Ex-director-geral das Artes está revoltado e pede explicações a Costa

Clara Azevedo / Portugal.gov.pt

O primeiro-ministro António Costa

Exonerado do cargo de Director-geral das Artes, Carlos Moura-Carvalho confessa-se “revoltado” e critica a decisão do Ministério da Cultura, considerando que “põe em causa os concursos públicos” e que já pediu explicações ao primeiro-ministro.

A exoneração de Carlos Moura-Carvalho foi decidida pelo ministro da Cultura, Luís Filipe Mendes, e tem efeitos a partir desta terça-feira, 31 de Maio. Ele tinha sido nomeado para o cargo por concurso público, para uma comissão de cinco anos, e sai do organismo que coordena e executa as políticas de apoio às artes ao cabo de 10 meses de trabalho.

Moura-Carvalho questiona o processo de afastamento e lamenta que “põe em causa todo este mecanismo dos concursos públicos”, em declarações à Rádio Renascença.

Com que legitimidade é que agora nos vamos candidatar a qualquer concurso público, como é que é, há garantia de que a pessoa fica pelo mandato para que vai ser escolhido ou é interrompido de uma forma muito pouco fundamentada, sem razões de fundo”, atesta Moura-Carvalho, assumindo também que não entende em que é que ele e o ministro da Cultura podem “estar divergentes”.

“Revolta-me e entristece-me porque é uma mudança às regras a meio do jogo“, diz ainda Moura-Carvalho, sublinhando que estava “à espera que houvesse uma palavra, um elogio ao trabalho que foi feito”, o que diz não ter acontecido. Assim, revela que enviou uma carta a António Costa, pedindo explicações para este processo.

O secretário de Estado da Cultura não prestou quaisquer esclarecimentos sobre o caso, mas uma fonte da Comissão de Recrutamento e Selecção para a Administração Pública (CRESAP), responsável pelo lançamento dos concursos públicos, refere à Renascença “estranhar a exoneração de Moura-Carvalho, bem como as nomeações provisórias que o Governo tem vindo a fazer, uma vez que a comissão tem forma de fazer os concursos em tempo útil”.

ZAP

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. por onde andam os srs do Bloco e do PCP? ah esqueci, como estão no desgoverno já não há qq problema.

    a esquerda radical é muito divertida, infelizmente nunca traz nada de bom.

    • Por acaso a direita é diferente ?
      Já a vários anos que para mim esquerda ou direita não trazem nada de muito bom ao Pais a não ser o mesmo de sempre, amigos amiguinhos e amigalhaços.

      • Senhor Garcia, acontece que nem BE nem PCP tinham apoiado nenhum governo, sempre estiveram na oposição, onde se têm fartado de barafustar contra tudo e contra todos e agora que estão como muletas do governo, que por acaso até tem estado a tomar algumas medidas que já tinham sido avançadas e contra as quais eles se levantaram contra e agora enfiaram a cabeça na areia ou hibernaram. Os portugueses só querem saber a razão da sua desaparição. Quem ainda depositava esperanças neles deve estar a perdê-las, pelo menos os que esperavam deles o repúdio a certas medidas. Eles desapareceram do mapa.

        • Estudaram na mesma universidade do Stipras, há meia-dúzia de meses criticavam por tudo e por nada agora são subservientes e cúmplices na mesma batotice governamental e mantêm-se caladinhos como um cachorrinho manso sempre que a batota vai ao encontro dos seus desejos ideológicos.

  2. Para o PS, a cunha e o saneamento politico tem mais força do que concursos públicos ou competência. Costa, está-se nas tintas para as regras e normas. Precisa de lugares vagos para os amigos. Mas note também que o BE e PCP estão igualmente nas tintas para estes assuntos. A moralidade deles é não verem, não ouvirem…..tem contrapartidas para a sua complexidade.

Prisão preventiva para hacker português suspeito de invadir sistema do tribunal eleitoral do Brasil

O hacker suspeito de invadir o sistema informático do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) do Brasil, detido no sábado em Portugal, ficou esta segunda-feira em prisão preventiva, disse à agência Lusa fonte ligada ao processo. A PJ, …

Chefe do Governo Hong Kong revela ter "pilhas de dinheiro" em casa por causa das sanções norte-americanas

A chefe do Governo de Hong Kong, Carrie Lam, revelou esta semana ter "pilhas de dinheiro" em casa por causa das sanções norte-americanas. Em declarações à International Business Channel, a líder do Executivo de Hong Kong …

António Mexia e Manso Neto vão deixar gestão da EDP

Os presidentes executivos da EDP e da EDP Renováveis, António Mexia e Manso Neto, ambos suspensos de funções, manifestaram-se indisponíveis para voltar a integrar os órgãos sociais do grupo num novo mandato. Em comunicado à Comissão …

João Ferreira desafia Marcelo a assumir candidatura "o quanto antes"

  João Ferreira, candidato comunista às presidenciais, acredita, como os "todos" os portugueses, que Marcelo Rebelo de Sousa será recandidato, mas desafiou-o esta segunda-feira a dizê-lo "quanto antes", por "uma questão de transparência". “Já todos perceberam o …

Irão. Líder Supremo pede punição pela morte de cientista que liderou programa nuclear

O líder supremo do Irão, o Ayatollah Ali Khamenei, exigiu no sábado punição pela morte do cientista Mohsen Fakhrizadeh, que liderou o programa nuclear de Teerão, enquanto a República Islâmica culpa Israel pelo assassinato. Israel, há muito …

Portugal é o país da UE mais próximo de atingir metas climáticas para 2030

Portugal é o país da União Europeia (UE) mais perto de atingir as suas metas climáticas de redução de emissões até 2030, relativamente aos níveis de 2005, segundo um relatório esta segunda-feira publicado pela Comissão …

Novos casos aumentam mais de 50% em oito concelhos do Norte

O número de novos casos de infeção no Norte aumentou mais de 50% em oito concelhos da região, seis dos quais no distrito de Vila Real e dois em Bragança, segundo o relatório da Administração …

União Europeia convida Joe Biden para cimeira presencial durante presidência portuguesa em 2021

O presidente do Conselho Europeu, Charles Michel, convidou o Presidente eleito dos Estados Unidos, Joe Biden, para uma cimeira presencial no primeiro semestre de 2021, durante a presidência portuguesa da União Europeia. Fontes europeias informaram que …

Maior controlo nas fronteiras não foi eficaz para conter o vírus, diz Cabrita

O ministro da Administração Interna considerou esta segunda-feira que o maior controlo nas fronteiras internas do espaço Schengen, durante os primeiros meses da pandemia, não foi eficaz para conter o novo coronavírus. “Ao nível das fronteiras …

Hospitais de Coimbra estão "muito próximos" do limite de capacidade

O Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC) está "muito próximo do limite de capacidade" de resposta à covid-19, devido à falta de recursos humanos, disse esta segunda-feira o presidente do conselho de administração da …