Covid-19. Portugal “tem de preparar-se para o pior” e ter plano de contingência

Ricardo Mexia, presidente da Associação Nacional de Médicos de Saúde Pública, defende que Portugal tem de se preparar para o pior e, por esta altura, já devia ser conhecido o plano de contingência em ação.

“Convém preparar para o pior. É uma questão de tempo, é muito possível que Portugal venha a ter casos”, alerta o presidente da Associação Nacional de Médicos de Saúde Pública (ANMSP), referindo-se ao coronavírus (Covid-19). Ricardo Mexia considera que Portugal já devia estar numa fase mais avançada no combate ao vírus e defende que já devia ser conhecido um plano de contingência.

O médico garante que o facto de Portugal ainda não ter nenhum infetado é meramente circunstancial: “Não houve quem estivesse em contacto com infetados noutros países. Na maioria dos países os casos são importados, é circunstancial“.

“Era importante estarmos preparados para um cenário mais difícil, já que a situação, como se tem visto, evolui muito rapidamente. O plano de contingência devia ser conhecido. É importante ficar a conhecer-se o que é suposto acontecer se houver uma cadeia de transmissão da doença”, disse Mexia em declarações ao Diário de Notícias.

Embora o ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, garanta que Portugal tem um “plano de contingência pronto a ser ativado”, este ainda não é conhecido publicamente.

O presidente da ANMSP mostra-se ainda preocupado com a capacidade de resposta e coordenação dos serviços médicos, dando até o exemplo de Itália, em que o norte do país rapidamente se transformou no pior foco de contágio a nível europeu. “Sobre Itália, ninguém faria a previsão de que estaria na situação atual”, atirou.

O especialista salientou também a desinformação relativamente ao coronavírus. “Há alguma desinformação e devia haver mensagem mais clara. Os hospitais ou centros de saúde não devem ser o recurso de quem precisa de apoio. Deve usar-se a linha telefónica Saúde24, onde se receberá o aconselhamento e indicações do que fazer”, explicou.

É neste âmbito da desinformação que Bruce Aylward, chefe da missão da OMS na China, desfez alguns dos mitos relativamente ao surto.

Não há transmissão em grande número além da que pode ser detetada clinicamente”, disse Aylward. “Todos os dados que temos indicam que isso não é de grande dimensão”.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Miranda do Corvo decreta três dias de luto municipal por morte de bombeiro

A Câmara de Mirando do Corvo decretou três dias de luto municipal em memória do bombeiro da corporação de voluntários da vila José Augusto Dias Fernandes, que morreu no sábado, durante o combate a um …

Bill Gates pede que medicamento para a covid-19 vá para os mais necessitados (e não para o "maior apostador")

O co-fundador da Microsoft Bill Gates pediu esta semana que os medicamentos e uma eventual vacina que possa surgir para a covid-19 sejam disponibilizados para quem mais precisa, e não para o "maior apostador". Citado pela …

Dois (ou três) jogadores do Flamengo podem chegar ao Benfica à boleia de Jesus

Os jogadores do Flamengo Gerson e Bruno Henrique podem chegar ao Benfica à boleia de Jorge Jesus, que tem sido apontado à Luz para suceder a Bruno Lage. Apesar de já se ter noticiado a …

Ensino Superior tem 2.370 vagas para alunos do profissional

O próximo ano letivo terá 2.370 vagas no Ensino Superior direcionadas para alunos do ensino profissional, avança o jornal Público este sábado, detalhando que, ao todo, 456 licenciaturas. As vagas em causa fazem parte do …

Horta Osório não exclui regresso a Portugal (e trabalhar fora da banca)

António Horta Osório, que em breve vai deixar a presidência executiva do banco britânico Lloyds, não exclui um regresso a Portugal no seu futuro profissional. “O meu futuro profissional [pós-Lloyds] está totalmente em aberto e …

Parede de estação de comboio na Polónia escondia carta escrita por trabalhadores forçados da 2ª Guerra

Uma carta escrita por dois trabalhadores forçados durante a II Guerra Mundial foi encontrada dentro de uma garrafa escondida na estação de comboios de Nowe Skalmierzyce, um cidade na Polónia. A carta foi descoberta por trabalhadores durante …

No século XVIII, um em cada cinco londrinos tinha contraído sífilis até aos seus 35 anos

Há 250 anos, pelo menos um em cada cinco londrinos tinha contraído "a varíola" (sífilis), causada pela bactéria Treponema pallidum, até aos seus 35 anos. Este estudo, com base em registos de internação, relatórios de inspeção e …

Cofre de antigo caçador de vampiros vai a leilão no Reino Unido. Está repleto de objetos

O cofre de um caçador de vampiros do século XIX vai ser leiloado em Dervyshire, no Reino Unido, informou a leiloeira Hansons. Em causa está uma caixa antiga, forrada a seda vermelha e decorada com …

Bombeiro morre no combate a um incêndio na Serra da Lousã

Um bombeiro morreu este sábado durante o combate a um incêndio na Serra da Lousã, disse à agência Lusa o presidente da Câmara da Lousã, Luís Antunes. O autarca desconhece as circunstâncias em que ocorreu a …

Cientistas descobrem os defeitos dentários que apodrecem os dentes

Os resultados deste novo estudo contribuem para o desenvolvimento de novos tratamentos para as cáries dentárias. Os investigadores capturaram o esmalte num detalhe sem precedentes. Uma equipa de investigadores está muito perto de descobrir aquilo que …