Diretor do curso de Comandos processa chefe de Estado-Maior do Exército

(dr) presidencia.pt

O Chefe do Estado-Maior do Exército, General Frederico José Rovisco Duarte

Mário Maia, tenente-coronel responsável pelo curso 127 dos Comandos e um dos principais arguidos do processo relativo à morte de dois recrutas, em 2016, processo o general Rovisco Duarte.

Em causa está o facto de o chefe de Estado-Maior do Exército (CEME), o general Rovisco Duarte, ter alegadamente ignorado um crime cometido pelo comandante do Regimento dos Comandos, Dores Maia, para “salvar a face” do Exército, avança o Público.

O advogado Alexandre Lafayette, em representação do tenente-coronel Maia, argumenta que “a queixa é apresentada porque se verificou que o CEME ignorou uma denúncia feita em Fevereiro de 2017″.

O coronel Dores Moreira – comandante do Regimento dos Comandos até junho passado – terá entregue ao Departamento de Investigação e Ação Penal um guião “falso” da chamada Prova Zero.

No guião entregue lia-se que os instruendos poderiam beber até cinco litros de água por dia, quando na realidade os instrutores só estavam autorizados a permitir que os instruendos bebessem três litros.

O objetivo seria, avança o Público, responsabilizar os instrutores do curso e não os altos oficiais, como o comandante Dores Moreira, pelo racionamento da água distribuída durante a prova, no início de Setembro de 2016.

O contexto de calor extremo provocou a morte por desidratação profunda a dois recrutas – Hugo Abreu e Dylan da Silva, ambos com 20 anos.

A participação criminal terá sido entregue à procuradora-geral da República, Joana Marques Vidal, em agosto de 2017. Além disso, a queixa-crime foi ainda remetida para o Presidente da República, o ministro da Defesa e o primeiro-ministro.

Na missiva entregue juntamente com o processo, lê-se que Mário Maia alega ter ficado com “a sensação de que a falsificação ter sido uma manobra para ‘salvar a face’ do Exército” e defende que “não se pode, nem se deve pactuar com a prática de crimes, com a agravante de se visar enganar o sistema de justiça” apontando para os inferiores hierárquicos “o ónus da incompetência das chefias militares que, há muito, têm obrigação de saber que a logística de apoio à formação de militares dos Comandos tem falhas graves e inaceitáveis”.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Dispositivo de grafeno pode transformar sinais de Wi-Fi em energia

A tecnologia do carregamento sem fio não é muito mais útil do que conectar o telemóvel a um cabo, já que, de qualquer das maneiras, precisamos de estar em contacto com o carregador. No entanto, …

Descobertas filmagens inéditas de um centro de espionagem da II Guerra Mundial

Foi descoberta uma rara filmagem da instalação militar secreta Bletchley Park, no Reino Unido. Este centro de espionagem atuou durante a II Guerra Mundial e foi responsável por decifrar códigos alemães durante o período nazi. O …

Montezemolo revelou o sonho que Ayrton Senna não cumpriu

O antigo presidente da equipa da Ferrari, Luca di Montezemolo, revelou que o seu maior arrependimento foi não ter conseguido levar Ayrto Senna para a equipa. Em 1994, Ayrton Senna morreu de forma trágica quando perdeu o …

Friends: atores já terminaram as gravações do episódio especial

Ainda antes de os talk shows serem suspensos devido à COVID-19, Matt LeBlanc foi um dos convidados do The Kelly Clarkson Show, onde confirmou que as gravações do episódio especial de FRIENDS estavam concluídas. O programa …

YouTube remove vídeos com teoria da conspiração que liga covid-19 ao 5G

A onda de teorias falsas que ligam a pandemia da COVID-19 ao 5G levou a uma série de incidentes, incluindo ameaças a funcionários de operadoras e ataques a antenas de telecomunicações. Agora, o YouTube está …

Engenheiros construiram um ventilador caseiro. Pode servir como "último recurso"

Uma equipa de engenheiros da Universidade de Vanderbilt, nos Estados Unidos, construiu um ventilador caseiro que pode ser usado como último recurso. A pandemia de covid-19 continua a desafiar as comunidades médicas e uma das ameaças …

Sepultura de genocídio encontrada no Ruanda pode conter 30 mil corpos

No Ruanda, foi encontrada uma sepultura que pode conter 30 mil vítimas do genocídio no país em 1994. Cerca de 800 mil tutsis e hutus moderados foram assassinados. Mais de 25 anos depois de um genocídio …

Belenenses SAD entra parcialmente em lay-off

"A indústria do futebol está entre as mais atingidas pelos efeitos da pandemia", que provocou a suspensão de praticamente todas as provas futebolísticas, destaca o Belenenses SAD. O Belenenses SAD, da I Liga de futebol, entrou …

Dois milhões de máscaras furtadas em Espanha podem ter sido vendidas em Portugal

O equipamento médico e sanitário furtado está avaliado em cinco milhões de euros e terá sido adquirido por uma empresa portuguesa que conhecia a proveniência do material. Um empresário de Santiago de Compostela foi detido por, …

Facebook terá tentado comprar um software de espionagem em 2017

O Facebook tem estado envolvido em vários escândalos e o mais recente está relacionado com a alegada compra da ferramenta Pegasus, usada para hackear iPhones. A empresa de segurança informática NSO Group, responsável pela Pegasus, alega …