Daniel Bessa diz que o responsável da nossa desgraça é um banqueiro central

RTP / Flickr

O economista e ex-ministro Daniel Bessa

O economista e ex-ministro Daniel Bessa

O economista e ex-ministro da Economia Daniel Bessa afirmou no Porto que “o responsável número um da nossa desgraça é um banqueiro central”, cujo nome, porém, omitiu.

“O engenheiro Sócrates é muito responsabilizado, e não há ninguém que o responsabilize mais do que eu, mas eu vejo-o como aquele egípcio que tomou os comandos do Boeing que se precipitou sobre as Torres Gémeas”, continuou Daniel Bessa.

O economista, que fez parte de um governo do primeiro-ministro socialista António Guterres, falava no jantar-debate promovido pela Associação Portuguesa de Gestão e Engenharia Industrial (APGEI), que teve como orador convidado o governador do Banco de Portugal, Carlos Costa.

Daniel Bessa disse que “já o Boeing ia a caminho das Torres Gémeas e ele (José Sócrates), no cumprimento de um guião qualquer, sentou-se ao comando, acelerou quanto pôde e, connosco lá dentro, enfiou-se contra as Torres Gémeas“.

“É um destino, não tem nada de mal, cada um cumpre a sua função na vida e portanto ficará para a história por isso. Mas essa não é a responsabilidade maior. A responsabilidade maior é do mentor, não é do executante, e o mentor estava no Banco de Portugal“, prosseguiu Daniel Bessa, fazendo rir a assistência.

Segundo concluiu o economista, o mentor “disse que a partir da entrada no Euro, uma pequena economia aberta e financeiramente integrada, no regime de moeda única, não tem restrições financeiras. Endividar até sempre“.

Bessa referiu-se antes a Carlos Costa como sendo “um banqueiro central atípico, que pensa nas questões da economia, do desenvolvimento e do futuro”, referindo que o governador do Banco de Portugal “deu a entender” na sua conferência que “isto com consumo não é sustentável”. “O caminho, é exportar, exportar, exportar”, frisou.

PARTILHAR

10 COMENTÁRIOS

  1. Já é tempo de deixarmos de olhar para trás, de ficarmos presos lá atrás na penumbra de um passado que o presente oculta permanentemente na multitude de narrativas e procurarmos o futuro como povo e como nação. Há que definir objetivos claros daquilo que queremos, que permitam elevar o nível de bem estar, liberdade e de dignidade humana dos cidadãos deste país e lançarmos-nos a todo o vapor, sem medo, para a realização de um futuro de qualidade que nos distinga e nos orgulhe.

  2. Este anda outra vez a procura de taxo, o que foi que ele fez no Governo antes de ser corrido, nada. Só temos vira casacas neste Portugal, que tristeza

  3. O tal banqueiro,ficamos a saber é central,não é avançado.
    Não espanta porque são todos uns atrasos de vida,incluíndo o senhor Daniel Bessa.

  4. Acredito sem dúvida que cerca de 1500 figuraras públicas que comandaram este país à desgraça que temos hoje, deviam estar presos e condenados, com os “seus bens” confiscados e em alguns casos extensivel à 3ª geração. Mas enquanto houver a cobardia de esconder os nomes dos principais responsaveis e a justiça não atuar sobre estes, vamos pagar cada vez mais caro esta desgraça. Não esquecer que eles comem muito acima das possibilidades e usam a desculpa do sistema social para tentar descartar responsabilidades.

  5. este é mais um comentador que é invejoso e que gostaria de estar no lugar do tal central… é mais um daqueles que tem andado a esfolar as massas dos outros e arma-se em sério e competente e ainda por cima é invejoso!

  6. Iiiiiiiiiiiiiii ahahahah mas quemserá, mas quem será o PAI da CRIANÇAaaaa–O SALGADINHO–O que foi para o BanCO CENTRAL EUROPEU–ooo aiai são tantos.as iiiiiiirissssssssssssss, mamamiaaa isto é que esta uma trafulhiçe, enfizes………….

