza gravidade da covid-19

A Ordem dos Médicos abriu processos disciplinares a 7 médicos do movimento Médicos pela Verdade, grupo que desvaloriza a gravidade da covid-19 e se mostra contra o uso generalizado de máscaras e de testes de …

"Esta é a crise das nossas vidas". Vieira da Silva diz que chumbo do OE seria "dificilmente compreensível"

O ex-ministro do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, José António Vieira da Silva, elogiou, em entrevista ao jornal ECO, a proposta para Orçamento de Estado para 2021 (OE2021) e disse que seria "estranho" que não …

Podemos acusado de financiamento irregular, crime eleitoral e falsificação de documentos

O partido espanhol Podemos é acusado de financiamento irregular, crime eleitoral e falsificação de documentos comerciais. A acusação consta num despacho do juiz de instrução Juan José Escalonilla, datado de 10 de setembro, ao qual a …

Shakhtar derrota Real Madrid. Em Espanha, comparam Zidane a Lopetegui

O Shakhtar Donetsk, treinado pelo português Luís Castro, surpreendeu e venceu o Real Madrid, por 2-3, no arranque da fase de grupos da Liga dos Campeões. Os ucranianos chegaram a estar a vencer por três …

Se OE for chumbado, portugueses acreditam que a culpa é da esquerda

Se o Orçamento do Estado para 2021 for chumbado, os portugueses acreditam que a esquerda terá responsabilidades, segundo uma sondagem da Intercampus. De acordo com a sondagem da Intercampus para o Jornal de Negócios, CM e …

Em Itália, a pandemia volta a estar "fora de controlo". Recolher obrigatório começa hoje

Itália teve ontem o maior número diário de novos casos de infeção registado no país desde o início da pandemia do novo coronavírus, totalizando 15.199, além de 127 mortes nas últimas 24 horas, valor que …

FC Porto arrasa arbitragem e Conceição explica desaguisado com Guardiola

O FC Porto perdeu 3-1 com o Manchester City, com a atuação da arbitragem a estar no centro das atenções. Conceição e Guardiola desentenderam-se durante o encontro e o técnico portista explicou porquê. Através da sua …

Novas linhas ferroviárias de alta velocidade. Porto-Lisboa vai fazer-se em 1h15 (e Porto-Vigo em apenas 1h)

O Governo anunciou, esta quinta-feira, o Programa Nacional de Investimentos (PNI) 2030, que tem como um dos principais focos uma nova linha ferroviária de alta velocidade para ligar Lisboa-Porto num hora e 15 minutos. O jornal …