Costa obrigado a passar Natal isolado. Graça Freitas está recuperada e agradece à natureza

2

Francisco Seco / EPA

A directora-geral de Saúde, Graça Freitas, está recuperada da covid-19 e diz que se sente “grata à natureza”. Entretanto, António Costa foi considerado “contacto com exposição de alto risco” e vai ficar isolado em S. Bento até 29 de Dezembro.

O primeiro-ministro vai ficar em isolamento profiláctico na Residência Oficial até ao final do período de vigilância activa que é de 14 dias, anunciaram as autoridades de saúde.

Uma decisão tomada após Costa ter tido contacto com o presidente francês, Emmanuel Macron, que está infectado com o coronavírus.

Na sequência daquele contacto ocorrido a 16 de Dezembro passado e “após avaliação de risco efectuada por Autoridade de Saúde”, Costa “foi considerado contacto com exposição de alto risco“, sustenta a Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo (ARSLVT) em comunicado.

Assim, o primeiro-ministro fica sujeito “a vigilância activa durante 14 dias, desde a data da última exposição, com isolamento profilático na Residência Oficial”, refere ainda a ARSLVT.

António Costa já estava em isolamento profilático preventivo e terá, deste modo, que passar o Natal afastado da família.

Cento e treze municípios em risco muito elevado ou extremo de transmissão de covid-19 estão este fim-de-semana uma vez mais em recolher obrigatório a partir das 13h, com o comércio e restauração a ter de encerrar a essa hora.

Graça Freitas sente “grande alívio” e volta ao trabalho

Recuperada da covid-19 está já a directora-geral de Saúde que vai voltar ao trabalho na próxima segunda-feira quando passarão cerca de três semanas depois de ter sido diagnosticada com a infecção.

“Sinto um grande alívio”, confessa a médica de 63 anos em entrevista ao jornal Sol, assumindo que pensava ser “candidata a ter uma forma grave da doença” por ter “antecedentes de doença complicados”. Mas acabou por “não ter tido nenhuma complicação e não ter infectado ninguém”, afirma.

Tive sempre sintomas ligeiros. Nunca tive febre, que era algo que estava à espera de ter. E depois os sintomas flutuam, há um dia em que se está bem e outro não. A doença tem esta incerteza de se estar sempre com o temor de piorar. É uma sensação, que do ponto de vista psicológico, causa grande ansiedade“, relata ainda Graça Freitas.

A responsável da Direcção Geral de Saúde (DGS) diz ainda que não sabe como ficou infectada, mas suspeita que o contágio pode ter ocorrido numa reunião de trabalho onde todos estavam com máscara.

“Naquele dia tínhamos um trabalho para acabar. Eu estava no meu piso e três especialistas estavam no piso 3, numa videoconferência. Fui assistir ao final. Estávamos todos com máscara. Uma das pessoas estava doente e não sabia“, revela Graça Freitas.

É um vírus que circula muito facilmente“, constata ainda, reforçando que todos os cuidados são poucos.

Na dita reunião, as pessoas estavam a “metro e meio, talvez” de distância e “a cumprir as regras”. Mas “pode não ter havido o arejamento suficiente“.

“Não estive lá mais de meia hora e quando saí para o gabinete não tinha a sensação de que tivesse estado numa situação de risco”, constata ainda.

Graça Freitas também nota que tem sido “extremamente cuidadosa desde o início”. “Limitei com uma fita o meu gabinete, passei a comer sozinha também no gabinete, quando muito partilhava com outra pessoa, mas a grande distância”, salienta, frisando que “estava convicta de que ter esses cuidados [a] iria proteger, apesar de dizer frequentemente que não há risco zero”.

Agora que está recuperada, a directora-geral de saúde nota que se sente “grata por a natureza” lhe ter “permitido passar por isto bem”.

  Susana Valente, ZAP // Lusa

 

2 Comments

  1. O Costa vai passar o Natal, sozinho em casa, ainda vai tirar dividendos nas sondagens.
    Estas vítimas socialistas desde a estalada do Só Ares, não dão ponto sem nó.

  2. Já não é a primeira vez que o Kosta em tempos de crise opta pelo isolamento! Já em 2017 após os incêndios de Pedrógão Grande ele isolou-se nas ilhas baleares de Palma de Maiorca!! Votem no kamarada Kosta, viva o Xuxalismo!

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.