Costa diz que só soube do memorando de Tancos no dia da demissão de Azeredo

Paulo Cunha / Lusa

O primeiro-ministro, António Costa, diz que só soube do memorando da Polícia Judiciária Militar (PJM) sobre o assalto a Tancos no dia em que o então ministro da Defesa, Azeredo Lopes, apresentou a sua demissão.

A afirmação do líder do Executivo faz parte das respostas que António Costa escreveu aos deputados da Comissão Parlamentar de Inquérito a Tancos, noticia o Expresso.

Logo nas primeiras questões, noticia o semanário, o primeiro-ministro diz que recebeu o memorando da PJM na manhã de 12 de outubro de 2018, data em que Azeredo Lopes se demitiu. “Foi-me presente pelo meu chefe de gabinete um documento não assinado, não datado e não timbrado”, escreveu.

De acordo com António Costa, o documento foi-lhe entregue pelo assessor militar, o major-general Tiago Vasconcelos, “a quem pouco tempo antes nesse mesmo dia fora facultado pelo tenente-general Martins Pereira [chefe de gabinete de Azeredo Lopes]”.

“Nesse documento refere-se a existência de um informador“, acrescentou.

Na resposta por escrito à Comissão de Inquérito, António Costa negou ter tido conhecimento do memorando em causa antes de 12 de outubro. Um ano antes, recorda o Expresso, o ex-diretor da PJM e um investigador daquela polícia tinham entregado esse documento ao chefe de gabinete de Azeredo Lopes.

António Costa assegura que nesse mesmo dia de 12 de outubro mostrou o memorando ao então ministro da Defesa. “Dessa reunião, fiquei com a convicção de que o ex-ministro da Defesa Nacional nunca o tinha visto anteriormente“. Foi também neste encontro que Azeredo Lopes apresentou demissão da pasta da Defesa.

“Constatei tratar-se de algumas folhas de papel sem timbre, data, rubrica ou assinatura, epígrafe, contendo assunto ou registo de qualquer tipo que permitisse identificar a sua origem”, escreveu Costa sobre as conclusões que tirou após ler o documento.

E acrescentou: “Aparentemente, descreve um conjunto de técnicas e procedimentos operacionais que teriam sido empreges pela Polícia Judiciária Militar para recuperar o material que fora furtado em Tancos. A leitura do mesmo revela: a) o objetivo preciso de recuperar o material roubado; b) a preocupação em salvaguardar a identidade de um informador; e c) indicia que a PJM procurou ocultar à Polícia Judiciária o conhecimento desta operação”.

António Costa frisou que o Governo não desvalorizou o roubou, tendo também defendido Azeredo Lopes. “O Governo em nenhum momento desvalorizou a ocorrência de Tancos (…) [Azeredo] transmitiu-me sempre, em todos os assuntos, a informação que considerou relevante ou que eu solicitei”, afirmou por duas vezes, citado pelo Expresso.

O assalto aos paióis de Tancos ocorreu em junho de 2017, tendo já o caso 21 arguidos.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Afinal, o universo pode ser 2 mil milhões de anos mais novo do que pensávamos

Novos cálculos sugerem que o universo pode ser dois mil milhões de anos mais novo do que aquilo que se pensava. Contudo, é difícil saber com exatidão a sua verdadeira idade. Os cientistas calculam a idade …

O maior vulcão de uma lua de Júpiter pode estar prestes a entrar em erupção

O maior vulcão de Io, uma das quatro grandes luas de Júpiter, pode estar prestes a explodir. Décadas de observação mostram um ciclo periódico nas erupções deste vulcão. De acordo com o Science Alert, o vulcão …

Crianças e adolescentes são quem mais consome açúcar em Portugal

Um estudo do Instituto de Saúde Pública da Universidade do Porto (ISPUP), que teve por base o Inquérito Alimentar Nacional e de Atividade Física, concluiu que as crianças e os adolescentes são quem mais consome …

A Rússia já sabe como apareceu a fissura na nave Soyuz (mas não revela)

A Corporação Espacial Estatal da Rússia, Roscosmos, já sabe qual é a origem da fissura encontrada há um ano na nave Soyuz MS-09, acoplada à Estação Espacial internacional. Mas não revelará mais informações. "O buraco foi …

SIVRAC, a bicicleta elétrica que se dobra em apenas um segundo

Com um quadro em forma de "X" e dobrável num estalar de dedos, a nova SIVRAC promete ser uma solução prática para quem viaja, por exemplo, de bicicleta para o trabalho. A bicicleta é um …

Porto 2-1 Young Boys | Dragão de duas faces com estreia feliz

O FC Porto entrou na Liga Europa com o pé direito, ao vencer o Young Boys por 2-1, no Estádio do Dragão. Uma primeira parte de enorme qualidade, na qual os suíços só por uma …

Dois turistas foram apanhados a nadar nus em Veneza. Vão pagar 3 mil euros cada um

Os homens checos estavam em Itália para apoiar a sua equipa de futebol - o Slavia de Praga que jogou contra o Inter em Milão -. Os dois visitantes, em Veneza, decidiram dar um mergulho. Um …

Voar sobre as águas do Sena. Paris testa "bolha do mar", um barco-táxi amigo do ambiente

Paris está a testar um novo meio de transporte mais amigo do ambiente: um barco-táxi ecológico que desliza nas águas do rio Sena. Esta semana, o sea bubble (bolha do mar) está em testes no rio …

Há uma "Matilde" na Bélgica que também precisa do medicamento mais caro do mundo

Mais de 950 mil belgas responderam ao apelo de um casal, que precisava de reunir 1,9 milhões de euros para comprar o medicamento mais caro do mundo para a filha. Pia, de nove meses, sofre de …

System of a Down confirmados no festival VOA, no Estádio Nacional

Os System of a Down são a primeira grande confirmação do VOA - Heavy Rock Festival, que em 2020 se realiza a 2 e 3 de julho no Estádio Nacional. De acordo com a Blitz, este …