“Limiano à madeirense”. Costa pode tirar surpresa da cartola para aprovar o Orçamento

Manuel De Almeida / Lusa

O primeiro-ministro António Costa e o ministro das Finanças Mário Centeno.

O Governo de António Costa pode não precisar dos votos de Bloco de Esquerda e PCP, os aliados da anterior legislatura, para fazer aprovar o Orçamento do Estado para 2020 (OE2020). PSD Madeira, PAN e Livre podem ser o “plano B” para garantir essa aprovação.

Este cenário é traçado pelo Jornal Económico que destaca que Costa pode, assim, apostar numa “solução surpresa” que lhe permitiria dar-se ao luxo de contar com uma eventual abstenção do Bloco de Esquerda e com um possível chumbo do PCP.

Com os 3 deputados eleitos pelo PSD Madeira, os 4 deputados do PAN e a deputada única do Livre, e contando com os óbvios votos dos 108 deputados do PS, o Governo conseguiria aprovar o OE2020.

O Económico destaca que um “entendimento com o PSD Madeira” é visto por António Costa como uma solução “mais ‘barata’” para o Governo do que um acordo com BE, PCP ou PSD que teria que passar por aceitar algumas das suas reivindicações.

Costa pode, assim, voltar a surpreender com uma potencial solução que faz lembrar o chamado “Orçamento do Queijo Limiano” — expressão lançada em 2001, quando o então deputado Daniel Campelo, historicamente ligado ao CDS mas eleito como independente por Ponte de Lima, se absteve na votação do Orçamento de Estado.

O plano orçamental do Governo de António Guterres foi, assim, aprovado com os votos favoráveis do PS e com a restante oposição a votar em bloco contra o diploma. Na altura, Daniel Campelo defendeu a sua posição como tendo sido em prol de mai obra para o seu distrito, depois de ter feito greve de fome em defesa de famoso Queijo Limiano.

Se os deputados do PSD Madeira votarem a favor do OE2020, é possível que o façam também em troca de benefícios para o Arquipélago pelo qual onde foram eleitos.

PCP impõe 70 condições para aprovar Orçamento

O líder do PCP, Jerónimo de Sousa, tem mantido um certo suspense relativamente à posição do partido quanto ao OE2020, mas vai deixando recados que dão a entender a possibilidade de um chumbo.

Na abertura das Jornadas Parlamentares comunistas, o líder da bancada do PCP na Assembleia da República, João Oliveira, falou de um “elenco longo” de exigências para dar o aval ao Orçamento do Governo para o próximo ano, conforme cita o Expresso.

São cerca de 70 condições que passam pelas reivindicações que o PCP apresentou ao longo da legislatura passada e que incluem, nomeadamente a regionalização, com o PCP a desafiar o PS a definir “o método e calendário para que, de acordo com os termos constitucionais, seja possível a sua concretização até às eleições para as autarquias em 2021”, como vincou João Oliveira.

“A decisão final dependerá da resposta que o Orçamento der a essas necessidades que identificamos e que no plano orçamental têm uma resposta”, atirou ainda João Oliveira sobre o OE2020, conforme palavras divulgadas pela Rádio Renascença.

ZAP //

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Este devia-se preocupar era com os problemas cada vez maiores na Saúde, nas Escolas, na Justiça (Tancos por exe),nas Infraestruturas,nos transportes,nos policias,nos bombeiros,nos. Professores,nos Enfermeiros, o negocio do litio(gate) etc, etc.Com um Governo maior estamos a entrar no cano e este anda preocupado com a Nato e andar a passear por essa Europa fora talvez a arranjar tacho para o futuro.O Orçamento vai passar com mais uma manha deste.

RESPONDER

Mais de três dezenas de bancos da UE utilizam paraísos fiscais

Mais de três dezenas de bancos da União Europeia (UE) e do Reino Unido utilizaram paraísos fiscais de baixo imposto ou imposto zero e 29 "pareciam estar a declarar" lucros em países onde não empregavam, …

Ex-presidente de Santa Comba Dão alega Alzheimer para faltar a julgamento

O ex-presidente da Câmara de Santa Comba Dão alegou sofrer de Alzheimer para faltar ao julgamento, esta segunda-feira, em que está acusado dos crimes de prevaricação de titular de cargo público e fraude na obtenção …

Alemães e ingleses recolheram pistas em Portugal para tentar chegar ao corpo de Maddie

Elementos das polícias alemã e inglesas estiveram no nosso país, no final de Setembro, para uma reunião com investigadores portugueses com o intuito de recolher dados sobre Christian Brueckner que é suspeito de ter raptado …

“Retificações especiais e centralizadas”. China quer acabar com "caos" na Internet

A Administração do Ciberespaço da China exigiu esta terça-feira aos fornecedores de serviços móveis do país que executem uma série de “retificações especiais e centralizadas”, face a “preocupações sociais” perante o “caos” na Internet. As oito …

Football Leaks. Advogado admite que podia ter emails relacionados com o Luanda Leaks

O advogado e ex-sócio da PLMJ João Magalhães Ramalho admite que pudesse ter documentos relacionados com o Luanda Leaks e com Isabel dos Santos na sua conta de email, que alegadamente foi pirateada por Rui …

Portugal regista mais 3.299 casos e 28 mortes por covid-19

Portugal contabiliza hoje mais 28 mortes e 3.299 casos confirmados de infeção com o novo coronavírus, de acordo com o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). Nas últimas 24 horas, Portugal conta com mais 3.299 …

Argentina levanta restrições na capital. Rússia regista recorde de mortes diárias e aumenta contenção

A Argentina prorrogou esta semana as medidas para combater a pandemia de covid-19 nas zonas mais afetadas do país, ao mesmo tempo que prossegue a reabertura na capital, onde os casos têm vindo a diminuir. Desde …

Maioria dos portugueses defende Orçamento viabilizado à esquerda (e rejeita demissão do Governo)

Uma sondagem da Aximage para o Jornal de Notícias e a TSF revela que a maioria dos portugueses - cerca de 60% - defende que o Orçamento de Estado para 2021 (OE2021) seja viabilizado com …

Ministro Manuel Heitor já não está infetado com covid-19

O ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior já não está infetado com covid-19, depois de ter recebido, esta segunda-feira, um teste com resultado negativo. De acordo com o semanário Expresso, Manuel Heitor recebeu, ao final …

"Só aumentariam as insuficiências". Médicos respondem a carta aberta da Ordem que pede uso dos privados

Um grupo de médicos respondeu à carta aberta assinada pelo atual bastonário da Ordem dos Médicos e quatro ex-bastonários, que defendem uma maior utilização dos serviços de saúde privados para responder à situação gerada pela …