Daniel Bessa diz que o responsável da nossa desgraça é um banqueiro central

RTP / Flickr

O economista e ex-ministro Daniel Bessa

O economista e ex-ministro Daniel Bessa

O economista e ex-ministro da Economia Daniel Bessa afirmou no Porto que “o responsável número um da nossa desgraça é um banqueiro central”, cujo nome, porém, omitiu.

“O engenheiro Sócrates é muito responsabilizado, e não há ninguém que o responsabilize mais do que eu, mas eu vejo-o como aquele egípcio que tomou os comandos do Boeing que se precipitou sobre as Torres Gémeas”, continuou Daniel Bessa.

O economista, que fez parte de um governo do primeiro-ministro socialista António Guterres, falava no jantar-debate promovido pela Associação Portuguesa de Gestão e Engenharia Industrial (APGEI), que teve como orador convidado o governador do Banco de Portugal, Carlos Costa.

Daniel Bessa disse que “já o Boeing ia a caminho das Torres Gémeas e ele (José Sócrates), no cumprimento de um guião qualquer, sentou-se ao comando, acelerou quanto pôde e, connosco lá dentro, enfiou-se contra as Torres Gémeas“.

“É um destino, não tem nada de mal, cada um cumpre a sua função na vida e portanto ficará para a história por isso. Mas essa não é a responsabilidade maior. A responsabilidade maior é do mentor, não é do executante, e o mentor estava no Banco de Portugal“, prosseguiu Daniel Bessa, fazendo rir a assistência.

Segundo concluiu o economista, o mentor “disse que a partir da entrada no Euro, uma pequena economia aberta e financeiramente integrada, no regime de moeda única, não tem restrições financeiras. Endividar até sempre“.

Bessa referiu-se antes a Carlos Costa como sendo “um banqueiro central atípico, que pensa nas questões da economia, do desenvolvimento e do futuro”, referindo que o governador do Banco de Portugal “deu a entender” na sua conferência que “isto com consumo não é sustentável”. “O caminho, é exportar, exportar, exportar”, frisou.

PARTILHAR

10 COMENTÁRIOS

  1. Já é tempo de deixarmos de olhar para trás, de ficarmos presos lá atrás na penumbra de um passado que o presente oculta permanentemente na multitude de narrativas e procurarmos o futuro como povo e como nação. Há que definir objetivos claros daquilo que queremos, que permitam elevar o nível de bem estar, liberdade e de dignidade humana dos cidadãos deste país e lançarmos-nos a todo o vapor, sem medo, para a realização de um futuro de qualidade que nos distinga e nos orgulhe.

  2. Este anda outra vez a procura de taxo, o que foi que ele fez no Governo antes de ser corrido, nada. Só temos vira casacas neste Portugal, que tristeza

  3. O tal banqueiro,ficamos a saber é central,não é avançado.
    Não espanta porque são todos uns atrasos de vida,incluíndo o senhor Daniel Bessa.

  4. Acredito sem dúvida que cerca de 1500 figuraras públicas que comandaram este país à desgraça que temos hoje, deviam estar presos e condenados, com os “seus bens” confiscados e em alguns casos extensivel à 3ª geração. Mas enquanto houver a cobardia de esconder os nomes dos principais responsaveis e a justiça não atuar sobre estes, vamos pagar cada vez mais caro esta desgraça. Não esquecer que eles comem muito acima das possibilidades e usam a desculpa do sistema social para tentar descartar responsabilidades.

  5. este é mais um comentador que é invejoso e que gostaria de estar no lugar do tal central… é mais um daqueles que tem andado a esfolar as massas dos outros e arma-se em sério e competente e ainda por cima é invejoso!

  6. Iiiiiiiiiiiiiii ahahahah mas quemserá, mas quem será o PAI da CRIANÇAaaaa–O SALGADINHO–O que foi para o BanCO CENTRAL EUROPEU–ooo aiai são tantos.as iiiiiiirissssssssssssss, mamamiaaa isto é que esta uma trafulhiçe, enfizes………….

