DECO processa Facebook em 1,2 mil milhões de euros

A DECO vai avançar com uma ação judicial por uso indevido de dados contra o Facebook e pede uma indemnização média de 200 euros para cada utilizador da rede social.

A notícia, avançada pelo Expresso na sua edição de hoje, indica que a DECO vai avançar com um processo em tribunal contra o Facebook com pedido de indemnização. A ação realiza-se em conjunto com mais três associações europeias, de Espanha, Bélgica e Itália.

A associação de defesa dos consumidores decidiu interpor este processo em tribunal devido às falhas de segurança dos dados pessoais que a rede social teve no caso da Cambridge Analytica, que já se previa que não acabaria tão cedo para o Facebook. A rede social admitiu que 63 mil portugueses podem ter visto os seus dados pessoais envolvidos neste caso de falha de segurança.

A DECO anuncia que o processo em tribunal irá dar entrada em breve num tribunal cível de Lisboa, sendo que a associação pede 200 euros de indemnização por utilizador. Estima-se que, em Portugal, 6,4 milhões de pessoas utilizem a rede social, por esse motivo o pedido de indemnização deverá rondar os 1,2 mil milhões de euros. O valor da indemnização pedida foi calculado com base no tempo de antiguidade dos utilizadores na rede social.

Em declarações ao semanário, a associação de defesa dos consumidores afirma que não está afastada a possibilidade de lançar novos processos contra outras empresas do grupo, como o Instagram ou o Whatsapp.

O Expresso pediu comentários oficiais ao Facebook, que afirmou “que com base na informação disponível até ao momento, não há provas de que os dados de utilizadores não americanos tenham sido partilhados com a Cambridge Analytica”.

O Facebook está no centro da polémica desde que foram reveladas práticas da empresa Cambridge Analytica, acusada de recuperar – sem autorização – os dados de 50 milhões de utilizadores do Facebook e de os ter usado com fins eleitorais na campanha presidencial de Donald Trump em 2016. Estes dados foram recolhidos sem autorização expressa dos utilizadores com recurso a uma aplicação programada para recolher o máximo de informação possível.

Essa informação foi depois utilizada para criar perfis psicológicos, de hábitos e preferência, e utilizar essa informação aglomerada e organizada para delinear estratégias políticas na campanha de Trump (e especula-se que em outras campanhas em diversos países). Agora, o Facebook confessa que o número poderá ser maior.

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Facebook está a criar (com sucesso) tecnologia capaz de ler mentes

Há cerca de dois anos, o Facebook começou a desenvolver uma tecnologia capaz de ler as mentes das pessoas. Agora, a empresa apresentou com sucesso os primeiros resultados da sua investigação. O Facebook quer disponibilizar uma …

Descobertas oito novas fontes de Explosões Rápidas de Rádio vindas do Espaço

As Explosões Rápidas de Rádio (Fast Radio Bursts, FRBs) são dos enigmas mais intrigantes da astronomia moderna. Estes sinais de rádio, por norma, duram milésimos até desaparecer, mas alguns repetem-se de forma irregular. Desde a descoberta …

Cientista americana diz estar certa de que a Terra será atingida por asteroide

https://vimeo.com/355132338 Uma cientista americana de uma ONG dedicada a proteger a Terra diz que é 100% certo que um asteroide atingirá o nosso planeta. A cientista é Danica Remy, presidente da Fundação B612. Após um asteroide não …

NASA vai mesmo explorar Europa, a lua de Júpiter que pode ter vida extraterrestre

A NASA deu luz verde a uma missão para explorar uma lua de Júpiter que é considerada um dos melhores candidatos para a vida extraterrestre. A Europa - que é um pouco mais pequena do que …

País de Gales cancela plano controverso de criar "casas de banho robô"

O objetivo da construção era impedir atividade sexual, vandalismo e dormidas nas casas de banho públicas. O projeto ia recorrer às tecnologias de piso sensível ao peso, jatos de água, sensores anti-movimento e alarmes. O conselho …

Sem saber, uma mulher viveu durante 17 anos com a sua "gémea" dentro dela

Uma jovem na Índia, sem saber, viveu com uma das condições médicas mais raras e perturbadoras durante quase duas décadas. De acordo com um relatório de caso desta semana, a mulher tinha um saco que continha …

Novo filme da saga 007 já tem nome e data de estreia marcada

O novo filme da saga 007, realizado por Cary Fukunaga chama-se "No time to die" e estreia-se no Reino Unido e nos Estados Unidos em abril de 2020. "Daniel Craig regressa como James Bond, 007 em... …

Comporta pode tornar-se na nova Ibiza (e tudo começou com a queda do BES)

Após anos de um quase esquecimento, em termos de desenvolvimento imobiliário, a Comporta está a atrair investidores internacionais que encaram a pequena vila de Setúbal como uma "nova Ibiza". Um cenário que está a preocupar …

Família de Aretha Franklin cria fundo para a investigação de cancro raro

Um ano após a morte da cantora, a família de Aretha Franklin criou um fundo de apoio à investigação na área dos tumores neuroendócrinos, a doença rara que se revelou fatal para a celebridade, a …

Sporting vai monitorizar tudo o que se diz e escreve sobre jogadores

A empresa Noisefeed tem uma enorme base de dados relativa à atividade nas redes sociais de milhares de jogadores a nível global. Os jogadores de futebol de todo o mundo usam, cada vez mais, as redes …