Lista de grande devedores. Deputados de mãos atadas pelo sigilo bancário

Mário Cruz / Lusa

O governador do Banco de Portugal, Carlos Costa

Depois de um esforço hercúleo para conseguir acesso à lista dos grandes devedores da banca, os deputados veem-se agora incapacitados devido ao sigilo bancário e ao fim da legislatura.

A lista dos grandes devedores em incumprimento nos bancos que pediram ajuda pública nos últimos 12 anos foi tirada a ferros ao Banco de Portugal. Além de os deputados terem acesso completo, foi também divulgada publicamente uma versão anónima dessa lista, que apesar de não referir nomes, indica os montantes e os respetivos períodos de tempo.

Todavia, os deputados enfrentam um desafio que parece limitar a sua ação. Com a legislatura a aproximar-se do fim e com o sigilo bancário que impede a divulgação a terceiros da informação pormenorizada das três mil posições de crédito, os deputados ficam impossibilitados de debater publicamente a questão.

O sigilo bancário não inclui toda a informação e os membros da Comissão de Orçamento e Finanças delimitaram aquilo que pode ser usado para servir os objetivos de transparência. Segundo o Observador, os membros do conselho de administração em funções aquando da atribuição dos créditos, as ações tomadas para recuperar as posições financeiras e outras informações disponíveis no relatório do Banco de Portugal estão livres do segredo bancário.

O PSD propôs um debate sobre o tema “com base em informações que não violem o segredo bancário”. Isto porque senão, como explica o deputado António Leitão Amaro, “estivemos a fazer um trabalho para nada”.

O deputado social-democrata questiona ainda a utilidade do relatório divulgado pelo Banco de Portugal, já que as imparidades e provisões para os créditos não foram reveladas por razões comerciais. Estas permitiriam dar uma perceção das perdas.

No entanto, a realização do debate proposto pelo PSD é limitada pela aproximação do fim da legislatura e os deputados dos outros partidos não mostraram interesse na proposta. Assim sendo, um eventual debate só será feito na próxima legislatura, já com novos deputados.

A deputada do Bloco de Esquerda Mariana Mortágua admitiu ter ficado “perplexa”, uma vez que o Partido Social Democrata não permitiu que os nomes dos devedores fossem tornados públicos e agora insiste em fazê-lo. Ainda assim, Mortágua reitera que os nomes devem ser de conhecimento público.

Alguns deputados sugeriram mesmo a alteração da lei para que possa ser divulgada informação mais detalhada. “O PSD não mudou de ideias e acha que não é preciso mudar a lei“, atirou Leitão Amaro. “Achamos que não devemos ficar por ter recebido este relatório e nada fazer”, explicou.

ZAP //

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Os bancos surgiram para proteger o nosso ouro, bens de valor e dinheiro de ladrões. O proprietário deve ter confiança absoluta que nenhum ladrão pode ter acesso ao seu dinheiro.
    Certos governos podem ser considerados como ladrão. Não estou me a referir ao Governo de Portugal. Durante periodos de insurgencia de comunistas e socialistas como em Venezuela, USSR, países Escandinavos, é importante que o sigílio bancário é respeitado sem excepções.
    Portugal, Suiça, Singapore, Hongkong sabem a importância que o sigilio bancário tem para atrair investimentos e capital.

    • Hahahaaaaa… só pode set ironia!…
      “…importância que o sigilio bancário tem para atrair investimentos e capital.”
      Que é como quem diz, importante para esconder dinheiro roubado ou de terroristas ou criminosos em geral!…

  2. Foram os próprios deputados da Comissão de Inquérito que pediram que a lista dos grandes devedores fosse confidencial; agora o que querem. No entanto na lista de devedores ao fisco existem contribuintes que nada devem ao fisco, e, que contrariam o artigo 26º da Constituição da República Portuguesa. Esses grandes devedores pediram os empréstimos – e até se soube bem na altura, no entanto chegou a data de pagamento é que foram elas. Resultado: Pagam os contribuintes. Na minha óptica deveriam ser divulgados na íntegra os caloteiros, porque afinal nós todos andamos a “sustentar” uma cáfila de ladrões.

Responder a Eu! Cancelar resposta

"Apagaram um continente". Ativista do Uganda foi eliminada de fotografia com Greta Thunberg

Vanessa Nakate, uma ativista do Uganda, posou com outras quatro ativistas pelo clima, incluindo a sueca Greta Thunberg, para uma fotografia em Davos, na Suíça. Porém, a agência de notícias Associated Press (AP) cortou Vanessa …

PSD assegura que sem contrapartidas proposta de redução do IVA da eletricidade "não será votada"

O deputado do PSD Duarte Pacheco assegurou hoje que a proposta do partido para reduzir o IVA da eletricidade para consumo doméstico "não será votada" se não lhe estiver associada qualquer contrapartida de compensação da …

Português nos EUA queixa-se de roubo de raspadinha de 4 milhões de dólares

Imigrante pensava que o bilhete só valia quatro mil euros e alega ter sido enganado por duas mulheres. Um português imigrante em New Bedford, Estados Unidos, queixa-se em tribunal de ser vítima de um "esquema de …

Diego Miranda é o primeiro português a atuar no palco principal do Tomorrowland

Diego Miranda vai ser o primeiro DJ português a atuar no palco principal do festival de música eletrónica Tomorrowland. Este será a quinta presença consecutiva do artista. O DJ e produtor Diego Miranda vai ser o …

Bruno Fernandes assina pelo Manchester United. Sporting pode encaixar 80 milhões de euros

Bruno Fernandes assinou pelo Manchester United e viaja para Inglaterra esta quarta-feira. O Sporting recebe 55 milhões de euros a pronto, com o negócio a poder atingir os 80 milhões mediante o cumprimento de certos …

China ultrapassa a Rússia e torna-se o segundo maior vendedor de armas do mundo

A China tornou-se, em 2017, o segundo maior exportador mundial de armas, de acordo com um novo relatório do Instituto Internacional de Pesquisa para a Paz de Estocolmo (SIPRI), publicado na segunda-feira. O país ultrapassou …

Antero Henrique perto de se mudar para o Manchester United

Depois de passar pelo FC Porto e pelo Paris Saint-Germain, Antero Henrique está perto de assumir um cargo na direção desportiva do Manchester United. Antero Henrique, antigo diretor desportivo do Paris Saint-Germain, pode estar perto de …

Moedas de um e de dois cêntimos podem vir a acabar

A Comissão Europeia pretende pôr fim às moedas de um e dois cêntimos. A proposta vai ser apresentada e adotada pela comissão de Ursula von der Leyen esta quarta-feira. Esta é uma das medidas de …

PSD pretende que os próximos serviços públicos sejam criados no interior do país

O PSD pretende que o Governo localize no interior todos os serviços públicos que venha a criar, segundo uma proposta de aditamento ao Orçamento do Estado de 2020 (OE2020) entregue na segunda-feira na Assembleia da …

Ventura propõe que "Joacine seja devolvida ao seu país de origem"

Ventura não apreciou a proposta do Livre de devolver o património das ex-colónias. Numa publicação nas redes sociais sugeriu que Joacine "seja devolvida ao seu país de origem". André Ventura partilhou uma publicação nas redes sociais …