Covid-19: França com quase 20 mil mortos, Reino Unido passou os 16 mil

Fabio Frustaci / EPA

A França registou 395 mortos nas últimas 24 horas, em meio hospitalar e em lares, perfazendo assim um total de 19.778 mortos desde o início da pandemia, anunciou hoje fonte oficial.

Os números do avanço do vírus em França foram divulgados hoje numa conferência de imprensa conjunta do primeiro-ministro, Édouard Philippe, e do diretor-geral da Saúde, Jérôme Salomon.

Desde 1 de março, morreram em França 12.069 pessoas em meio hospitalar, enquanto nos lares foram registados 7.649 óbitos. Há no país 30.610 pessoas hospitalizadas devido à covid-19 e 5.744 destes pacientes estão nos cuidados intensivos.

Tanto o número de pessoas hospitalizadas como os pacientes em estado grave têm vindo a descer, com Salomon a referir “uma lenta regressão” estável do número de novos casos no país.

O Reino Unido registou mais 596 mortes de pessoas infetadas com covid-19 nas últimas 24 horas, aumentando para 16.060 o número de óbitos durante a pandemia, informou hoje o Ministério da Saúde britânico.

O número total de casos de contágio é agora de 120.067, mais 5.850 do que no dia anterior, referiu a mesma fonte.  No sábado, tinham sido registadas mais 888 mortes e 5.526 novos casos de pessoas infetadas relativamente ao dia anterior.

Os números das mortes são compilados a partir de dados das direções regionais de Inglaterra, Escócia, País de Gales e Irlanda do Norte e referem-se a óbitos registados até às 17:00 da véspera apenas em hospitais.  O número de pessoas infetadas é contabilizado de forma diferente e inclui os diagnósticos feitos até às 9:00 de hoje.

A Itália declarou hoje mais 433 mortes por covid-19, o número mais baixo de vítimas desta semana, e confirmou a tendência de abrandamento dos efeitos da pandemia no país, que já provocou 23.660 óbitos.

De acordo com os dados apresentados pela Proteção Civil italiana, foram registados nas últimas 24 horas menos 49 mortos face aos 482 anunciados no sábado.

Paralelamente, o número total de casos de infeção desde que o surto foi detetado em Itália, em 21 de fevereiro, é de 178.972, ou seja, mais 3.047 novos casos diagnosticados em relação à véspera. Também a este nível se registou uma queda nos números, depois dos 3.491 novos casos reportados no sábado pelas autoridades sanitárias transalpinas.

Itália é o segundo país com mais mortos (23.660, em quase 179 mil casos), apenas atrás dos Estados Unidos da América, que lideram em óbitos (39.090) e em casos de infeção confirmados (mais de 735 mil).

Depois seguem-se Espanha (20.453 mortos, mais de 195 mil casos), França (19.718 mortos, mais de 151 mil casos) e Reino Unido (15.464 mortos, mais de 114 mil casos).

A pandemia de covid-19 já fez mais de 160 mil mortos em todo o mundo e cerca de dois terços dessas mortes ocorreram na Europa, de acordo com um balanço feito pela agência France-Presse pelas 10:40.

De acordo com várias fontes oficiais de todo o mundo, estavam registadas 160.502 mortes  associadas à pandemia de covid-19, das quais 101.398 na Europa, o continente mais afetado. Em termos de número de casos de infeção, a AFP contabilizou 2.331.318 casos, dos quais 1.151.820 foram registados no continente europeu.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

"Nenhuma era apenas um número". NYT dedica toda a primeira página a mil vítimas da pandemia

Mil nomes de pessoas numa primeira página. O jornal norte-americano The New York Times dedicou a primeira página da edição deste domingo a mil vítimas mortais da pandemia de covid-19, para assinalar a iminente passagem …

A economia é a vítima colateral da estratégia singular da Suécia

A Suécia deixou nas mãos dos cidadãos a responsabilidade pela sua saúde e a abordagem relaxada do país em relação à pandemia de covid-19 trouxe resultados negativos. O Governo sueco não impôs um confinamento à população …

Polícia de Hong Kong detém 180 manifestantes. E elogia lei da segurança nacional

A polícia de Hong Kong elogiou a lei da segurança nacional chinesa, horas depois de ter detido pelo menos 180 manifestantes que protestaram, este domingo, contra a legislação anunciada por Pequim. O comissário da polícia, Tang Ping-keung, …

Pinto da Costa recandidata-se a "pensar nas dificuldades do presente"

Pinto da Costa admitiu, este domingo, no lançamento do site oficial da recandidatura à presidência do FC Porto, que vai a eleições "a pensar nas dificuldades tremendas do presente". No site oficial da sua candidatura, Pinto …

Abraços e apertos de mão. Bolsonaro junta-se a manifestação sem distanciamento social

O Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, participou, este domingo, em mais uma manifestação sem respeitar as regras de distanciamento social. A manifestação decorrer na Praça dos Três Poderes, em Brasília. De acordo com o jornal Público, …

"Relativamente rápido". Centeno acredita que países europeus vão recuperar da crise até ao fim de 2022

O ministro das Finanças português e presidente do Eurogrupo, Mário Centeno, acredita que a União Europeia vai conseguir ultrapassar a crise económica provocada pela pandemia de covid-19 de forma "relativamente rápida". Em entrevista ao jornal alemão …

Florentino congelado e Jota (e mais dois) na porta de saída. Mercado já mexe na Luz

Apesar da pandemia, que paralisou quase todas as competições europeias e que deverá atrasar a janela de transferência no futebol, o mercado já mexe na Luz. A imprensa desportiva dá conta nesta segunda-feira que Florentino …

Cova da Piedade abandona direção da Liga e convida Proença a demitir-se

O Cova da Piedade juntou-se ao Benfica na decisão de abandonar a direção da Liga de clubes e convidou Pedro Proença a demitir-se da presidência do organismo. Em comunicado, o Cova da Piedade justifica a decisão …

Milhares foram a banhos este domingo. Só nas praias da Caparica estiveram mais de 180 mil pessoas

As elevadas temperaturas que se fizeram sentir neste domingo levaram milhares de portugueses à praias. Só na Costa da Caparica, no concelho de Almada, mais de 180 mil pessoas foram a banhos. Entre as 9 e …

"Há outras prioridades". Ana Gomes está a refletir sem "pressa" sobre eventual candidatura a Belém

No espaço de comentário da SIC Notícias, a ex-eurodeputada Ana Gomes disse que ainda está a "refletir" sobre uma eventual candidatura à Presidência da República. Ana Gomes ainda não tomou uma decisão sobre uma possível candidatura …