  7. É do c… qualquer candidato a político na mais indistinta aldeia de Portugal só tem um fim em vista: locupletar-se e enriquecer com os dinheiros públicos e ter estatuto social. Se virem os cartazes que por aí andam de putativos candidatos autarcas é de mijar a rir. E quando eles e as “companheiras” começam a trocar os “v” pelos “b” e vice-versa? – Fujam se puderem; se não puderem vão lá levar um pão-de-ló, pela simples razão de que essa escumalha e arremedo de gente humana tem “bufos” por todos os buracos e vielas e fazem a vida negra a quem não é do sistema e não votar neles, caso ganhem. É a “democratura” à portuguesa, é o que merecemos…

RESPONDER

"População não interiorizou a gravidade da situação". Depois de Siza, Cabrita aponta o dedo aos portugueses

Num relatório sobre a aplicação do decreto do estado de emergência na segunda quinzena de janeiro, Eduardo Cabrita justifica o fecho das escolas e o fim das vendas ao postigo, culpando a população pelas decisões …

Esta época há menos 500 clubes. "É o drama absoluto", diz presidente da FPF

Esta época há menos 500 clubes em comparação com a temporada transata. O presidente da FPF, Fernando Gomes, classifica a situação de "drama absoluto". A pandemia de covid-19 e a consequente interrupção das competições foi um …

Psicólogos no recrutamento e mudanças na formação. IGAI quer acabar com discriminação na polícia

A Inspeção-Geral da Administração Interna (IGAI) quer envolver psicólogos no processo de recrutamento de novos polícias e rever os currículos de formação para acabar com práticas discriminatórias nas forças de segurança. As alterações no processo de …

Coleção de joias da era Viking é encontrada na Ilha de Man. É "excecionalmente rara"

Uma coleção de joias da era Viking foi encontrada na Ilha de Man, entre Inglaterra e a Irlanda, em novembro de 2020 e foi agora classificada como tesouro. Os especialistas acreditam que os artefactos, descobertos …

“As brasileiras são mercadoria". Professor da UP suspenso por comentários machistas e xenófobos nas aulas

Após uma denúncia que reuniu assinaturas de mais de uma centena de alunas, o professor auxiliar Pedro Cosme da Costa Vieira foi suspenso pelo período máximo de 90 dias, da Faculdade de Economia da Universidade …

Houve buzinão na Luz (mas sem "carinho"). Jesus culpa covid-19 pela crise do Benfica

Algumas dezenas de adeptos protestaram junto ao Estádio da Luz com um buzinão, entre gritos de "Rua Vieira" devido aos maus resultados do Benfica. Antes disso, Jorge Jesus tinha apelado a um "buzinão de carinho" …

Marcelo remete diretamente para o Governo limites ao ruído nos prédios

O chefe de Estado incluiu o detalhe "decreto-lei do Governo", no novo decreto para a renovação do estado de emergência, para permitir que o Executivo limite o ruído nos prédios. No último decreto que executou o …

Clubes ingleses decidiram: não há público, acabou a época

Decisão não afeta a Premier League mas antecipa o final de quatro divisões do futebol inglês. Na época passada os campeonatos também não chegaram ao fim. Muitos dos campeonatos não-profissionais (em várias modalidades) estão parados, não …

Cães podem ter consciência corporal tal como os humanos

Os cães podem não ser capazes de se reconhecer em frente a um espelho, mas isso não significa que não tenham um certo nível de autoconsciência. De acordo com o site Science Alert, um novo estudo …

Moratórias de crédito à habitação terminam a 31 em Março. Famílias terão de procurar opções

Todas as moratória públicas para o crédito à habitação terminam a 30 de Setembro, mas a dos bancos expira já no próximo mês. Uma das soluções para quem não consegue cumprir os pagamentos é a …