Costa “tem uma grande vontade” de aumentar pensões mais baixas (mas não o salário mínimo)

Jorge Ferreira / Portugal.gov.pt

O primeiro-ministro António Costa

O primeiro-ministro António Costa

O primeiro-ministro admitiu proceder a um aumento das pensões, sobretudo as mais baixas, no Orçamento do Estado para 2017, mas salientou que o salário mínimo nacional só atingirá os 600 euros no final da legislatura.

António Costa falava aos jornalistas esta segunda-feira, durante a sua visita à Bienal de Artes de São Paulo, no Parque Ibirapuera, depois de confrontado com as exigências feitas no domingo pelo secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, no sentido de que no próximo ano o salário mínimo suba para os 600 euros mensais e as pensões aumentem pelo menos no valor de dez euros.

O primeiro-ministro disse que “há uma partilha em torno da estratégia e do objetivo de reposição e de recuperação dos rendimentos das famílias”.

“Neste Orçamento do Estado para 2017 temos uma grande vontade de darmos um contributo para que, pelo menos as pensões mais baixas, possam ter um aumento. Chegaremos certamente a um valor que seja o possível, o mais próximo possível daquilo que é desejável para as famílias portuguesas e que nos permita ter não só um Orçamento do Estado para 2017 aprovado, mas também executado, cumprido e sem sobressaltos para a economia e para as finanças públicas”, declarou.

No caso do aumento do salário mínimo nacional, António Costa demarcou-se da proposta de aumento imediato em 2017 para os 600 euros mensais, alegando que “há uma trajetória” para se chegar a esse valor em 2019.

“O que está previsto é chegar-se aos 600 euros no final da legislatura“, acentuou o primeiro-ministro.

Interrogado sobre o facto de as confederações patronais contestarem o aumento do salário mínimo para 557 euros em 2017, tal como está previsto pelo seu executivo, o líder do executivo alegou que “todos os processos negociais” conhecem essas divergências de partida.

“Mas, felizmente, no ano passado foi possível chegar-se a um acordo”, respondeu.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Cá está o tal título enganador e subjectivo que o Zap nos habituou. Lendo o artigo, não há em lado algum “Costa “tem uma grande vontade” (…)”. São as tais interpretações para chamar leitores. Grande trabalho, Zap, só que não é de jornalismo sério. Enfim…

  2. Esta maltinha será que não se enxerga???
    Não são os que estão aposentados que precisam de aumentos! São sim os quase 40% de jovens desempregados que têm de ficar no país com emprego e condições.
    Se houvesse justiça, não existiam pensões acima dos 2.500€, nem a treta das subvenções!
    Além de que, quem já está reformado não poderia, de forma alguma, auferir de mais parte nenhuma, subsídio de “férias”!!!
    AINDA NÃO CAPTARAM ISTO, CAMBADA?????

    • Calma general!
      A sociedade é composta por todos, novos, menos novos e idosos. O problema é que, os idosos, na maioria, têm reformas de trampa e, por isso mesmo, têm necessidade de trabalhar além da reforma. Continuam assim a “alimentar” com descontos a sua própria reforma. Só seria possivel se os jovens auferissem salarios decentes e, com as contribuições resultantes daí, o nível de pensões fosse melhorado. Mas aos patroes não lhes interessa aumentar salarios. Alguns ainda recorrem a expedientes como os “estágios” , autentica vergonha. Este tipo de patroes, para mim, são corrosivos do tecido empresarial, limitando-se a ser sanguessugas e parasitas do Estado. É incrivel ser o Estado a subsidiar uma empresa privada. Absurdo!
      Quanto ao resto, acho que sim, deviam acabar com muita chulice, as subvenções como referiu e bem, limitar o tecto maximo de reforma, embora concordasse com um valor um pouco mais alto, e tantas outras coisas que se impunham fazer para haver uma melhor distribuição de recursos.

RESPONDER

Nove em cada 10 idosos em tratamento médico sofrem de solidão

Cerca de 91% dos idosos seguidos nos cuidados de saúde primários revelam sentir algum grau de solidão, sendo que um terço reporta mesmo níveis graves, o que interfere com os cuidados, revela uma nova investigação. A …

Juros baixos vão permitir ao Estado poupar mil milhões de euros

A redução nas taxas de juro da dívida pública vai permitir ao Estado poupar, de 2016 até final de 2019, cerca de mil milhões de euros. Só em 2019, o país deverá poupar em juros …

Praia de Fukushima reabre ao público oito anos depois do acidente nuclear

Este fim de semana, e pela primeira vez depois da catástrofe nuclear de Fukushima-1, os japoneses puderam voltar a nadar numa das praias da cidade afetada pelo terramoto e tsunami de 2011. De acordo com o …

"Greve do dia 12 vai ter repercussões muito mais graves do que as do mês de abril"

O sindicato avisa que, além dos combustíveis, a próxima greve vai afetar também o abastecimento às grandes superfícies, à indústria e serviços. O Sindicato Independente dos Motoristas de Mercadorias (SIMM) ameaça consequências mais graves para …

Desde que tomou posse, Bolsonaro faz uma afirmação falsa por dia

Bolsonaro prestou 2054 declarações falsas ou distorcidas nos primeiros 184 dias do seu mandato, concluiu o site digital Aos Fatos, dedicada à verificação do rigor das informações divulgadas pelos media do país. Esse resultado dá uma …

Cashball. Bruno de Carvalho apontado como “chefe” do esquema

Paulo Silva, o empresário denunciante do caso Cashball, prestou novas declarações no âmbito deste processo, apontando o antigo presidente do Sporting Bruno de Carvalho como o "chefe" do alegado esquema de corrupção. Tal como recorda a …

Kamov parados já têm autorização para voar

A Agência Nacional de Aviação Civil deu, esta segunda-feira, autorização para que três dos helicópteros Kamov retomem os voos e estejam disponíveis para o combate aos incêndios. Os três Kamov, operados pela HeliPortugal, obtiveram esta segunda-feira …

Dezenas de baleias encontradas mortas numa praia na Islândia

Dezenas de baleias mortas foram encontradas, na passada quinta-feira, numa praia no oeste da Islândia. Não se sabe ainda o que terá acontecido e como vieram parar à costa. Segundo a BBC, cerca de 60 baleias-piloto (Globicephala) foram …

Natalie Portman é o novo Thor

Em Thor: Love and Thunder, a atriz Natalie Portman vai dar vida à Dra. Jane Foster, que assume os poderes do super-herói. A atriz Natalie Portman vai regressar à personagem de Jane Foster naquele que será …

VAR salva Jesus da primeira derrota do Flamengo no Brasileirão

O treinador português Jorge Jesus esteve perto de sentir pela primeira vez o sabor da derrota no Brasileirão de futebol, mas o videoárbitro (VAR) validou o golo de Gabriel Barbosa já perto do final da …