Dívida pública atinge novo recorde antes do pagamento ao FMI

José Sena Goulão / Lusa

O ministro das Finanças, Mário Centeno

A dívida pública aumentou 400 milhões de euros em novembro, face a outubro, para os 251,48 mil milhões de euros, atingindo um novo recorde, segundo dados esta quarta-feira divulgados pelo Banco de Portugal (BdP).

Para este aumento contribuíram essencialmente os empréstimos e as emissões de títulos de dívida, refere a instituição. Em dezembro, a dívida pública deverá baixar por causa do pagamento antecipado ao Fundo Monetário Internacional (FMI) anunciado no mês passado pelo ministro das Finanças, Mário Centeno.

De acordo com o BdP, os ativos em depósitos das administrações públicas reduziram 0,2 mil milhões de euros, pelo que a dívida pública líquida de depósitos registou um acréscimo de 0,6 mil milhões de euros face ao mês anterior, totalizando 225 mil milhões de euros.

Centeno anunciou em 10 de dezembro que Portugal concretizou o pagamento do total da dívida ao FMI, com a liquidação de 4,7 mil milhões de euros.

Mário Centeno disse que o pagamento total do empréstimo ao FMI ascende a 28 mil milhões de euros, estimando que as poupanças com o pagamento antecipado do que faltava, de 4,7 mil milhões, totalizam cerca de 100 milhões de euros.

No total, as poupanças acumuladas ao longo dos últimos dois anos serão de 1,16 mil milhões de euros, adiantou Centeno. O ministro afirmou ainda que o Governo mantém os objetivos para 2018 e 2019 de redução do rácio da dívida no PIB para 121,2% e 118,5%, respetivamente.

 

ZAP // Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Vejam como está o mundo, este Sr. foi considerado o melhor ministro das Finanças do Mundo.
    Um bom exemplo para quem quer ser um bom chefe de família, endividar-se, dar à família, Bifes e lagosta, quando o orçamento apenas dá para comer, febras e atum, e esperar que alguém pague as dividas no futuro.

RESPONDER

A cordilheira Kong nunca existiu, mas esteve nos mapas durante um século

A cordilheira Kong nunca existiu, mas esteve durante 100 anos em muito dos principais mapas do continente africano. Acabaria por ser um militar francês, que explorou o rio Níger, a acabar com este "fantasma da …

"Continua a pairar perigosamente". Relógio do Juízo final mantém-se a 100 segundos do Apocalipse

A Humanidade nunca esteve tão perto do Apocalipse, alertam os cientistas responsáveis pelo "Relógio do Juízo Final", que decidiram mantê-lo na mesma posição do ano passado, a 100 segundos da meia-noite. O relógio, que é uma …

A primeira bateria doméstica de hidrogénio armazena três vezes mais energia do que uma da Tesla

Para usar energia solar doméstica, é preciso gerar energia quando o Sol brilha e armazená-la quando não aparece. Para isto, as pessoas usam normalmente sistemas de bateria de lítio. Porém, a empresa australiana Lavo construiu …

Um oásis LGBTQ, Budapeste é posto à prova pelo populismo e pela pandemia

Budapeste é um oásis para a comunidade LGBTQ, mas a cena drag da capital húngara vê-se ameaçada pela pandemia de covid-19 e pelas políticas conservadoras e populistas de Viktor Orbán. Durante muitos anos, Budapeste desfrutou a …

Coreia do Sul "ressuscitou" voz de uma superestrela. Chovem preocupações éticas

Pela primeira vez em 25 anos, a distinta voz da superestrela sul-coreana Kim Kwang-seok será ouvida na televisão nacional. O famoso cantor folk morreu em 1996. De acordo com a CNN, a emissora nacional da Coreia …

Maioria dos países africanos só terá vacinação em massa a partir de 2023

A maioria dos países africanos só terá imunização em massa a partir de 2023, segundo previsão da The Economist Intelligence Unit, que admite que, com o evoluir da pandemia, muitos dos países mais frágeis possam …

Mulher que "morreu" com covid-19 aparece viva 10 dias após funeral

Uma mulher de 85 anos ficou infetada com covid-19 num lar na Galiza, em Espanha. A 13 de janeiro a família de Rogelia Blanco recebeu a informação do lar de que a mulher tinha falecido. …

Familiares de vítimas na China pressionadas a não falar com OMS

As autoridades chinesas estão a pressionar as famílias das primeiras vítimas da covid-19 para que não entrem em contacto com os investigadores da Organização Mundial da Saúde (OMS) em Wuhan, segundo familiares dos falecidos. Mais de …

Falsas vacinas à venda na Internet são grande risco para a saúde

Embora milhões de pessoas tenham sido já vacinadas contra a covid-19 nos países ricos, proliferam as fraudes na Internet com fármacos falsos que representam um grande risco para a saúde, alertaram peritos das Nações Unidas. As …

Voto prévio no Senado aponta para absolvição de Trump

Na terça-feira, 45 dos 50 republicanos no Senado votaram contra a continuidade do julgamento ao ex-Presidente Donald Trump, considerando inconstitucional que um chefe de Estado que já terminou o mandato seja julgado no Congresso. De acordo …