DGS muda estratégia e vai alargar testes a quem contacta com infetados

Mahmoud Khaled / EPA

A Direção-Geral da Saúde (DGS) vai apresentar ao Ministério da Saúde, ainda esta semana, uma proposta de revisão da estratégia de testagem.

A informação foi confirmada pela Direção-Geral da Saúde à rádio TSF, revelando que a revisão da estratégia de testagem vai passar por “fomentar as ações de rastreio, bem como os testes a realizar a contactos de casos positivos de covid-19″.

Desde julho de 2020, recorda a rádio, a norma da DGS para o rastreio de contactos prevê que os testes “nos contactos de alto risco podem ser considerados” de acordo com a avaliação do risco pelas autoridades de saúde, “especialmente nas situações de surtos e em pessoas com exposição prolongada” ao infetado como, por exemplo, coabitantes.

Esta segunda-feira, a ministra da Saúde tinha pedido que esse critério fosse mais abrangente. “Neste momento, os testes são sobretudo preconizados para os contactos de alto risco e aquilo que pedimos que fosse avaliado tecnicamente era a possibilidade de o teste ser mais abrangente, independentemente do risco do contacto”, afirmou Marta Temido, sublinhando: “Não podemos deixar cair o número de testes”.

“Sabemos que um número elevado de testes é a melhor forma de garantir que mesmo com uma epidemia que parece estar a decrescer, nós continuamos a detetar o mais precocemente possível todos os casos”, frisou a governante.

De acordo com a mesma rádio, os médicos aplaudem este alargamento dos critérios, algo que já pediam desde que entrou em vigor o critério atual da DGS.

“Para nós, que defendemos em julho esta intervenção, isto significa que todos os contactos de alto risco de um caso confirmado serão testados automaticamente, até para percebermos se foi algum desses contactos que originou o caso confirmado, quebrando cadeias secundárias que não se quebram sem que esse teste seja feito”, disse à TSF Filipe Froes, coordenador do Gabinete de Crise da Ordem dos Médicos.

Opinião partilhada pelo presidente da Sociedade Portuguesa de Virologia, Paulo Paixão, que considerou que a norma em vigor foi “uma falha que devia ter sido corrigida há mais tempo” porque, “mesmo fazendo a quarentena, sem teste, não sabemos se ficaram ou não infetados, o que pode gerar novas cadeias de transmissão”.

Testes rápidos devem ser “gratuitos ou de fácil acesso”

Para o epidemiologista Manuel Carmo Gomes, um dos peritos que aconselha o Governo nas reuniões do Infarmed, citado pelo jornal Público, a “testagem é a arma principal que devemos usar e não o confinamento”.

Em declarações ao jornal, o perito explicou que, ao mesmo tempo que se continua a fazer testes de diagnóstico PCR, deve apostar-se também nos testes rápidos de antigénio, que “são mais baratos e dão resultados em poucas horas”.

Por isso, defendeu Carmo Gomes, os testes rápidos devem ser “gratuitos ou de fácil acesso” e deve ser promovida a sua utilização junto da população, “que deve ser incentivada a acorrer à testagem”.

Crítico da atuação do Governo, considerando que este tem vindo a “andar atrás da epidemia”, Manuel Carmo Gomes vai deixar de falar nas reuniões do Infarmed, mas nega que a saída esteja relacionada com o seu desacordo com o Executivo (mas, sim, para ter mais tempo para de dedicar ao trabalho na Comissão Técnica de Vacinação da DGS).

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Bilardo foi "distraído" para não saber da morte de Maradona

Carlos Bilardo continua sem saber que Diego Maradona morreu. Família tenta proteger saúde do antigo selecionador argentino. Diego Armando Maradona morreu em novembro e Carlos Bilardo continua sem saber desse falecimento. A família tenta proteger a …

Processo de envelhecimento é imparável, revela estudo

Um novo estudo, que envolveu cientistas de 14 países, confirmou que provavelmente não podemos diminuir a velocidade com que envelhecemos, devido a restrições biológicas. A pesquisa, publicada na quarta-feira na Nature Comunications, inclui especialistas da Universidade …

Inglaterra 0-0 Escócia | Nulo total no dérbi britânico

A Inglaterra empatou hoje 0-0 com a Escócia, em jogo da segunda jornada do Grupo D do Euro 2020 de futebol, e desperdiçou a oportunidade de garantir já um lugar nos oitavos de final do …

Infeção pelo coronavírus pode não garantir proteção prolongada, revela estudo

Um novo estudo britânico sugere que uma infeção pelo SARS-CoV-2 não garante que o hospedeiro desenvolva uma resposta imunitária prolongada contra o vírus, sendo a imunidade "altamente variável de pessoa para pessoa". Segundo a pesquisa do …

Ex-ministro da Bolívia planeou um segundo golpe usando mercenários dos EUA

O vazamento de gravações telefónicas e e-mails revelam que um ex-ministro da Defesa boliviano estava a preparar-se para usar tropas estrangeiras para impedir que o partido de esquerda MAS regressasse ao poder. Os documentos e registos …

Espécie rara de orquídea encontrada em telhado de banco de investimentos em Londres

Uma espécie rara de orquídea, que se acredita estar extinta no Reino Unido, foi descoberta no jardim do telhado de um banco de investimentos em Londres. Segundo o The Guardian, a Serapias parviflora, uma espécie rara …

Pintura de David Bowie comprada por três euros vai agora ser leiloada por milhares

A pintura do ícone do rock, David Bowie, deverá ser vendida por milhares de dólares num leilão de arte online. O retrato, intitulado "DHead XLVI", faz parte de um conjunto de aproximadamente 47 obras que David …

Vila Nova de Milfontes vai ter praia para cães

A praia pet friendly, que fica próxima de Furnas-Rio, vai funcionar já esta época balnear de forma experimental. Uma praia concessionada que também admite cães vai funcionar, nesta época balnear, de forma experimental, em Vila Nova …

Podia ser um quadro de Dalí, mas é só o degelo glacial na Islândia

Na Islândia, o degelo glacial criou uma paisagem deslumbrante que o fotógrafo espanhol Manuel Ismael Gómez de Almería não deixou passar em branco. Faz lembrar a arte surrealista de Salvador Dalí, mas é uma versão ampliada …

Digby, o cão dos bombeiros, ajudou a salvar uma mulher do suicídio

O cão Digby desempenhou um importante papel ao salvar uma mulher que estava a ponderar pôr fim à sua própria vida no Reino Unido. Digby é um cão terapeuta que ajuda as pessoas a lidar com …