Portugal já não deve ao FMI. Pagamento antecipado poupa 100 milhões de euros

Rodrigo Antunes / Lusa

O ministro das Finanças, Mário Centeno, anunciou que Portugal concretiza esta segunda-feira o pagamento do total da dívida ao Fundo Monetário Internacional (FMI), com a liquidação de 4,7 mil milhões de euros.

Numa conferência de imprensa no Ministério das Finanças, em Lisboa, Mário Centeno disse que “é concretizado hoje” o pagamento total do empréstimo ao FMI, que ascende a 28 mil milhões de euros, salientando que as poupanças estimadas com o pagamento antecipado do que faltava, de 4,7 mil milhões, totalizam cerca de 100 milhões de euros.

No total, as poupanças acumuladas ao longo dos últimos dois anos serão de 1,16 mil milhões de euros, adiantou Mário Centeno. O ministro afirmou ainda que o Governo mantém os objetivos para 2018 e 2019 de redução do rácio da dívida no PIB para 121,2% e 118,5%, respetivamente.

De forma a liquidar a dívida ao FMI, Portugal foi ao mercado financiar-se a taxas de juro mais baixas do que aquelas que são cobradas pelo Fundo Internacional. Este processo de pagamentos antecipados surgiu em 2015, como uma estratégia desenhada pelo Governo (PSD/CDS) do então primeiro-ministro Pedro Passos Coelhos, tendo como objetivo travar os custos associados à divida.

O FMI não é mais um credor de Portugal, mas restam ainda dívidas por pagar a instituições como o Fundo Europeu de Estabilidade Financeira e o Mecanismo Europeu de Estabilidade, tal como recorda o Notícias ao Minuto.

No âmbito do resgate financeiro, Portugal recebeu 78 mil milhões, dos quais 26,3 milhões foram emprestados pelo FMI e os restantes mais de 50 milhões pelas outras duas instituições, segundo dados relativos ao mês de novembro divulgados pela Agência de Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública, sendo este o valor que ainda falta liquidar.

Centeno frisou que o reembolso desta segunda-feira “melhora a sustentabilidade da dívida portuguesa, aumenta a confiança dos investidores em Portugal e otimiza a gestão da dívida pública”, adiantando que continuará a haver uma “importante almofada de liquidez para enfrentar eventuais turbulências no mercado”.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. É bem, mas assim o Cem-tino não vai certamente ter um lugar no FMI, como teve o seu antecessor (Gasparzinho), pelo excelente serviço prestado (ao FMI, claro)!!

  2. Mais outra manchete para enganar papalvos…
    Quem não ler com atenção ficará com a ideia que a dívida pública portuguesa desceu. Os mais ingénuos até pensarão que foi paga na totalidade!

    É, por isso, preciso dizer e repetir até à exaustão: isto não foi pagar a dívida, foi substituir dívida por outra!

    A dívida soberana de Portugal não desceu. Na verdade, é agora aproximadamente 20 mil milhões de euros mais elevada do que quando este governo tomou posse há 3 anos (vinte mil milhões!)
    Os números não são secretos. São públicos, estão no site do Banco de Portugal.

  3. Todo este tempo tem sido usado para esmagar ainda mais o sector privado para dar benesses ao sector publico que o privado nao tem. Veremos quando parar a descida de juros e do turismo como vão continuar a pagar essas benesses

  4. O que eles fizeram foi substituir divida. A verdadeira razão é que a partir daqui não têm os chatos do FMI a chatear e passam a poder esbanjar à vontade!

RESPONDER

"Tão lentamente quanto humanamente possível". Site simula como era usar a Internet nos anos 90

Se é jovem e gostaria de experimentar as velocidades lentas da Internet dos anos 90, está com sorte. Um novo site simula a experiência dolorosa à qual já não estamos habituados com as redes atuais. Nos …

Novembro vai ser “muito duro e muito exigente” (e fechar escolas seria uma "grande falta de respeito")

O primeiro-ministro, António Costa, avisou hoje que “convém não criar falsas expectativas”, porque novembro vai ser “muito duro e muito exigente”, sendo maior a probabilidade de, daqui a 15 dias, acrescentar mais concelhos à lista …

O Torsus Praetorian é o autocarro mais radical de sempre (e não permite faltas à escola)

Cheias, árvores caídas ou tempestades. Há muitas razões para faltar à escola ou, neste caso, haviam. É que a Torsus lançou um novo autocarro capaz de enfrentar todos os obstáculos e transportar as crianças até …

Spot, o cão-robô, visitou Chernobyl (e analisou os seus níveis de radiação)

Uma equipa de engenheiros da Universidade de Bristol visitou a Central Nuclear de Chernobyl na semana passada para testar Spot, um robô de quatro patas feito pela empresa norte-americana Boston Dynamics. O Spot é o robô …

Sangue de porco é mais proteico do que qualquer proteína do mercado (e pode ser consumido em smoothies)

Uma equipa de investigadores do departamento de ciência alimentar da Universidade de Copenhaga desenvolveu um método para extrair proteínas do sangue de porco. O resultado é um pó fino, branco, com sabor neutro e com …

Costa anuncia cinco medidas restritivas para 121 concelhos "de elevado risco" e reforços da capacidade de resposta

Após um Conselho de Ministros extraordinário que durou mais de 8 horas, o primeiro-ministro anunciou este sábado novas "medidas imediatas" de combate à pandemia de covid-19. Concelhos "de elevado risco" estão sujeitos a medidas restritivas, …

Escola na China transformou-se num "edifício andante" para evitar a demolição

Os residentes da cidade chinesa de Xangai que, no início deste mês, passaram pelo distrito de Huangpu podem ter encontrado uma visão incomum: um "edifício andante". De acordo com a cadeia de televisão CNN, uma escola primária …

Joke Boon, a chef holandesa que não tem olfato nem paladar

Joke Boon perdeu o paladar e o olfato quando ainda era criança, mas isso não a impediu de viver da culinária, área na qual estes requisitos são, à partida, essenciais.  "Como seria a minha vida se …

Portugal com mais 39 mortos, mais 4007 casos e recorde de internamentos graves

Portugal registou hoje 39 mortos e mais 4.007 casos de novas infeções pelo novo coronavírus, tendo alcançado um novo recorde de 286 doentes internados nos cuidados intensivos por covid-19, segundo a Direção-Geral da Saúde. Registou-se este …

Leiloada carta de Nobel antissemita a desprezar Einstein e os judeus

Uma carta escrita em 1927 pelo Prémio Nobel Philipp Lenard a um colega a reclamar das conquistas de Einstein e do suposto domínio judaico da ciência foi a leilão no Nate D. Sanders Auctions, em …