Peritos revelam critérios para desconfinar. Escolas e restaurantes devem reabrir após a Páscoa

José Sena Goulão / Lusa

A ministra da Saúde, Marta Temido, momentos antes da sessão de apresentação “Situação epidemiológica da Covid-19 em Portugal”, na sede do Infarmed

Presidente da República e Governo ouviram, nesta segunda-feira, as explicações dos especialistas sobre a situação da covid-19 em Portugal. Na reunião no Infarmed, foram apresentados os critérios para o plano de desconfinamento.

Os especialistas que têm aconselhado o Governo na gestão da pandemia deixaram, na reunião desta segunda-feira, boas notícias quanto à evolução da situação em Portugal. A transmissão de covid-19 está a perder força e o nosso país tem o Rt, ou seja, o índice de transmissibilidade, mais baixo da Europa neste momento.

Apesar disso, o plano de desconfinamento que o Governo vai aprovar na próxima quinta-feira, 11 de Março, em Conselho de Ministros, deverá ser cauteloso, até porque é preciso uma “atenção redobrada” à possível chegada de novas variantes ao país com o desconfinamento, como tratou de salientar João Paulo Gomes do Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge (INSA).



O Governo já definiu um plano provisório que passará pela reabertura de Escolas e restaurantes só depois da Páscoa.

No caso das escolas, a 5 de Abril devem regressar aos estabelecimentos de ensino as crianças até aos 12 anos e, em Maio, deverão voltar os restantes alunos do Secundário, como avança o Correio da Manhã (CM).

O jornal também avança que o comércio de rua pode já começar a funcionar em meados de Março, enquanto cabeleireiros e barbeiros ainda se devem manter fechados neste mês por serem contextos de risco mais elevados.

O que é certo é que o Governo vai “resistir às pressões para evitar decisões precipitadas”, aponta o mesmo diário.

País deve atingir critérios para desconfinar a 15 de Março

Durante a reunião do Infarmed, o especialista Baltazar Nunes, do INSA, referiu que uma taxa de incidência “abaixo dos 60 casos por cada 100 mil habitantes” deverá ser um dos critérios a levar em conta para o desconfinamento.

Outro valor apontado pelo perito é a taxa de ocupação em Cuidados Intensivos (UCI) que, segundo ele, deve ser “inferior a 85% das camas abertas depois de Março de 2020”.

Baltazar Nunes também revelou que a estimativa é de que se atinjam os 240 internados em UCI já a meio de Março e as 120 camas ocupadas no fim do mês.

Os especialistas têm apontado como linha vermelha um máximo de 242 camas ocupadas em UCI como o patamar passível de ser gerido pelo Serviço Nacional de Saúde (SNS).

Quanto à incidência de casos, Baltazar Nunes refere que a expectativa é de que a 15 de Março possamos ficar “muito perto dos 60 casos por 100 mil habitantes”.

O especialista repara que a tendência de transmissão do vírus “é decrescente” e prevê que, a meio do mês, também estejamos perto da taxa de ocupação “desejada” em UCI.

Desconfinar por níveis

Os especialistas ouvidos pelo Governo e por Marcelo Rebelo de Sousa propõem vários níveis de risco como ponto de partida para a tomada de decisões.

Assim, Óscar Felgueiras, professor da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto, apresentou os seguintes níveis de risco: risco elevado (240 casos por 100 mil habitantes), risco alto (120 casos por 100 mil), risco médio (60 casos por 100 mil), risco baixo (30 casos por 100 mil) e risco muito baixo (0 casos por 100 mil habitantes).

Já a pneumologista Raquel Duarte, da Administração Regional de Saúde do Norte, revelou que o “total recolher obrigatório deve manter-se até ao nível 2 de risco.

Mas no comércio e retalho, já se vão permitir as vendas ao postigo no nível 4, embora com restrição de horários. Só no nível 3 poderão reabrir com a manutenção de medidas de protecção.

Na restauração, a partir do nível 3 já poderá haver abertura de esplanadas, mas com limitação máximna de 4 pessoas por mesa.

A partir do nível 3 já se vão permitir convívios com até 6 pessoas que integrem o mesmo círculo familiar e social indo ao encontro do “conceito de bolha” e com uso de máscaras.

Nas escolas, o pré-escolar vai abrir em primeiro lugar, seguindo-se os primeiro e segundo ciclos duas semanas depois.

O desconfinamento escolar deve ser feito com a manutenção do distanciamento social, o uso obrigatório de máscara, o desfasamento de horários e a higienização de espaços, como já vinha sendo comum.

A especialista sublinhou que os jardins de infância têm um “baixo risco de desrespeito pelas regras” e um “médio risco de impacto económico”, mas têm “altíssimo impacto social e mental”.

No caso do comércio de retalho, Raquel Duarte realçou que há “um baixo risco de desrespeito pelas regras, um potencial de aglomeração alto e de mobilidade territorial significativo”, mas também um “grande impacto económico, mas baixo impacto social ou mental”.

Portugal tem o Rt mais baixo da Europa

Durante a sua intervenção na reunião do Infarmed, o responsável pelo departamento de estatística da Direção-Geral da Saúde (DGS), André Peralta Santos, salientou a tendência de descida da incidência do vírus, com 141 casos por 100 mil habitantes em 14 dias.

Apenas Lisboa e alguns concelhos do Alentejo têm números superiores relativamente ao resto do país.

O Rt está em 0,74 nos últimos cinco dias, o que constitui o valor mais baixo da Europa neste momento.

