Emigrantes lesados do BES têm até esta segunda-feira para reaver 75% do dinheiro

António Cotrim / Lusa

Manifestação dos lesados do papel comercial do BES, promovida pela Associação dos Indignados e Enganados do Papel Comercial, em frente a sede do Novo Banco, em Lisboa

A proposta aprovada pelo Parlamento para emigrantes lesados do BES recuperarem 75% do dinheiro está a ser aceite pela maioria. A associação que representa os emigrantes lesados alerta, no entanto, que ainda há duas mil contas e muito dinheiro à espera de solução.

De acordo com o Negócios, o Parlamento aprovou uma proposta que permite aos emigrantes lesados do BES reaver até 75% do prejuízo.

A 8 de Agosto, a Associação Movimento Emigrantes Lesados Portugueses (AMELP) deu conta de um entendimento com o Novo Banco e o Governo do PS, que passa pela recuperação de 75% do dinheiro que investiram em produtos Euro Aforro 8, Poupança Plus 1, Poupança Plus 5, Poupança Plus 6, Top Renda 4, Top Renda 5, Top Renda 6 e Top Renda 7, noticiou na altura a Lusa.

Os primeiros depósitos serão constituídos com o valor que a instituição vai pagar pelas obrigações do Novo Banco em que os veículos têm as poupanças dos clientes aplicadas. Em causa estará um montante equivalente a 60% do montante investido.

Um dos depósitos terá o prazo de cinco anos, sendo remunerado com uma taxa de juro de 1% ao ano. Já o segundo terá um prazo de dois anos e paga uma taxa de 0,5%.

Além disso, o Novo Banco compromete-se a fazer, durante três anos, entregas anuais nestes depósitos de valores equivalentes a 5% do capital investido, perfazendo um total de 75%.

Segundo a TSF, o prazo para aceitarem a proposta termina esta segunda-feira, mas a associação que representa e defende os emigrantes lesados do Banco Espírito Santo garantiu que, na semana passada, havia filas de clientes para apresentar a documentação com o objetivo de encerrar o problema.

Helena Batista, vice presidente da associação, também ela uma emigrante lesada pelo fim do império Espírito Santo que, segundo a TSF, aceitou a solução e já foi ao banco apresentar os papéis, adiantou que não há duvidas de que a grande maioria está a apresentar os papéis para que o prejuízo seja recuperado em 75%.

Em causa estão 1.400 lesados que tinham recusado a primeira proposta de 2015, mas a associação sublinha que ainda há cerca de duas mil contas de outros produtos financeiros que continuam sem solução.

Os clientes emigrantes do BES reafirmam que quando investiram em obrigações e ações preferenciais pensavam estar a assinar contratos para depósitos a prazo.

ZAP //

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. O prazo não é 28 de agosto, mas 25 de setembro. Não entendo por que a associação AMELP e os jornais continuam a dizer que é 28 de agosto, recebi a proposta de novo banco e está bem escrito em 25 de setembro ! Deve modificar este artigo.

    • Caro João Correio,
      Efectivamente, segundo a nota da AMELP, cujos excertos citamos abaixo, o prazo termina esta segunda-feira.
      “1. Aceitação da proposta comercial do Novo Banco até ao dia 28 de Agosto;”
      “e) Alertamos que a não aceitação da proposta comercial do Novo Banco até ao dia 28 de Agosto poderá levar a uma impossibilidade total no sentido de maximização da recuperação de cada emigrante.”

      • É uma desinformação da AMELP (Não sei por quê?), eu tenho o contrato comigo, você viu o contrato para afirmar que é o dia 28 de agosto? Pare de pressionar os emigrantes ! O prazo é 25 de setembro !

        • Caro senhor,
          Não estamos a pressionar ninguém.
          Se tem uma carta tem, se o SEU prazo é dia 25, seja.
          Segundo pudemos apurar, há condições e prazos diferentes para quem aderiu ou não a propostas diferentes em alturas diferentes.
          Obrigado pelo seu aviso, mas aconselhamos que se guie pelos prazos que julga ter, deixando que as pessoas que estejam em circunstâncias diferentes se informem e se guiem pela informação que acharem que se lhes aplica – e não cometa por favor a irresponsabilidade de estar a lançar falsos alarmes e verdadeira desinformação a pretexto de a estar a denunciar.

RESPONDER

MP acusa Agostinho Branquinho de aceitar suborno de 225 mil euros

O Ministério Público (MP) acusa o antigo deputado social-democrata de receber "pelo menos 225 mil euros" para influenciar decisores da Câmara de Valongo a aceitarem a violação de normas urbanísticas na obra de um hospital …

Mário Silva é o novo treinador do Rio Ave

O Rio Ave oficializou, esta segunda-feira, a contratação do treinador Mário Silva, que assinou um contrato válido para as próximas duas temporadas. Mário Silva, de 43 anos, que estava nos espanhóis do Almería, regressa a Portugal …

Governo assegura que diminuição dos casos não decorre de menos testes

O secretário de Estado da Saúde assegurou, esta segunda-feira, que a diminuição dos novos casos de infeção, registada nos últimos dias, não decorre de uma quebra no número de testes realizados. "Na semana que findou, Portugal …

Dívida pública desceu em junho para 259,8 mil milhões de euros

A dívida pública fixou-se em 259,8 mil milhões de euros em junho, menos 4,6 mil milhões de euros do que em maio e mais 8317 milhões de euros face a junho de 2019, segundo o …

Vox quer Armada Espanhola a controlar embarcações de imigrantes

O partido espanhol de extrema-direita Vox pediu esta segunda-feira ao Governo que mobilize a Armada Naval para fazer face ao aumento do número de embarcações com imigrantes que chegam à costa espanhola. Segundo a agência EFE, citada …

Liga Portugal abre inquérito à SAD do Feirense

A Liga vai solicitar a abertura de um processo de inquérito ao Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), devido à ligação do detentor maioritário da SAD do Feirense a uma casa de …

Morreu John Hume, artífice da paz na Irlanda do Norte

O político da Irlanda do Norte, Prémio Nobel da Paz e artífice da reconciliação na província britânica marcada por décadas de conflito morreu, esta segunda-feira, aos 83 anos, anunciou a família. "John Hume morreu de madrugada na …

OMS admite que pode nunca vir a existir "uma panaceia" contra a covid-19

A Organização Mundial da Saúde (OMS) alertou, esta segunda-feira, que talvez nunca venha a existir "uma panaceia" contra a pandemia de covid-19, apesar das investigações em curso que procuram conseguir uma vacina contra a doença. "Não …

"Lei fundamental é violada por todos os lados". Oposição venezuelana recusa-se a participar nas eleições

Os 27 partidos políticos venezuelanos que se opõem ao chavismo decidiram no domingo não concorrer às eleições legislativas agendadas para dezembro por considerá-las uma "fraude". Entre os partidos, estão aqueles com representação parlamentar, que assinaram um …

Médias dos exames nacionais subiram. Só MACS teve média negativa

As médias nos exames nacionais deste ano subiram em todas as disciplinas em relação ao ano passado, com exceção de duas provas, segundo dados oficiais divulgados esta segunda-feira. De acordo com os dados do Júri Nacional …