Finanças: Mais dinheiro para a TAP só com novo acordo com Bruxelas

O Ministério das Finanças refere que, enquanto não houver a luz verde de Bruxelas ao plano de reestruturação, não há mais apoio público à companhia aérea. 

A TAP só garante a liquidez até final de março, mas o Governo avisa que não será entregue mais nenhum apoio antes da resposta da Comissão Europeia ao plano de reestruturação, o que não deverá acontecer antes de abril.

“Qualquer valor de apoio a prestar à TAP só pode resultar do processo negocial com a Comissão Europeia, bem como terá de ser devidamente aprovado, num contexto em que o plano de reestruturação incorpora as condições consideradas indispensáveis para que a TAP possa ser sustentável no médio e longo prazo”, referiu o Ministério das Finanças em resposta ao jornal online ECO.

O ministério acrescenta que o processo de negociação “decorre de forma intensa, franca e positiva” e que as duas partes “estão comprometidas com a conclusão do processo tão cedo quanto possível”.

O presidente do conselho de administração da companhia aérea, Miguel Frasquilho, foi ouvido, esta terça-feira, no Parlamento.

Segundo apurou o mesmo jornal digital, a TAP criou um novo departamento interno para conduzir a implementação do plano de reestruturação, que fica sob a liderança de Miguel Malaquias Pereira, que assume funções de chief transformation officer (CTO).

O ECO lembra que na proposta do plano de reestruturação, enviada à Comissão Europeia em dezembro, este órgão já estava previsto, sendo prometido como uma garantia de sucesso da execução do plano.

“O Transformation Office terá como missão principal centralizar e coordenar o programa de implementação do plano de reestruturação, promover a gestão, implementação e a monitorização de todas as iniciativas do plano, assim como a coordenação dos vários interlocutores relevantes, garantindo o reporting à Comissão Executiva e ao Conselho de Administração”, explicava Frasquilho num comunicação interna do mês passado.

Neeleman saiu, mas mantém-se joint venture com a Azul

Ainda de acordo com o jornal ECO, apesar de David Neeleman ter deixado de ser acionista da TAP, no ano passado, não ficará totalmente afastado da transportadora. Isto porque a empresa portuguesa vai avançar com uma joint venture, juntamente com a Azul, para reforçar as parcerias no Brasil.

Esta parceria poderá criar “benefícios de tarifas alinhadas e fusão de equipas de vendas” entre as duas empresas, bem como “vantagem adicional de alinhamentos de programação de rede” ou “tratamento conjunto de QSI (Quality of Service Index)”, lê-se na proposta do plano de reestruturação.

Além da parceria com a Azul, é ainda feita referência ao desenvolvimento adicional de outras parcerias já existentes e novas.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. ESperemos bem que UE Não dê consentimento p/ mais barbaridades e desperdícios de dinheiro.
    Não há dinheiro p/ nada (segundo os n/ governantes) e há dinheiro p/ uma empresa que Só dá prejuízos astronómicos? Isto não tem pés nem cabeça. CHEGA de andarmos a pagar os que não nos interessa.

RESPONDER

Selecção da Lituânia falhou os Mundiais porque...chegou atrasada

Per Strand venceu, António Morgado ficou em sexto, mas os ciclistas da Lituânia acabaram por marcar a prova de estrada de juniores, nos Mundiais em Flandres. Per Strand Hagenes é o novo campeão mundial júnior de …

Gil Vicente 1-2 Porto | Dragão canta de galo com dois golaços

Foi sofrer até ao fim. Sérgio Conceição tinha alertado que não seria fácil bater o Gil Vicente e foi isso que ocorreu na noite desta sexta-feira em Barcelos. O FC Porto apenas a um minuto dos …

Na II Guerra Mundial, um erro "humilhante" destruiu dois imponentes navios de guerra da Marinha Real

No dia 10 de dezembro de 1941, os japoneses afundaram os imponentes Prince of Wales e Repulse. A culpa foi do almirante Thomas Phillips que, na sequência de um "erro humilhante", acabou também por falecer. Winston …

O robô Atlas, da Boston Dynamics, faz parkour (e até dá um mortal para trás)

O Atlas é, sobretudo, um projeto de investigação: um robô que ajuda os engenheiros da Boston Dynamics a trabalhar em melhores sistemas de controlo e perceção. O parkour é um verdadeiro desafio para os seres humanos, …

Na Tailândia, um "cemitério" de táxis foi transformado numa horta sobre rodas

Desde pimentos a pepinos, beringelas e até mangericão. Num parque de estacionamento ao ar livre em Banguecoque, os táxis abandonados transformam-se em hortas para alimentar os trabalhadores. A pandemia de covid-19 obrigou os táxis de Banguecoque …

Morreu o "último nazi" canadiano, aos 97 anos

Um ucraniano que serviu como tradutor no regime nazi morreu na quinta-feira na sua casa, em Ontário, no Canadá, encerrando uma luta de décadas para deportá-lo e acusá-lo de cúmplice no assassinato de dezenas de …

No Sri Lanka, elefantes traficados foram resgatados. Mas voltaram às pessoas que os compraram ilegalmente

Um tribunal do Sri Lanka devolveu elefantes resgatados a pessoas influentes que foram acusadas de os terem comprado ilegalmente. Durante alguns anos, elefantes selvagens permaneceram na corda bamba de uma intensa batalha de custódia judicial entre …

Sporting 1-0 Marítimo | Porro volta a decidir de penálti

Que sofrimento! É normal ver os “grandes” dominarem por completo os seus adversários, mas nesta partida entre Sporting e Marítimo, em Alvalade, praticamente só houve uma equipa a atacar e a procurar o golo. Ainda assim, …

A falhar pagamentos e com 260 mil milhões de dívida - como é que a Evergrande chegou até aqui?

A situação da imobiliária chinesa Evergrande, que tem uma dívida maior do que a economia portuguesa, está a deixar o mundo ansioso sobre uma eventual repetição da história da crise de 2008, que começou com …

A lava do vulcão de Las Palmas já destruiu mais de 200 casas, mas uma permanece intacta na devastação

Como se protegida por um manto de invencibilidade, a construção escapou à força da lava que a serpenteou para felicidade dos seus proprietários, um casal de reformados dinamarquês que escolheu fixar-se naquele território precisamente pela …