Lista de grande devedores. Deputados de mãos atadas pelo sigilo bancário

Mário Cruz / Lusa

O governador do Banco de Portugal, Carlos Costa

Depois de um esforço hercúleo para conseguir acesso à lista dos grandes devedores da banca, os deputados veem-se agora incapacitados devido ao sigilo bancário e ao fim da legislatura.

A lista dos grandes devedores em incumprimento nos bancos que pediram ajuda pública nos últimos 12 anos foi tirada a ferros ao Banco de Portugal. Além de os deputados terem acesso completo, foi também divulgada publicamente uma versão anónima dessa lista, que apesar de não referir nomes, indica os montantes e os respetivos períodos de tempo.

Todavia, os deputados enfrentam um desafio que parece limitar a sua ação. Com a legislatura a aproximar-se do fim e com o sigilo bancário que impede a divulgação a terceiros da informação pormenorizada das três mil posições de crédito, os deputados ficam impossibilitados de debater publicamente a questão.

O sigilo bancário não inclui toda a informação e os membros da Comissão de Orçamento e Finanças delimitaram aquilo que pode ser usado para servir os objetivos de transparência. Segundo o Observador, os membros do conselho de administração em funções aquando da atribuição dos créditos, as ações tomadas para recuperar as posições financeiras e outras informações disponíveis no relatório do Banco de Portugal estão livres do segredo bancário.

O PSD propôs um debate sobre o tema “com base em informações que não violem o segredo bancário”. Isto porque senão, como explica o deputado António Leitão Amaro, “estivemos a fazer um trabalho para nada”.

O deputado social-democrata questiona ainda a utilidade do relatório divulgado pelo Banco de Portugal, já que as imparidades e provisões para os créditos não foram reveladas por razões comerciais. Estas permitiriam dar uma perceção das perdas.

No entanto, a realização do debate proposto pelo PSD é limitada pela aproximação do fim da legislatura e os deputados dos outros partidos não mostraram interesse na proposta. Assim sendo, um eventual debate só será feito na próxima legislatura, já com novos deputados.

A deputada do Bloco de Esquerda Mariana Mortágua admitiu ter ficado “perplexa”, uma vez que o Partido Social Democrata não permitiu que os nomes dos devedores fossem tornados públicos e agora insiste em fazê-lo. Ainda assim, Mortágua reitera que os nomes devem ser de conhecimento público.

Alguns deputados sugeriram mesmo a alteração da lei para que possa ser divulgada informação mais detalhada. “O PSD não mudou de ideias e acha que não é preciso mudar a lei“, atirou Leitão Amaro. “Achamos que não devemos ficar por ter recebido este relatório e nada fazer”, explicou.

ZAP //

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Os bancos surgiram para proteger o nosso ouro, bens de valor e dinheiro de ladrões. O proprietário deve ter confiança absoluta que nenhum ladrão pode ter acesso ao seu dinheiro.
    Certos governos podem ser considerados como ladrão. Não estou me a referir ao Governo de Portugal. Durante periodos de insurgencia de comunistas e socialistas como em Venezuela, USSR, países Escandinavos, é importante que o sigílio bancário é respeitado sem excepções.
    Portugal, Suiça, Singapore, Hongkong sabem a importância que o sigilio bancário tem para atrair investimentos e capital.

    • Hahahaaaaa… só pode set ironia!…
      “…importância que o sigilio bancário tem para atrair investimentos e capital.”
      Que é como quem diz, importante para esconder dinheiro roubado ou de terroristas ou criminosos em geral!…

  2. Foram os próprios deputados da Comissão de Inquérito que pediram que a lista dos grandes devedores fosse confidencial; agora o que querem. No entanto na lista de devedores ao fisco existem contribuintes que nada devem ao fisco, e, que contrariam o artigo 26º da Constituição da República Portuguesa. Esses grandes devedores pediram os empréstimos – e até se soube bem na altura, no entanto chegou a data de pagamento é que foram elas. Resultado: Pagam os contribuintes. Na minha óptica deveriam ser divulgados na íntegra os caloteiros, porque afinal nós todos andamos a “sustentar” uma cáfila de ladrões.

RESPONDER

Polícias pedem comprovativos de deslocações, mas lei não permite

As forças de segurança fizeram ações de fiscalização rodoviária para controlar a circulação nas estradas. Foram pedidos comprovativos de deslocações, embora a lei não o contemple. Com o país em estado de emergência, a quarentena é …

Bebé com menos de um ano morre de Covid-19 nos EUA

Um bebé com menos de um ano morreu, nos Estados Unidos da América (EUA), vítima de Covid-19, a doença causada pelo novo coronavírus, anunciaram as autoridades do Estado de Illinois. A doença já provocou mais de …

Até as bactérias precisam de espaço. Células esmagadas desligam a fotossíntese

Quando as bactérias ficam esmagadas, podem entrar num modo de defesa e desligar a fotossíntese, concluiu uma investigação recente, levada a cabo por cientistas da University of Colorado Boulder, nos Estados Unidos. A equipa da universidade …

Siza Vieira admite aulas por canais "estilo youtube" ou TV por cabo

O Governo está a estudar soluções que garantam que todos os alunos têm acesso aos conteúdos educativos no terceiro período, adiantou o ministro da Economia. O Governo está a estudar soluções que garantam que todos os …

Retificação ao diploma do lay-off simplificado trava despedimentos

Uma retificação ao diploma inicial do ‘lay-off’ simplificado, hoje publicada, vem acautelar que nenhum trabalhador de empresas que recorra a este apoio pode ser alvo de despedimento coletivo ou extinção de posto de trabalho. O decreto-lei …

Rocha desafia teoria da escassez de oxigénio na Terra primitiva

Uma rocha sedimentar única rica em carbono, depositada há dois mil milhões de anos, deu aos cientistas novas pistas sobre as concentrações de oxigénio na superfície da Terra nessa época. De acordo com a agência Europa Press, …

As bactérias formam comunidades na nossa língua (e uma imagem revela como)

Cientistas norte-americanos descobriram que as bactérias que vivem na nossa língua têm uma organização complexa e altamente estruturada. Os micro-organismos estão em toda a parte - até no interior da nossa boca. Um novo estudo revela …

Como sobreviver ao isolamento? Astronautas explicam

Em todo o mundo, cidades e até países inteiros estão em quarentena como forma de travar a propagação do novo coronavírus, Covid-19. Alguns astronautas deixaram conselhos sobre como sobreviver ao isolamento. Para alguns, o auto isolamento …

"Indiana Jones do mundo da arte" recupera manuscrito do poeta persa Hafez

Uma das primeiras cópias do reverenciado Divan do autor do século XIV Hafez, iluminado com ouro, será leiloado no início de abril. O famoso poeta persa do século XIV, Hafez, escreveu uma coleção de versos místicos …

O palco onde os Beatles atuaram pela primeira vez está à venda

O palco de madeira onde os Beatles atuaram pela primeira vez está à venda. Agora, alguém poderá replicar o primeiro concerto da famosa banda. A 10 de abril, em comemoração dos 50 anos da separação da …