Dinheiro do maior caso de corrupção no Brasil passava por Portugal

Joanjo Aguar Matoses / Flickr

-

O brasileiro que denunciou o caso de corrupção “Lava Jato” afirma que o esquema de lavagem de dinheiro passava pelo BES, descrevendo ainda que tentaram que fosse correio de dinheiro entre uma dependência do banco no Porto e o Brasil.

Em entrevista ao Público, Hermes Freitas Magnus, que vive fora do Brasil desde que denunciou o caso por razões de segurança, descreve o elo de ligação entre um dos envolvidos no esquema de corrupção da Petrobras e o BES: José Janene, político do Paraná suspeito de corrupção, que “tinha dinheiro aqui no BES”, que servia para ser “lavado” e regressar ao Brasil.

Foram as suspeitas de corrupção de Hermes Magnus que deram origem à operação Lava Jato, que levou à prisão de vários empresários brasileiros. A operação começou no ano passado e tem como objetivo apurar um esquema de lavagem e de desvio de dinheiro da petrolífera brasileira Petrobras, que pode ascender aos 10 mil milhões de reais.

Hermes Freitas Magnus era dono da Dunel, que fabricava componentes industriais, e precisava de capital – José Janene mostrou-se interessado em investir. Pouco tempo depois do início da sociedade, Hermes Magnus começou a desconfiar que Janene não queria investir no negócio, mas apenas “lavar dinheiro”.

O empresário afirma que, no final de 2008, pediram-lhe que “levasse para o Brasil dinheiro de contas do BES, no Porto. As contas eram dele [José Janene], para lavar dinheiro em Portugal, mas ouvi dizer que estavam associadas a sociedades off-shore”.

O denunciante e testemunha-chave conta que recusou servir de correio entre Portugal e o Brasil, e quem o substituiu na tarefa acabaria por ser detido num aeroporto brasileiro com 600 mil euros escondidos na roupa interior.

Todos estes factos, incluindo a utilização do banco português, foram transmitidos por Hermes Magnus às autoridades brasileiras.

A operação “Lava Jato”, a “maior investigação de corrupção e lavagem de dinheiro que o Brasil já teve”, tem o seu nome devido à utilização de uma rede de postos de combustíveis e “lava a jato” de automóveis para movimentar recursos ilícitos pertencentes a uma das organizações criminosas inicialmente investigadas, lê-se no site criado pelo Ministério Público brasileiro para recolher informações.

O impacto do esquema ascende aos milhares de milhões de reais desviados da Petrobras.

ZAP

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

Responder a Ze Cancelar resposta

Balas que assassinaram John F. Kennedy preservadas em modelo 3D

A partir do próximo ano, os Arquivos Nacionais dos Estados Unidos vão disponibilizar, no seu catálogo online, imagens 3D das balas que assassinaram o antigo presidente norte-americano John F. Kennedy. Para criar os modelos das …

Pela primeira vez, neurónios artificiais foram criados para curar doenças crónicas

Uma equipa de investigadores conseguiu recriar as propriedades biológicas dos neurónios em chips, que podem ser úteis ajudar na cura de doenças neurológicas crónicas. Naquele considerado um feito única na ciência, investigadores da Universidade de Bath …

Cientistas encontram uma relação negativa "muito forte" entre inteligência e religiosidade

Uma equipa de investigadores sugere que pessoas religiosas tendem a ser menos inteligentes do que pessoas sem crenças religiosas. O estudo tem gerado uma grande controvérsia. A religião é um tema forte, capaz de juntar ou …

Descoberta nova espécie de tubarão pré-histórico que podia chegar aos sete metros

Uma nova espécie de tubarão pré-histórico foi descoberta no Kansas, nos Estados Unidos. Este predador podia crescer até quase sete metros de comprimento. De acordo com a revista Newsweek, Kenshu Shimada, da Universidade DePaul, e Michael …

Conhecido medicamento para diabetes pode conter um carcinógeno

A Food and Drug Administration, agência federal e reguladora do Departamento de Saúde e Serviços Humanos dos Estados Unidos, está a testar amostras de metformina, um medicamento para diabetes que pode conter o carcinógeno N-Nitrosodimetilamina …

Nobel da Física diz que o ser humano não está concebido para viver fora da Terra

Didier Queloz disse, este sábado, estar convencido de que o ser humano não está concebido para viver fora da Terra, razão pela qual está "zangado" com alguns argumentos do cofundador da Tesla, Elon Musk. Os suíços …

Ford está a reciclar palha de café do McDonald's. Quer transformá-la em peças de carro

https://vimeo.com/377768195 A Ford está a fabricar peças de carro através de palha de café reciclada do McDonald's. A iniciativa contribui para a redução da pegada ecológica e do desperdício alimentar. O combate às alterações climáticas cabe um …

Comité da ONU preocupado com condições das prisões em Portugal

As condições de detenção, a sobrelotação das prisões, o alegado uso da força e outros abusos contra pessoas pertencentes a grupos raciais e étnicos são as principais preocupações do Comité da ONU contra a Tortura …

Cientistas identificaram organismo que prospera ao comer meteoritos

O micróbio Metallosphaera sedula tem uma propensão para comer minerais. E não estamos a falar de granito ou giz, mas de rochas muito mais especiais como meteoritos. Segundo o Science Alert, uma equipa internacional de cientistas …

Médicos estrangeiros em Portugal atingem o valor mais alto da última década

O número de médicos estrangeiros registados em Portugal atingiu, em 2019, o valor mais elevado da última década, situando-se em 4192, mais 9,1% face a 2009, revelam dados da Ordem dos Médicos (OM). A maioria dos …