  7. É do c… qualquer candidato a político na mais indistinta aldeia de Portugal só tem um fim em vista: locupletar-se e enriquecer com os dinheiros públicos e ter estatuto social. Se virem os cartazes que por aí andam de putativos candidatos autarcas é de mijar a rir. E quando eles e as “companheiras” começam a trocar os “v” pelos “b” e vice-versa? – Fujam se puderem; se não puderem vão lá levar um pão-de-ló, pela simples razão de que essa escumalha e arremedo de gente humana tem “bufos” por todos os buracos e vielas e fazem a vida negra a quem não é do sistema e não votar neles, caso ganhem. É a “democratura” à portuguesa, é o que merecemos…

Dez anos depois, Naide Gomes vai receber medalha de bronze dos Mundiais

A antiga atleta portuguesa Naide Gomes vai receber, nos Mundiais de atletismo, em Doha, a medalha de bronze referente à prova de salto em comprimento dos Mundiais de 2009, que se disputaram em Berlim. A antiga …

Filho de José Eduardo dos Santos começa a ser julgado a 25 de setembro

O ex-presidente do Fundo Soberano de Angola José Filomeno dos Santos vai começar a ser julgado a 25 de setembro. "Zenu" é acusado de branqueamento de capitais e peculato. José Filomeno dos Santos, antigo presidente do …

Opções de Bruno Lage criticadas. "Não faz sentido estrear jovens"

Na sequência da derrota caseira com o RB Leipzig, em jogo da primeira jornada da Liga dos Campeões, o empresário Bruno Costa Carvalho criticou as opções do treinador benfiquista. "Não faz sentido o Lage, a quem …

Associações querem maior acesso a medicamentos inovadores para esclerose múltipla

Associações representativas dos cidadãos com esclerose múltipla divulgaram esta quinta-feira uma carta aberta em que defendem um maior acesso a medicamentos inovadores e que cada doente tenha um plano integrado de gestão da doença. Na carta …

Conceição sobre Nakajima: "Não basta ter contrato com o FC Porto, é preciso senti-lo"

Na antevisão ao jogo com o Young Boys para a Liga Europa, que acontece esta quinta-feira no Estádio do Dragão, o treinador tentou pôr um ponto final na polémica com o jogador japonês. Depois da vitória …

Arábia Saudita diz que ataque foi "inquestionavelmente patrocinado pelo Irão"

O Ministério da Defesa da Arábia Saudita defende que o ataque a duas instalações petrolíferas no sábado foi "inquestionavelmente patrocinado pelo Irão". As tensões começam a escalar no Médio Oriente, principalmente após o ataque de sábado …

Elisa Ferreira vai tutelar fundos distribuídos pelo marido. PE reunido para analisar "conflito de interesses"

A comissária portuguesa vai gerir a pasta que integra os fundos distribuídos pelo marido, presidente da CCDRN. Eurodeputados falam em conflito de interesses. A Comissão de Assuntos Jurídicos do Parlamento Europeu (PE) está reunida em Estrasburgo, …

​ERSE diz que "não tem capacidade" para analisar preço dos combustíveis

A Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE) admitiu que não tem capacidade para analisar o preço dos combustíveis, afirmou a presidente do regulador, Cristina Portugal, em entrevista ao programa Hora da Verdade, da Renascença e …

Autarca de Amarante nega ter participado em viagem à Turquia

A Câmara de Amarante informou hoje que "nenhum autarca" do município participou numa viagem à Turquia, paga por uma empresa investigada pelo Ministério Público (MP). Em comunicado enviado ao ZAP, a câmara refere que o presidente …

Primeiros humanos talhavam elefantes com ferramenta de 5 centímetros

Retirar o máximo de carne possível de uma carcaça era algo importante há milhares de anos atrás. Para um melhor aproveitamento, eram usadas lâminas de apenas cinco centímetros, que os arqueólogos ignoraram até agora. Normalmente, ao …