Autarca de Pedrógão Grande critica “péssima investigação” sobre reconstrução de casas

Rui Miguel Pedrosa / Lusa

O presidente da Câmara de Pedrógão Grande, Valdemar Alves.

O presidente da Câmara de Pedrógão Grande acusou o Ministério Público e a Polícia Judiciária de terem feito uma “péssima investigação” no processo sobre a reconstrução das casas, cujo julgamento se iniciou esta segunda-feira.

“[As acusações] não são fundamentadas. Foi uma péssima investigação feita pelo Ministério Público e pela Polícia Judiciária. Aliás, o tribunal vai ter ocasião de observar isso. Mantenho que não houve irregularidades”, disse Valdemar Alves, antes do início da sessão do julgamento, que decorreu hoje no Auditório Municipal de Pombal, devido ao número elevado de participantes no contexto da pandemia da covid-19.

Sublinhando que se mantém de “consciência tranquila”, o autarca lamentou que “as pessoas que ficaram sem as suas casas estejam agora aqui como arguidas”.

O início do julgamento do processo sobre a reconstrução das casas de Pedrógão Grande que arderam no incêndio de 2017 começa esta segunda-feira no Auditório Municipal de Pombal, após pedido de prorrogação de prazo por parte da defesa.

O julgamento realiza-se em Pombal, no distrito de Leiria, tendo em conta o número de arguidos e respetivos defensores e não seria possível garantir o distanciamento entre todos na sala principal do Tribunal Judicial de Leiria.

No processo estão acusadas 28 pessoas, das quais três pediram a abertura de instrução.

Em março, a juíza de Instrução do Tribunal de Leiria deliberou levar a julgamento o presidente da Câmara de Pedrógão Grande, Valdemar Alves, acusado de vários crimes no processo de reconstrução das casas.

Além de Valdemar Alves, também pediram a abertura da instrução o ex-vereador Bruno Gomes e o construtor civil João Paiva. Todos vão ser julgados em tribunal coletivo.

Valdemar Alves e Bruno Gomes vão responder por 20 crimes de prevaricação de titular de cargo político, 20 crimes de falsificação de documento e 20 crimes de burla qualificada, os mesmos crimes de que estavam indiciados na acusação do Ministério Público (MP).

Já João Paiva está acusado de um crime de burla qualificada e outro de falsificação de documentos.

Lusa // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Enquanto clubes pedem desculpa, Florentino contra-ataca e não desiste da Superliga

O presidente do Real Madrid e da Superliga, Florentino Pérez, manifestou-se na quarta-feira "triste e dececionado" com a suspensão da nova competição europeia de futebol, mas também "surpreendido" com a campanha orquestrada pelo presidente da …

Governo estuda compra de mais vacinas de ARN mensageiro para evitar atrasos

As autoridades de saúde portuguesas estão a estudar a compra de mais vacinas de ARN mensageiro, que até agora não têm revelado efeitos secundários tão graves como a vacina da AstraZeneca e da Johnson & …

O bumerangue pode ter tido mais do que uma função

Investigadores sugerem que o bumerangue pode ter tido mais do que uma função para os australianos aborígenes, como por exemplo moldar ferramentas de pedra. A análise microscópica da superfície de mais de 100 bumerangues de madeira …

Ministério Público e defesa de Sócrates concordam: Ivo Rosa fez uma alteração ilegal à acusação

O Ministério Público (MP) e a defesa de José Sócrates já pediram a nulidade da decisão instrutória do juiz Ivo Rosa no processo judicial da Operação Marquês. Os dois requerimentos defendem que o juiz fez …

Depois da Superliga Europeia, pode chegar agora a Superliga Britânica

Depois de os planos de uma Superliga Europeia terem aparentemente caído por terra, os clubes ingleses preparam uma "Superliga Britânica", que poderá trazer o Celtic e o Rangers para a Premier League. Os planos de uma …

Parlamento admite repensar fim do dia de reflexão. Iniciativa Liberal vai forçar partidos a decidir já

A proposta da Iniciativa Liberal para acabar com o dia de reflexão no sábado que antecede o dia das eleições pode, para já, ficar à espera de uma decisão da Assembleia da República. Esta quarta-feira, na …

O café está sob ameaça das alterações climáticas — mas uma espécie selvagem pode salvá-lo

As plantações de café a nível mundial estão sob ameaça das alterações climáticas. Uma espécie selvagem redescoberta por cientistas pode salvar a bebida favorita de milhões. O mundo adora café. Mais precisamente, adora café arábica. Do …

PS avança com proposta e elogia contributo dos juízes (depois de o Governo o ter rejeitado)

O Governo não acolheu contributos da Associação Sindical dos Juízes por ter dúvidas de "pertinência". Agora, António Costa elogia o contributo e o PS anuncia que vai apresentar um projeto de lei. Os socialistas admitem agora …

Mourinho: oito anos, quatro despedimentos, um campeonato

Treinador português brilhou ao longo da primeira década da sua carreira. Mas a segunda década, desde que rumou a Madrid, está longe de ser a melhor do mundo. Foi afastado novamente de uma equipa, desta …

Atrasos nas vacinas. União Europeia prepara-se para colocar AstraZeneca em tribunal

A Comissão Europeia está a preparar-se para iniciar um processo judicial contra a fabricante de vacinas AstraZeneca, de acordo com cinco diplomatas da União Europeia (UE). A informação é avançada esta quinta-feira pelo jornal Politico, que …