NYT divulga novo vídeo que mostra dois mísseis a atingir o avião ucraniano no Irão

Abedin Taherkenareh / EPA

As novas imagens de vigilância divulgadas pelo The New York Times mostram que os dois mísseis foram disparados com 30 segundos de diferença.

Um novo vídeo, divulgado esta terça-feira pelo The New York Times, mostra que o avião da companhia aérea Ukraine International Airlines, que se despenhou na passada quarta-feira perto de Teerão, foi abatido por dois mísseis iranianos.

De acordo com o jornal, os mísseis foram lançados a partir de uma base militar a cerca de 13 quilómetros do local onde o avião ucraniano se despenhou.

As novas imagens de vigilância mostram que os dois mísseis foram disparados com apenas 30 segundos de diferença e que o avião ucraniano não se despenhou imediatamente: continuou a voar, tentando voltar para o aeroporto, já em chamas.

O vídeo confirma a tese, já avançada pelo NYT, de que o transponder (identificador de voo do aparelho) deixou de funcionar depois de ter sido atingido pelo primeiro míssil.

O diário sublinha que o facto de o avião ter sido atingido duas vezes ajuda a explicar algumas dúvidas sobre a queda, uma vez que este novo vídeo ajuda a perceber o que se passou nos minutos finais antes do avião se despenhar.

No sábado, as autoridades confirmaram que o avião ucraniano foi abatido por um míssil iraniano. O The New York Times divulgou, na quinta-feira, um vídeo no qual se via um avião a ser atingido por um projétil e a despenhar-se.

A partir daí, escreve o Público, a pressão do Reino Unido e do Canadá para que o Irão admitisse a responsabilidade pelo desastre indicavam que o Governo iraniano tinha pouca margem para manter a sua posição inicial – a de que a queda do avião tinha sido provocada por problemas técnicos.

O Boeing 737 ucraniano, que tinha descolado de Teerão com destino a Kiev, despenhou-se nos arredores da capital iraniana.

O acidente ocorreu horas depois do lançamento de 22 mísseis iranianos contra duas bases da coligação internacional liderada pelos Estados Unidos, em Al Assad e Erbil, no Iraque, numa operação de vingança pela morte do general iraniano Qassem Soleimani.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Museu Neandertal responde a Joe Biden. "Eram mais espertos do que pensa"

O Museu Neandertal, na Alemanha, endereçou um convite ao Presidente norte-americano Joe Biden, depois de o governante ter considerado a decisão do governador do Texas de acabar com a obrigatoriedade de utilização de máscara um …

Olhos postos no Senegal. Violentos protestos contra a prisão do opositor do Governo

Os confrontos no Senegal, os piores dos últimos anos, foram desencadeados pela detenção do líder da oposição Ousmane Sonko. Os confrontos eclodiram em Dakar, na quinta-feira, depois de o principal líder da oposição, Ousmane Sonko, ter …

Grupo de cientistas questiona missão da OMS e pede investigação independente na China

Um grupo de cientistas está a pedir uma investigação independente sobre a origem do Sars-CoV-2, com acesso total aos registos da China. Um grupo de cientistas escreveu uma carta aberta, divulgada nos jornais Le Monde e …

Brasil a braços com uma tragédia anunciada. República Checa pede ajuda estrangeira

No Brasil, o número diário de mortes já ultrapassou o dos Estados Unidos. Alemanha, Suíça e Polónia estão a disponibilizar os seus hospitais para receber casos graves de covid-19 da República Checa. Em relação a número …

Iniciativa Liberal diz não a Moedas e avança com candidatura em Lisboa

Este sábado, a Iniciativa Liberal rejeitou integrar a megacolicação encabeçada por Carlos Moedas e anunciou um candidato próprio à Câmara de Lisboa.  Foi este sábado, na Praça do Município, que João Cotrim de Figueiredo, líder do …

Agente da PSP que chamou "aberração" a Ventura suspenso por 10 dias

A Direção Nacional da Polícia de Segurança Pública (PSP) confirmou a suspensão de dez dias a Manuel Morais, o agente que chamou "aberração" a André Ventura. O agente da PSP Manuel Morais vai iniciar, este sábado, …

1.007 novos casos e 26 mortes nas últimas 24 horas

Portugal registou este sábado 26 mortes e 1.007 novos casos de infeção nas últimas 24 horas, segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS). O boletim epidemiológico deste sábado, divulgado pela Direção-Geral da Saúde, dá conta de 1.007 …

Publicada lista de entidades abrangidas por alargamento da ADSE

A ADSE já publicou a lista de entidades abrangidas pelo alargamento do subsistema de saúde da função pública aos trabalhadores com contrato individual de trabalho. As entidades reguladoras e a maioria das empresas municipais foram …

O "caminho ainda é longo", mas Portugal já administrou um milhão de vacinas

Esta sexta-feira, Portugal ultrapassou o marco do primeiro milhão de vacinas administradas, mas o "caminho ainda é longo". Portugal ultrapassou, esta sexta-feira, um milhão de vacinas contra a covid-19 administradas, uma marca que o secretário de …

Cavaco fala em "democracia amordaçada" (e na "vergonha" dos números da pandemia)

Este sábado, numa participação na Academia de Formação Política das Mulheres Sociais-Democratas, Cavaco Silva deixou duras críticas ao Executivo de António Costa, sublinhando que a pandemia mostrou um "SNS fragilizado por decisões erradas do governo". O …