Criatura cega que enterra a cabeça na areia batizada em honra de Donald Trump

Um recém-descoberto anfíbio cego foi batizado oficialmente Dermophis donaldtrumpi, em honra da negação às alterações climáticas de Donald Trump.

O nome foi escolhido pelo diretor da EnviroBuild, uma empresa sustentável de materiais de construção. O direito a escolher o nome do animal agora descoberto foi vendido em leilão e o chefe da empresa pagou 25 mil dólares por ele.

A pequena criatura, uma cecília (ou cobra-cega), sem pernas foi encontrada no Panamá e Aidan Bell, responsável da EnviroBuild citado pelo The Guardian  disse que a sua capacidade de enterrar a cabeça na terra combinava com a abordagem de Donald Trump ao aquecimento global.

“É o nome perfeito”, diz Aidan Bell. “Cecília vem do latim cecus, que significa cego, o que reflete perfeitamente a visão estratégica que o Presidente Donald Trump tem constantemente demonstrado em relação às alterações climáticas”.

O anfíbio é particular suscetível aos impactos do aquecimento global e está, por isso, em risco de extinção, adianta a Rainforest Trust, que leiloou o direito a batizar o animal.

As mudanças climáticas já estão a prejudicar a vida dos americanos, desde incêndios a inundações, e vai piorar, de acordo com o relatório do governo dos EUA publicado em novembro. A resposta de Trump ao relatório foi: “Eu não acredito nisso”.

Trump tem sustentado durante muito tempo que desconfia do consenso de quase todos os cientistas sobre a relação entre a atividade humana e o aumento da temperatura, assim como com outros fenómenos prejudiciais atribuídos à mudança climática.

Desde que assumiu a presidência, em 2016, Trump retirou os EUA do acordo climático de Paris para tentar reduzir as temperaturas globais e voltou atrás numa série de leis e regulamentos sobre proteção ambiental, alegando que a economia dos Estados Unidos precisa de um impulso.

Durante uma visita para ver os danos causados ​​por furacões no estado da Geórgia, em outubro, o presidente disse que a mudança climática “é algo que vem e vai”, ao invés de ser permanente.

Esta não é a primeira vez que o nome e a imagem de Donald Trump são associados ao mundo animal. O cabelo característico de Trump já levou a comparações com uma lagarta peluda venenosa e um faisão com penas douradas, enquanto uma mariposa-de-coroa-amarela foi chamada de Neopalpa donaldtrumpi em 2017.

ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Já mete nojo estas comparações imbecis em relação a Trump! O que fizeram eles de melhor? Que resultados têm os Acordos de Paris? Mais, quem os cumpre? Esta gente afinal quer o quê? Os canalhas que têm conduzido este mundo aonde estão? Querem-se perpectuar no poder, ficam raivosos quando o povo lhes dá um pontapé no traseiro, espero que haja mais como Trump! Até parece que até Trump é o responsável pela porcaria de mundo em que temos vivido, até parece que tem sido foi algum paraíso! As guerras, ditaduras, fomes e poluição foram culpa de Trump? Que canalhada revanchista! Se fosse ordinário como tanto gostam de ser mandava-os a certo sítio. Podiam sim dar o nome de U.E. ou de Geringonça! Desgovernada por capados e pelos que vendem os europeus por um prato de lentilhas, deixando os chineses andarem por aí como se tudo fosse uma coutada sua, roubando tecnologia, empregos e os que não roubam compra-os com o dinheiro que deveria ser os europeus a ganhar!

    • José, você pensa por si, parabéns.
      Sabe o porquê de tanta raiva?
      Destapo apenas um pequeno grande pormenor: é que Trump não é um vendido como os outros todos que por lá passam. A ele ninguém suborna e diz o que quer e o que pensa.
      Tenho dito.

  2. Dar o nome de Trump a um ser vivo? Para quê? Para perpetuar a memória deste homem? Que nojo… além do mais por leilão… o nome científico dado por leilão… ao que chegámos…. quanto ao resto há tanto tempo que sabíamos o que se estava a passar, deixámos andar… o Protocolo de Quioto resolveu coisa nenhuma parquearem de não ser respeitado incluía coisas impensáveis como mercados de carbono. O acordo de Paris vai pelo mesmo caminho. O presidente americano mais do que cego é completamente inconsciente… enfim…

RESPONDER

Restos de bombas atómicas revelam longa vida dos tubarões-baleia

Cientistas estão a determinar a esperança de vida do maior peixe dos oceanos com a ajuda de testes de bombas atómicas realizados durante a Guerra Fria, entre os anos 50 e 60. Em perigo de extinção, …

Telescópio russo apanha o despertar de um buraco negro

O telescópio russo ART-XC do observatório espacial Spektr-RG detetou uma fonte brilhante de raios-X no centro da Via Láctea, que acabou por revelar ser o "despertar" do buraco negro 4U 1755-338. A descoberta ocorreu no passado …

O cometa interestelar 2I/Borisov partiu-se em dois

O cometa interestelar 2I/Borisov, o primeiro do seu tipo a ser descoberto em agosto do ano passado, começou a dividir-se em duas partes na semana passada. As imagens contínuas do telescópio espacial Hubble do objeto interestelar …

Estudo estima 471 mortes em Portugal até agosto (e que o pico foi atingido a 3 de abril)

De acordo com as estimativas do estudo, cerca de 151.680 pessoas vão morrer na Europa durante a "primeira vaga" da doença. Um estudo divulgado esta terça-feira nos Estados Unidos estima que a covid-19 venha a provocar …

Mais de metade da população mundial está fechada em casa

Mais de metade da população mundial (52%) está atualmente confinada nas suas casas por ordem das autoridades para combater a propagação da doença covid-19. Segundo um balanço feito pela agência France Fresse (AFP), mais de quatro …

Documentário da Netflix reacende debate sobre os milhares de tigres em cativeiro nos Estados Unidos

A minissérie documental da Netflix "Tiger King: Morte, Caos e Loucura" veio reacender o debate sobre os grandes felinos que estão em cativeiro, frisando que há cerca de 10.000 espécimes nestas condições nos Estados Unidos. …

Luciano venceu a covid-19 aos 100 anos. Teve direito a bolo, a um desenho e a uma alta hospitalar

Luciano Marques da Silva completou 100 anos no hospital de São João, no Porto, onde se encontrava hospitalizado devido à infeção por covid-19. Depois de dez dias de internamento, conseguiu vencer e recebeu alta. No dia …

Geneinno S2, a scooter subaquática que o impulsiona entre as ondas

Há dois anos, foi anunciada a Trident, uma scooter subaquática fabricada pela startup chinesa Geneinno. Agora, a empresa lançou um modelo mais barato e portátil, conhecido como Geneinno S2. O Trident - ou Geneinno S1 - …

WhatsApp restringe opção de reencaminhar mensagens para evitar desinformação

A rede social anunciou que vai passar a restringir o reencaminhamento de mensagens para tentar diminuir a disseminação de informação falsa sobre a pandemia de covid-19. De acordo com a revista Newsweek, a partir desta terça-feira, …

"Mostre-me a sua identificação." Na Tunísia, um robô pergunta às pessoas por que não estão em casa

Nas ruas de Túnis, a capital da Tunísia, um robô não pilotado aborda as pessoas na rua e pergunta-lhes por que não estão em casa, exigindo-lhes um documento de identificação. A Tunísia está em confinamento obrigatório …