No encontro, vincou-se ainda que a população com mais de 80 anos continua a ser a mais afectada pelas infecções e pelos internamentos. Mas em UCI, o grupo etário com maior número de casos é dos 60 aos 69 anos.

Quanto a variantes do vírus, Portugal tem, nesta altura, 65% de presença da estirpe britânica. “Apesar de ter havido uma estabilização de crescimento de 10% por semana, na última semana houve crescimento mais acentuado de 20%” da variante britânica, reforçou João Paulo Gomes do INSA.

Governo mostra plano aos parceiros sociais

Entretanto, o Governo convocou as confederações sindicais e patronais para uma reunião de concertação social extraordinária nesta quarta-feira, para lhes apresentar o plano de desconfinamento.

Esta reunião extraordinária da Comissão Permanente de Concertação Social (CPCS) vai realizar-se durante a manhã e por video-conferência, como tem sido habitual no último ano devido aos constrangimentos sanitários causados pela pandemia de Covid-19.

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

8 COMENTÁRIOS

  1. Esqueçam lá o R e o X
    A única forma de contextualizar o que se passa , fazer-se justiça e dividirem o sacrifício pedido, é estarem TODOS na mesma situação que os gestores PME

    TODOS sem ordenado desde Março 2020.

    É fácil para os senhores netflix com ordenado a 100% estarem só de olho no R

    Queria ver se tivessem todos a passar fome, se não iam dar valor a outras coisas que este foco psicótico nas estatísticas.

    O que o governo está a fazer á apropriação direta e vergonhosa.

  2. Vamos levar os casos ate zero!.. força vamos arrebentar com a economia toda, mas vamos conseguir!..
    Depois abrimos e vem os turistas, e emigrantes e numa semana ficamos outra vez descontrolados!

  3. O curioso é que quem dita as regras são os Senhores que têm o ordenado garantido ao fim do mês e por isso podem manter tudo fechado eternamente ,(excepção dos que lhes fornecem os bens essenciais claro!!!).Assim é fácil opinar quando se não é afetado pelas restrições

  4. Todos opinam contra o confinamento, eu sei que quem paga sempre são os pobres os trabalhadores os que nada teem mas também esses estão a pagar com os famíliares que morreram no meu caso já lá vão dois e mais uns quantos colegas de trabalho. Triste muito triste.

RESPONDER

Instagram testa opção que permite ocultar ou mostrar o número de likes

O Instagram vai começar a testar uma nova opção que dá aos seus utilizadores a possibilidade de esconder os likes recebidos nas publicações. Em 2019, a empresa começou por forçar esta mudança, aplicando-a a alguns utilizadores …

Atlético de Madrid: o que aconteceu a João Félix e companhia?

Equipa de Diego Simeone tinha vantagem confortável sobre os dois maiores rivais e, em pouco tempo, só ganhou metade dos pontos que poderia ter ganhado. Ainda lidera mas tem três adversários muito perto. Em Portugal, no …

EUA impõe novas sanções e expulsam dez diplomatas russos. Moscovo promete resposta “inevitável”

O Governo dos EUA anunciou hoje novas sanções financeiras contra a Rússia e a expulsão de 10 diplomatas russos, em resposta a recentes ataques cibernéticos e à interferência na eleição presidencial de 2020 atribuída a …

Rede 5G pode transmitir energia elétrica e substituir baterias

Os investigadores descobriram uma maneira inovadora de explorar a capacidade das redes 5G, transformando-as numa “rede elétrica sem fios” de modo a alimentar dispositivos de Internet das Coisas (IoT) que precisam de baterias para funcionar. Os …

Itália vai enviar réplica de David de Michelangelo para o Dubai

No final de abril, Itália vai enviar uma réplica em tamanho real do famoso David de Michelangelo, feita com impressoras 3D, para a Exposição Universal do Dubai, que se irá realizar de 1 de outubro …

China pede a membro do Governo japonês que beba água de Fukushima

O Japão garante que a água de Fukushima que vai despejar no Pacífico não representa nenhum perigo para a saúde e pode até ser consumida. Para o provar a China pediu a um oficial japonês …

Emirados Árabes Unidos anunciaram a primeira mulher astronauta da história do país

Nora Al-Matrooshi é a primeira mulher astronauta dos Emirados. A contratação é vista como um marco histórico para os Emirados Árabes Unidos. Nora foi escolhida para o programa Sheik Mohammed. Os Emirados Árabes Unidos contrataram a …

Investigação sobre cultivo de células humanas em macacos é "mais um passo" para compreender doenças

Investigadores de instituições chinesas e norte-americanas conseguiram integrar células humanas em embriões de macacos, um avanço na pesquisa biomédica sobre determinadas doenças e transplante de órgãos, defende um estudo hoje divulgado. "Um objetivo importante da biologia …

Elisa Ferreira considera que Portugal está a ser "bem-sucedido" na Presidência da UE

A comissária europeia Elisa Ferreira considera que a presidência portuguesa do Conselho da UE está a ser “reconhecidamente bem-sucedida”, ao conseguir fazer avançar dossiês num contexto particularmente difícil, ainda “em plena crise” de covid-19. Em entrevista …

Suspeitas de efeitos secundários das vacinas na UE representam 0,3%

De acordo com os dados da plataforma europeia de vigilância de reações adversas, até terça-feira tinham sido notificadas 163.582 suspeitas de efeitos secundários da vacina da AstraZeneca (Vaxzevria), 106.375 da Pfizer, 14.235 da Moderna e …