Emigrantes lesados do BES têm até esta segunda-feira para reaver 75% do dinheiro

António Cotrim / Lusa

Manifestação dos lesados do papel comercial do BES, promovida pela Associação dos Indignados e Enganados do Papel Comercial, em frente a sede do Novo Banco, em Lisboa

A proposta aprovada pelo Parlamento para emigrantes lesados do BES recuperarem 75% do dinheiro está a ser aceite pela maioria. A associação que representa os emigrantes lesados alerta, no entanto, que ainda há duas mil contas e muito dinheiro à espera de solução.

De acordo com o Negócios, o Parlamento aprovou uma proposta que permite aos emigrantes lesados do BES reaver até 75% do prejuízo.

A 8 de Agosto, a Associação Movimento Emigrantes Lesados Portugueses (AMELP) deu conta de um entendimento com o Novo Banco e o Governo do PS, que passa pela recuperação de 75% do dinheiro que investiram em produtos Euro Aforro 8, Poupança Plus 1, Poupança Plus 5, Poupança Plus 6, Top Renda 4, Top Renda 5, Top Renda 6 e Top Renda 7, noticiou na altura a Lusa.

Os primeiros depósitos serão constituídos com o valor que a instituição vai pagar pelas obrigações do Novo Banco em que os veículos têm as poupanças dos clientes aplicadas. Em causa estará um montante equivalente a 60% do montante investido.

Um dos depósitos terá o prazo de cinco anos, sendo remunerado com uma taxa de juro de 1% ao ano. Já o segundo terá um prazo de dois anos e paga uma taxa de 0,5%.

Além disso, o Novo Banco compromete-se a fazer, durante três anos, entregas anuais nestes depósitos de valores equivalentes a 5% do capital investido, perfazendo um total de 75%.

Segundo a TSF, o prazo para aceitarem a proposta termina esta segunda-feira, mas a associação que representa e defende os emigrantes lesados do Banco Espírito Santo garantiu que, na semana passada, havia filas de clientes para apresentar a documentação com o objetivo de encerrar o problema.

Helena Batista, vice presidente da associação, também ela uma emigrante lesada pelo fim do império Espírito Santo que, segundo a TSF, aceitou a solução e já foi ao banco apresentar os papéis, adiantou que não há duvidas de que a grande maioria está a apresentar os papéis para que o prejuízo seja recuperado em 75%.

Em causa estão 1.400 lesados que tinham recusado a primeira proposta de 2015, mas a associação sublinha que ainda há cerca de duas mil contas de outros produtos financeiros que continuam sem solução.

Os clientes emigrantes do BES reafirmam que quando investiram em obrigações e ações preferenciais pensavam estar a assinar contratos para depósitos a prazo.

ZAP //

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. O prazo não é 28 de agosto, mas 25 de setembro. Não entendo por que a associação AMELP e os jornais continuam a dizer que é 28 de agosto, recebi a proposta de novo banco e está bem escrito em 25 de setembro ! Deve modificar este artigo.

    • Caro João Correio,
      Efectivamente, segundo a nota da AMELP, cujos excertos citamos abaixo, o prazo termina esta segunda-feira.
      “1. Aceitação da proposta comercial do Novo Banco até ao dia 28 de Agosto;”
      “e) Alertamos que a não aceitação da proposta comercial do Novo Banco até ao dia 28 de Agosto poderá levar a uma impossibilidade total no sentido de maximização da recuperação de cada emigrante.”

      • É uma desinformação da AMELP (Não sei por quê?), eu tenho o contrato comigo, você viu o contrato para afirmar que é o dia 28 de agosto? Pare de pressionar os emigrantes ! O prazo é 25 de setembro !

        • Caro senhor,
          Não estamos a pressionar ninguém.
          Se tem uma carta tem, se o SEU prazo é dia 25, seja.
          Segundo pudemos apurar, há condições e prazos diferentes para quem aderiu ou não a propostas diferentes em alturas diferentes.
          Obrigado pelo seu aviso, mas aconselhamos que se guie pelos prazos que julga ter, deixando que as pessoas que estejam em circunstâncias diferentes se informem e se guiem pela informação que acharem que se lhes aplica – e não cometa por favor a irresponsabilidade de estar a lançar falsos alarmes e verdadeira desinformação a pretexto de a estar a denunciar.

Responder a Eu! Cancelar resposta

Anulação de transferência para o Novo Banco foi um "percalço"

O presidente executivo do Novo Banco, António Ramalho, considerou hoje que a anulação, pelo parlamento, da transferência de 476 milhões de euros do Fundo de Resolução para o banco foi um "percalço". "O percalço que aconteceu …

Videojogos podem estar a ser usados para espalhar ideologia extremista e preparar ataques

Os videojogos 'online' podem estar a ser usados ​​para propagar ideologias extremistas e para preparar ataques terroristas, afirmou o coordenador antiterrorista da União Europeia (UE), Gilles de Kerchove. A 09 de novembro, Gilles de Kerchove já …

Ex-ministro grego Yanis Varoufakis pede boicote à "black friday" da Amazon

O economista e ex-ministro das Finanças grego Yanis Varoufakis pediu um boicote de um dia à Amazon, na 'black friday', enquanto sindicalistas, ativistas ambientais, defensores da privacidade e da justiça tributária planeiam ações coordenadas contra …

Bolsonaro nega ter chamado covid-19 de "gripezinha", mas fê-lo pelo menos duas vezes

O Presidente brasileiro negou na quinta-feira ter-se referido à covid-19 como "gripezinha", afirmando que não há nenhum registo que prove o oposto, apesar de a imprensa ter partilhado pelo menos dois vídeos com esse conteúdo. "Falei …

Cuba anuncia mais duas vacinas e já conta com quatro possíveis fármacos contra a covid-19

Cuba anunciou esta quinta-feira que vai começar os ensaios clínicos de dois projetos de vacinas contra a covid-19, que aumentam para quatro o número de possíveis fármacos deste tipo desenvolvidos na ilha para combater a …

Governo garante que não haverá limite de idade na vacinação. Marcelo fala em "ideia tonta"

O secretário de Estado Adjunto e da Saúde garantiu, esta sexta-feira, que a vacinação para a covid-19 não terá qualquer limite de idade e que os idosos e doentes com comorbilidades serão uma prioridade. Numa conferência …

Descontos nas ex-SCUT poupam privados, mas é o Estado quem sai lesado

Os descontos nas ex-SCUT, aprovados em Parlamento esta quinta-feira, poupam os privados, mas geram perdas de 1.500 milhões de euros para o Estado. Uma maioria de deputados ditou a aprovação da parte de uma proposta do …

Portugal com mais 67 mortes e 5444 novos casos de covid-19

Portugal regista, esta sexta-feira, mais 67 mortes e 5444 novos casos de infeção por covid-19, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da DGS, dos 5444 novos casos, 3161 …

Microsoft vai contratar 300 pessoas, formar funcionários públicos e investir em startups em Portugal

A Microsoft Portugal e o Governo assinaram esta sexta-feira um memorando de entendimento, numa parceria que prevê reforçar a cooperação entre a empresa e o país. O protocolo assinado, descreve o Jornal Económico, estipula que a …

Jerónimo critica "ofensiva anticomunista" e justifica abstenção no Orçamento

O secretário-geral do PCP afirmou, esta sexta-feira, no discurso de abertura do XXI congresso nacional, que a abstenção na votação final global do OE2021 resultou da "persistência" do partido para garantir "importantes soluções". Jerónimo de Sousa …