Distanciamento social pode ser necessário até 2022, alertam especialistas

Manuel de Almeida / Lusa

As medidas de distanciamento social em vigor em praticamente todo o mundo podem ter de se manter até 2022, alerta um grupo de cientistas, que apontam ainda para a possibilidade de novas vagas do vírus nos anos que se seguem.

Segundo noticiou o Observador, num artigo publicado terça-feira no Science, o grupo indicou que uma única paralisação não será suficiente para controlar a pandemia. Os possíveis segundos e terceiros surtos podem ser mais graves do que o atual caso as medidas de contenção não continuem em vigor, referiram os especialistas.

Se não houver vacina, um novo surto como o que estamos a viver pode ocorrer por volta de 2025, dizem ainda os autores do estudo.

Citado pelo Guardian, Marc Lipsitch, professor de epidemiologia de Harvard e um dos autores do estudo, defendeu que só com níveis elevados de imunidade coletiva é que deixará de haver surtos deste novo coronavírus.

“As infeções espalham-se quando há duas coisas: pessoas infetadas e pessoas suscetíveis. A não ser que haja um enorme nível de imunidade coletiva, a maior parte da população é população suscetível”. O fim da pandemia no verão de 2020, continuou, é prematuro e “não condiz com o que conhecemos da disseminação da doença”.

Os cientistas alertaram que as medidas de distanciamento social devem manter-se por bastante mais tempo. O problema maior reside no grupo de risco, que poderão ter de manter as medidas de restrição mais apertadas, enquanto o alívio se vai fazendo nas outras faixas etárias.

Segundo os especialistas, poderá ser possível relaxar as medidas periodicamente em função da capacidade que os sistemas de saúde tiverem para dar resposta aos doentes. Mas sem em vacina, tratamentos eficazes ou imunidade de grupo elevada, “a vigilância e as medidas de distanciamento social podem ser necessárias até 2022″, sublinharam.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

O futebol português está de volta. Uma corrida de dois cavalos e a montra para Amorim

A bola volta hoje a rolar em Portugal após a interrupção devido à pandemia de covid-19. Regresso o futebol que tão bem conhecemos, mas de uma forma como nunca vimos antes. Estádios desertos e jogos quase …

Cientistas identificam fóssil do inseto mais antigo do mundo

Um fóssil de um milípede descoberto em 1899 é o inseto mais antigo do mundo, concluiu um novo estudo. O espécime em causa tem 425 milhões de anos. Uma equipa de investigadores da Universidade do Texas …

Jorge Jesus renova com o Flamengo por mais uma época

O treinador português anunciou, esta quarta-feira, que vai ficar mais uma época nos brasileiros do Flamengo, até junho de 2021. "Digam à nação que fico!". É esta a frase que acompanha a fotografia publicada, esta quarta-feira, …

Governo deixa cair lay-off simplificado. Novo apoio vai variar em função da quebra de faturação

O apoio às empresas em lay-off que retomarem a atividade será diferenciado em função da quebra de faturação, com vista a direcionar as ajudas públicas “a quem mais precisa”, afirmou esta terça-feira a ministra do …

Grupo de precários da Casa da Música dispensado de serviço via e-mail "meia hora depois" de uma vigília de protesto

Cerca de 13 trabalhadores "precários" da Casa da Música, no Porto, foram dispensados dos concertos que tinham alocados para o mês de junho. Em declarações à Lusa, Hugo Veludo, um dos 13 assistentes de sala …

Sete detidos em operação na Quinta da Fonte ficam em prisão preventiva

Os sete homens que foram detidos numa operação policial no bairro da Quinta da Fonte, em Loures, na segunda-feira, ficaram em prisão preventiva, a medida de coação mais gravosa, revelou à agência Lusa a Polícia …

O parasita da malária tem o seu próprio relógio interno

Um novo estudo acaba de revelar que, mesmo quando cultivados fora do corpo, os parasitas da malária conseguem manter o seu ritmo. Quando uma pessoa contrai malária, acontece uma dança rítmica dentro do corpo. Os sinais …

Maduro e Guaidó juntam-se na luta contra a pandemia. EUA acusam país de impedir voos humanitários

O governo do Presidente venezuelano e o líder da oposição Juan Guaidó acordaram procurar conjuntamente fundos para combater a pandemia da covid-19 na Venezuela, de acordo com um documento divulgado esta terça-feira na televisão oficial. No …

Marítimo "aplaude" Costa no espectáculo de Bruno Nogueira e pede adeptos nos Estádios

Com recurso a fotografias de António Costa no Campo Pequeno, a assistir ao espectáculo "Deixem o pimba em paz" de Bruno Nogueira, o Marítimo "aplaude" o gesto do primeiro-ministro e apela a que o futebol …

Sexta extinção em massa cada vez mais próxima. Mais de 500 vertebrados estão em risco

Uma sexta extinção em massa está cada vez mais perto, alertam os cientistas. Mais de 500 espécies de vertebrados estão sob ameaça de extinção devido aos seres humanos. Em 2015, o biólogo da Universidade de Stanford …