Costa não queria ajuda do PSD, mas já vai precisar dela

O PS vai precisar do apoio dos deputados da Direita para levar a cabo várias nomeações que exigem uma maioria de dois terços no Parlamento.

Estão em causa as nomeações para os cargos de Provedor de Justiça e de presidente do Conselho Económico e Social e ainda a escolha dos elementos para a Entidade Reguladora da Comunicação Social, bem como 10 dos 13 juízes que constituem o Tribunal Constitucional e 7 vogais do Conselho Superior de Magistratura.

Estas nomeações exigem a aprovação por parte de uma maioria de dois terços no Parlamento, ou seja, de 153 deputados do universo total de 230, conforme evidencia o Jornal de Notícias na sua edição impressa desta quarta-feira.

A maioria de esquerda conta apenas com 122 deputados, pelo que António Costa vai precisar de 31 votos da direita para poder passar as suas nomeações.

António Costa disse, no dia em que foi indicado como primeiro-ministro por Cavaco Silva, que não tinha pedido “a mão ao PSD”. Mas o líder dos socialistas poderá vir a precisar dela.

Todavia, este eventual entendimento com os sociais-democratas não se adivinha fácil, até face à “batalha” que os dois partidos travam quanto aos lugares no Conselho de Estado.

O PS já terá comunicado ao PSD que pretende a maioria dos cinco lugares que o Parlamento elege para o órgão político de consulta do Presidente da República.

Mas sendo o PSD o partido mais votado da Assembleia da República a questão não se adivinha pacífica.

O Bloco de Esquerda já anunciou que quer um lugar no Conselho de Estado e surge a possibilidade de um entendimento à esquerda para a elaboração de uma lista conjunta.

A eleição dos cinco conselheiros é no próximo dia 18 de Dezembro, mas as listas candidatas deverão chegar ao Parlamento até ao dia 16.

ZAP

PARTILHAR

13 COMENTÁRIOS

  1. O PSD não deve dar a mão a este tipo de gentalha. O AC não quiz tudo sem que p/ isso tivesse os votos dos portugueses? Então agora q precisa do PSD que se entenda c/ os “amigos” dele…

    • O quê?!
      Mas qual dar a mão?!
      Tem é que fazer a sua obrigação como deputados eleitos pelo povo e mais nada!
      .
      Já chegar de ver tristes ignorantes como tu que não sabem distinguir entre os interesses manhosos dos partidos e os interesses do país!!

  2. Eu não aguento tanta pinpineira jornalística. Ou antes entendo que com a tanga das maiorias absolutas a falta de respeito pela democracia parlamentar se generalizou e passou a fazer parte do imaginário geral. Por favor, senhores jornalistas não façam de factos normais da vida democrática, títulos de caixa alta, como de aberrações, subalternidades ou fracassos se tratasse. Um pouco de senso não ficaria mal. Afinal todos precisamos de um país melhor, mais justo e até os senhores, neste contexto, ficariam mais livres…

    • Mas será então que o consenso só tem validade quando se trata de defender interesses de esquerda mesmo quando esta em forma de assalto tomou conta do Poder e arrogando-se em dona e senhora de toda a verdade menosprezando mesmo os verdadeiros vencedores.

  3. Não esquecer que o Srº Silva substituiu á uns anos , o conselheiro da área do PC pelo “empresário de sucesso” (palavras do Coelho) Dias Loureiro; boa escolha, pessoa idónea e honesta, que muito “deu” a Portugal lololololo.

  4. Vamos então aguardar para ver como o Psd escolhe o melhor para o país. Ou o altruísmo político só lhe cabe para reforçar os seus interesses ?

