Morreu mais um bebé filho de seguidores da “cura pela oração”

A polícia de Clackamas, no Oregon, Estados Unidos, está a investigar a morte de uma criança, filha de dois seguidores da Igreja de Cristo, que rejeitam qualquer tratamento médico.

Segundo uma fonte da polícia local, no passado dia 5 de março, Sara Mitchell deu à luz em casa dos pais duas crianças gémeas. Algumas horas mais tarde, a mais nova das recém-nascidas teve complicações respiratórias e acabou por falecer.

Na altura, encontravam-se na casa diversos familiares das duas crianças e membros da congregação local da Igreja de Cristo. De acordo com Dan Craus, investigador da polícia de Clackamas, “ninguém ligou para o 911“, o número de emergência nos EUA.

Os membros da Igreja de Cristo acreditam exclusivamente na cura pela oração, rejeitando qualquer intervenção da ciência ou qualquer cuidado médico no tratamento dos fiéis que se encontrem com algum tipo de enfermidade.

Em 2011, Dale e Shannon Hickman foram condenados por homicídio e sentenciados a seis anos de prisão, após a morte de um filho por falta de tratamento médico, duas horas após o nascimento.

Sarah Mitchell e Shannon Hickman são irmãs.

Segundo a KGW, rádio local afiliada da ABC, após a morte da filha dos Mitchell, o pastor da congregação, Carl Hansen, chamou o médico legista local, que determinou que a menina mais velha necessitava de cuidados médicos imediatos, e chamou a polícia.

As autoridades conseguiram então persuadir Travos e Sarah Mitchell a procurar ajuda médica para a criança, que nasceu prematura, e que está agora na Unidade Neonatal de Cuidados Intensivos do hospital da Universidade de Ciência e Saúde do Oregon.

O medico legista irá agora analisar a causa da morte da menina mais nova, e o caso foi entregue às entidades judiciais do Condado. Nenhuma acusação foi formalizada até agora.

ZAP // KGW

 

PARTILHAR

9 COMENTÁRIOS

  1. Não foi a cura pela oração que matou o bebé… Foi a rejeição dos tratamentos médicos!… Título da notícia mentiroso e enganador!!!!…

    • Caro Gonçalo Núrias,
      O título está correcto. A “cura pela oração” (não “a oração”) é precisamente a rejeição de tratamento médico.
      Quando quiser comentar no ZAP, abstenha-se de o fazer de forma injuriosa.

  2. A “cura pela oração” não mata!!!!!!! O artigo original que o ZAP se deu ao trabalho de traduzir com a sua interpretação pessoal não tem o título enganador e “click bait” como o vosso! Quem escreveu esta tradução merece um prémio pelo título mas prémio maior vai para quem respondeu a um leitor da forma como o fez! Haja decência e respeito pelos leitores ZAP!!!!!!!!!

  3. O que acontece precisamente com estas novas religiões que vão surgindo é o mesmo que legalizar certas práticas homossexuais e coisas idênticas, depois de um momento para o outro vemos que o mundo começa a tentar caminhar do avesso, em vez de se combater o mal pela raiz aceita-se em nome da liberdade e quando damos por ela percebemos que estamos todos de braços atados.

  4. A Cura pela Oração é possível, e todos os dias existem imensas pessoas que são curadas pela oração, mas isto acontece quando a pessoa tem fé que isso é possível, isto é, não pode ser obrigada a dar esse passo. Todas as Igrejas que se dizem Cristãs têm de obedecer e seguir na íntegra um “manual” chamado Bíblia, logo, é de todo conveniente que as pessoas a leiam muito bem para saberem se a Igreja onde andam faz as coisas da forma certa, pois Deus quer sempre ajudar todas as pessoas, agora depende se elas acreditam nisso ou não, porque Ele não obriga ninguém a fazer nada, sendo assim, se tem fé em Deus excelente, se tem dúvidas, ou aprende a aumentar a sua fé ou vai ao médico. Tenham um bom dia.

RESPONDER

Bruno Tabata assina contrato de cinco anos com o Sporting

O extremo brasileiro, que alinhava no Portimonense, assinou um contrato de cinco temporadas com o Sporting, com uma cláusula de rescisão de 60 milhões de euros. O Sporting não refere, no comunicado, o valor da transferência …

Príncipe germânico foi enterrado com seis mulheres em redor de um caldeirão

Um cemitério pertencente a um senhor de alto estatuto foi descoberto na Saxónia-Anhalt, perto de Brücken-Hackpfüffel, numa escavação que os arqueólogos estão a descrever como a mais importante dos últimos 40 anos da história da …

Entre interrupções e insultos, Biden chama palhaço a Trump (e este põe em causa a sua sanidade mental)

Aconteceu ontem o primeiro de três debates, nos quais os candidatos republicano e democrata à Casa Branca - Donald Trump e Joe Biden - têm oportunidade de apresentar aos eleitores norte-americanos as suas propostas para …

Europa alarga restrições. Alemanha limita festas, Eslováquia em emergência e Itália não facilita

Os país europeus estão a anunciar novas medidas restritivas contra a covid-19, num altura em que o número de infeções voltou a aumentar e o inverno está a chegar. De acodo com o Diário de Notícias, …

Jogos da seleção com Espanha e Suécia vão ter adeptos nas bancadas

Os próximos jogos da seleção portuguesa frente à Espanha e à Suécia, no estádio Alvalade XXI, foram autorizados a receber público, revelou, esta terça-feira, a Federação Portuguesa de Futebol (FPF). "No jogo de preparação entre as …

Santos Silva rejeita apoio a Ana Gomes (e diz que polémica com embaixador dos EUA foi ultrapassada)

Augusto Santos Silva, ministro dos Negócios Estrangeiros, falou, em entrevista à TVI24 esta terça-feira, sobre a aprovação do Orçamento de Estado para 2021 e as eleições presidenciais e desvalorizou a polémica com o embaixador …

Santa Clara-Gil Vicente vai ser o primeiro jogo da I Liga com público

O jogo entre o Santa Clara e o Gil Vicente, da terceira jornada da I Liga, vai ter uma assistência de mil pessoas, sendo o primeiro jogo profissional da época a ter público no estádio …

Uma rara "anomalia climática" agravou a 1.ª Guerra e a gripe espanhola

Uma equipa de cientistas descobriu uma anomalia climática que ocorre uma vez em cada 100 anos durante a I Guerra Mundial, que provavelmente aumentou a mortalidade durante a guerra e a pandemia de gripe nos …

Marcelo defende que "ninguém lhe perdoaria" se permitisse agora uma crise política

O Presidente da República defende que "ninguém lhe perdoaria" se permitisse a criação de condições para uma crise política no atual contexto de crise sanitária e consequente crise económica. Marcelo Rebelo de Sousa defendeu esta …

"Cada qual no seu lugar". Jerónimo avisa Marcelo que “tudo tem limites” nos poderes presidenciais

O secretário-geral do PCP avisou Marcelo Rebelo de Sousa que “tudo tem limites” quanto aos poderes presidenciais, face aos sucessivos apelos para a viabilização do Orçamento do Estado de 2021 pela esquerda ou pelo PSD. “Cada …