Costa “tem uma grande vontade” de aumentar pensões mais baixas (mas não o salário mínimo)

Jorge Ferreira / Portugal.gov.pt

O primeiro-ministro António Costa

O primeiro-ministro António Costa

O primeiro-ministro admitiu proceder a um aumento das pensões, sobretudo as mais baixas, no Orçamento do Estado para 2017, mas salientou que o salário mínimo nacional só atingirá os 600 euros no final da legislatura.

António Costa falava aos jornalistas esta segunda-feira, durante a sua visita à Bienal de Artes de São Paulo, no Parque Ibirapuera, depois de confrontado com as exigências feitas no domingo pelo secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, no sentido de que no próximo ano o salário mínimo suba para os 600 euros mensais e as pensões aumentem pelo menos no valor de dez euros.

O primeiro-ministro disse que “há uma partilha em torno da estratégia e do objetivo de reposição e de recuperação dos rendimentos das famílias”.

“Neste Orçamento do Estado para 2017 temos uma grande vontade de darmos um contributo para que, pelo menos as pensões mais baixas, possam ter um aumento. Chegaremos certamente a um valor que seja o possível, o mais próximo possível daquilo que é desejável para as famílias portuguesas e que nos permita ter não só um Orçamento do Estado para 2017 aprovado, mas também executado, cumprido e sem sobressaltos para a economia e para as finanças públicas”, declarou.

No caso do aumento do salário mínimo nacional, António Costa demarcou-se da proposta de aumento imediato em 2017 para os 600 euros mensais, alegando que “há uma trajetória” para se chegar a esse valor em 2019.

“O que está previsto é chegar-se aos 600 euros no final da legislatura“, acentuou o primeiro-ministro.

Interrogado sobre o facto de as confederações patronais contestarem o aumento do salário mínimo para 557 euros em 2017, tal como está previsto pelo seu executivo, o líder do executivo alegou que “todos os processos negociais” conhecem essas divergências de partida.

“Mas, felizmente, no ano passado foi possível chegar-se a um acordo”, respondeu.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Cá está o tal título enganador e subjectivo que o Zap nos habituou. Lendo o artigo, não há em lado algum “Costa “tem uma grande vontade” (…)”. São as tais interpretações para chamar leitores. Grande trabalho, Zap, só que não é de jornalismo sério. Enfim…

  2. Esta maltinha será que não se enxerga???
    Não são os que estão aposentados que precisam de aumentos! São sim os quase 40% de jovens desempregados que têm de ficar no país com emprego e condições.
    Se houvesse justiça, não existiam pensões acima dos 2.500€, nem a treta das subvenções!
    Além de que, quem já está reformado não poderia, de forma alguma, auferir de mais parte nenhuma, subsídio de “férias”!!!
    AINDA NÃO CAPTARAM ISTO, CAMBADA?????

    • Calma general!
      A sociedade é composta por todos, novos, menos novos e idosos. O problema é que, os idosos, na maioria, têm reformas de trampa e, por isso mesmo, têm necessidade de trabalhar além da reforma. Continuam assim a “alimentar” com descontos a sua própria reforma. Só seria possivel se os jovens auferissem salarios decentes e, com as contribuições resultantes daí, o nível de pensões fosse melhorado. Mas aos patroes não lhes interessa aumentar salarios. Alguns ainda recorrem a expedientes como os “estágios” , autentica vergonha. Este tipo de patroes, para mim, são corrosivos do tecido empresarial, limitando-se a ser sanguessugas e parasitas do Estado. É incrivel ser o Estado a subsidiar uma empresa privada. Absurdo!
      Quanto ao resto, acho que sim, deviam acabar com muita chulice, as subvenções como referiu e bem, limitar o tecto maximo de reforma, embora concordasse com um valor um pouco mais alto, e tantas outras coisas que se impunham fazer para haver uma melhor distribuição de recursos.

Catalunha em estado de sítio. Governo pede protestos pacíficos e acusa "infiltrados e provocadores"

O presidente do Governo da Catalunha, Quim Torra, condenou ao final da noite de quarta-feira os protestos violentos que se registam há três dias na região e acusou um grupo de infiltrados de estar a …

Há acordo para o Brexit

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, anunciou esta quinta-feira que alcançou “um grande acordo” com a União Europeia para o Brexit. "Temos um ótimo novo acordo", afirmou, esta quinta-feira, Boris Johnson no Twitter. O primeiro-ministro britânico anunciou …

Encontrados 20 sarcófagos de madeira bem conservados no Egito

Uma equipe de arqueólogos descobriu pelo menos 20 sarcófagos em bom estado de conservação numa tumba antiga perto da cidade de Luxor, no sul do Egito, revelou o Ministério de Antiguidades egípcio esta semana. De acordo …

Tomás Correia pode deixar o Montepio em breve

Tomás Correira, presidente da Associação Mutualista Montepio Geral (AMMG), pode estar prestes a deixar a liderança da instituição bancária. Segundo o Expresso, o gestor pode abandonar o cargo já na próxima semana. De acordo com …

Lionel Messi recebe sexta Bota de Ouro, 15 anos após a sua estreia

O futebolista argentino Lionel Messi recebeu hoje das mãos dos seus dois filhos mais velhos, Thiago e Mateo, a sexta 'Bota de Ouro' da carreira, numa cerimónia realizada em Barcelona. "Não podia ter conseguido nem sequer …

Brexit. Unionistas da Irlanda do Norte não apoiam novo plano de Boris Johnson

O Partido Democrático Unionista da Irlanda do Norte (DUP), determinante para o acordo sobre o Brexit, disse esta quinta-feira que “tal como estão as coisas” não pode aceitar o pacto que Londres está a negociar …

Votos dos emigrantes elegeram dois deputados do PS e mais dois do PSD

Os votos dos emigrantes portugueses elegeram dois deputados do PS e dois do PSD, segundo os resultados divulgados no site da Secretaria-Geral do Ministério de Administração Interna - Administração Eleitoral. De acordo com os dados conhecidos …

Os "bons velhos tempos" foram assim tão bons? A felicidade dos últimos 200 anos foi medida pela primeira vez

Os "bons velhos tempos" foram assim tão bons? Uma equipa de psicólogos construiu um método para medir a felicidade histórica. Os resultados, para quatro nações, eram esperados - mas também uma surpresa. A ideia de que …

Rios ocultos de água quente estão a derreter o gelo da Antártida

O gelo antártico está a ser desestabilizado por rios ocultos e invertidos de água quente que correm por baixo das plataformas, derretendo-as. Os cientistas conhecem estes canais basais nas plataformas de gelo há vários anos, mas …

Enorme impacto cósmico pode ter assolado a Terra há 12.800 anos

Uma equipa de cientistas descobriu excesso de platina em material sedimentar extraído de depósitos de turfa localizados em Wonderkrater, Limpopo, na África do Sul, revelou uma nova investigação. De acordo com um novo estudo, cujos resultados …