  5. Parte dos nossos problemas enquanto país reside no facto de haver muita gente convencida que Portugal se “faz grande” ou “puro” com “respeitosos cumprimentos” a sublinhar “consensos” abstratos.
    O desconhecimento da política, aquele que resulta da interpretação emocional e afectiva das cores, leva a que alguns embriagados pela cor… Então não foi com pompa e arrogância que o A.Costa casado com a Catarina e com o sorumbático do pcp disse à boca cheia e aos quatro ventos que não dava a mão à dirª gozando com os deveres éticos e morais em política?
    Enquanto o eleitorado não estiver suficientemente preparado para antecipar este tipo de políticos, Portugal não passará de um país de “grupos” – O grupo primeiro.

  6. O PSD/CDS só deverão dar a mão desde que garantam a prevalência das suas ideias e em uníssono com os interesses nacionais, jamais deixar-se cair na tentação desses assaltantes de esquerda que só vêm os interesses pessoais e partidários acima dos nacionais, nada de fazer fretes a gente oportunista!.

RESPONDER

Novo Banco. BCP garante que não faz "favores a ninguém" ao emprestar dinheiro ao Fundo de Resolução

O presidente executivo do BCP, Miguel Maya, disse ontem que o banco não faz "favores a ninguém" ao entrar no empréstimo de 275 milhões de euros da banca ao Fundo de Resolução, que posteriormente financiará …

Máfia italiana "lavou" milhões de euros ganhos com fundos europeus na Madeira

Uma das mais violentas máfias de Itália, a Società Foggiana, utilizou a Madeira para branquear mais de 16 milhões de euros obtidos com um esquema de burla à União Europeia (UE). Em causa estão fundos comunitários …

Ajudas de custo para professores deslocados ficaram na gaveta (e não estão previstas no OE2021)

O Orçamento de Estado para 2020 (OE2020) previa um programa de ajudas de custo para professores deslocados como incentivo à fixação. No entanto, a medida não avançou. O Jornal de Notícias avança esta sexta-feira que a …

Biden ainda à frente, mas nada está perdido para Trump. A luta pelos "swing states" continua

O dia em que os norte-americanos vão saber quem é o próximo presidente dos EUA está muito próximo. Entres sondagens, parece fácil levantar a ponta do véu. No entanto, é importante não esquecer que não …

Nani entre os candidatos a melhor jogador da época na MLS

O internacional português, capitão dos Orlando City, está entre os 46 jogadores nomeados para o prémio de melhor da época na liga norte-americana de futebol (MLS), anunciou, esta quinta-feira, o organismo. A eleição decorre até 9 …

"Estranho, muito estranho". Ana Gomes comenta morte do marido de Isabel dos Santos e é criticada

O empresário congolês Sindika Dokolo, marido de Isabel dos Santos, morreu no Dubai, durante a prática de mergulho. Uma morte prematura aos 48 anos que leva Ana Gomes a comentar o assunto como "estranho", "muito …

Conselho Europeu. Vacinas distribuídas de forma justa e fronteiras não vão fechar

O presidente do Conselho Europeu garantiu, esta quinta-feira, no final de uma videoconferência entre os líderes da União Europeia, que os 27 estão "unidos" para enfrentar a "luta difícil" contra a segunda vaga da covid-19. "A …

Teletrabalho sim, confinamento não. O que vai sair do Conselho de Ministros de sábado

O Conselho de Ministro reúne no próximo sábado para discutir novas medidas para conter a propagação do novo coronavírus e em cima da mesa está o regresso ao teletrabalho e medidas de restrição à circulação. A …

Conselho de Disciplina instaura dois processos disciplinares a Varandas

O Conselho de Disciplina (CD) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) instaurou, esta quinta-feira, dois processos disciplinares ao presidente do Sporting, na sequência das declarações proferidas sobre o seu homólogo do FC Porto e das …

Há infetados que escondem a doença com medo de perder o salário

O médico António Pais Lacerda, diretor do serviço de Medicina Interna II do Hospital Santa Maria, em Lisboa, alerta que o medo de perder salário ou emprego leva pessoas infetadas com o novo coronavírus …