Cavaco indigita Costa. Governo já tem nomes

Miguel A. Lopes / Lusa

O líder do PS; António Costa

O Presidente da República indicou esta terça-feira o secretário-geral do PS, António Costa, para primeiro-ministro, indica uma nota da Presidência da República.

“O Presidente da República de República decidiu, ouvidos os partidos políticos com representação parlamentar, indicar o Dr. António Costa para primeiro-ministro“, lê-se na nota publicada no site da Presidência da República.

O secretário-geral do PS, António Costa, esteve hoje cerca de uma hora reunido com o Presidente da República, saindo do Palácio de Belém sem prestar declarações à comunicação social.

Na nota, divulgada minutos depois de António Costa ter saído de Belém, é ainda referido que a continuação em funções do XX Governo Constitucional, liderado por Pedro Passos Coelho, em gestão “não corresponderia ao interesse nacional“.

Eis a nota de Cavaco Silva na íntegra:

As informações recolhidas nas reuniões com os parceiros sociais e instituições e personalidades da sociedade civil confirmaram que a continuação em funções do XX Governo Constitucional, limitado à prática dos atos necessários para assegurar a gestão dos negócios públicos, não corresponderia ao interesse nacional.

Tal situação prolongar-se-ia por tempo indefinido, dada a impossibilidade, ditada pela Constituição, de proceder, até ao mês de abril do próximo ano, à dissolução da Assembleia da República e à convocação de eleições legislativas.

O Presidente da República tomou devida nota da resposta do Secretário-Geral do Partido Socialista às dúvidas suscitadas pelos documentos subscritos com o Bloco de Esquerda, o Partido Comunista Português e o Partido Ecologista “Os Verdes” quanto à estabilidade e durabilidade de um governo minoritário do Partido Socialista, no horizonte temporal da legislatura.

Assim, o Presidente da República decidiu, ouvidos os partidos políticos com representação parlamentar, indicar o Dr. António Costa para Primeiro-Ministro.

Ministros para as principais pastas

Entretanto, já se conhece alguns dos nomes que serão apontados por Costa para as principais pastas.

De acordo com o Expresso, Mário Centeno, dado como indiscutível na pasta das Finanças, deve levar consigo para a secretaria de Estado das Finanças ou do Orçamento o seu braço-direito, Ricardo Felix Mourinho.

Manuel Caldeira Cabral, académico da Universidade do Minho que também integrou o grupo de economistas que redigiu o cenário macroeconómico e encabeçou a lista de deputados por Braga, é tido como certo na pasta da Economia.

Augusto Santos Silva – que já ocupou as pastas da Educação e a Cultura, com António Guterres, e dos Assuntos Parlamentares e Defesa com José Sócrates – deverá ser o ministro dos Negócios Estrangeiros.

Já de acordo com o Diário EconómicoAdalberto Campos Fernandes, antigo presidente do Hospital de Sta. Maria, deverá ocupar a pasta da Saúde.

Os nomes confirmados pela TSF e a SIC são:

  • Ministro das Finanças – Mário Centeno
  • Ministro Adjunto – Eduardo Cabrita
  • Ministro dos Negócios Estrangeiros – Augusto Santos Silva
  • Ministra da Presidência e da Modernização Administrativa – Maria Manuel Leitão Marques
  • Ministra da Justiça – Francisca Van Dunem
  • Ministra da Administração Interna – Constança Urbano de Sousa
  • Ministro da Defesa – Azeredo Lopes
  • Ministro do Planeamento e Infraestruturas – Pedro Marques
  • Ministro da Economia – Manuel Caldeira Cabral
  • Ministro da Trabalho, Solidariedade e Segurança Social – José António Vieira da Silva
  • Ministro da Saúde – Adalberto Campos Fernandes

A juntar a estes nomes,  Diário de Notícias também avança outras hipóteses como, por exemplo, Tiago Brandão Rodrigues, investigador em Cambridge nos últimos cinco anos, para ministro da Educação, Manuel Heitor como ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior e João Pedro Matos Fernandes como ministro do Ambiente.

A ocupar outras pastas, o mesmo jornal fala em Capoulas Santos para ministro da Agricultura, Ana Paula Vitorino como ministra do Mar e João Soares a ocupar a pasta da Cultura.

A pasta da Cultura parece ser ainda uma grande incerteza, já que o Expresso dá também como hipóteses Gabriela Canavilhas e Inês de Medeiros.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

25 COMENTÁRIOS

  1. …Porque o actual governo, em gestão, “não corresponderia ao interesse nacional“…
    Claro!
    À 1ª o A.Costa pede desculpas, culpa a esqª e a dirª e demite-se…. Como é óbvio no final do 3º trimestre, admite mais funcionários públicos em que a condição de acesso não é a falta de recursos nem a competência… E voltaremos ao tempo do Guterres com cerca de 200 mil novos funcionários… e daqui a uns quantos anos…. Ok. Publique-se!

    • Não me parece Bordelesco. Os lugares já estão por demais preenchidos… A menos que despeça os que o anterior governo admitiu à pressa nos últimos dias da sua governação.

  2. Queremos que o antigo nº 2 de Sócrates tenha a mesma consideração que o Sócrates teve para com ele e lhe dê uma pasta, ministro da Justiça será algo conveniente 🙂

  3. E agora que o povo esteja atento em vez de se desgastar em atitudes e comentários sem qualquer conteúdo.
    Quando for necessário que actue e ponha de lado a “partidarite crónica” que´é filha de uma grande insensatez e irracionalismo.Penso eu.

  4. Vamos entrar, quer se goste ou não, num novo ciclo politico. Esperemos então algum tempo para se “sentir” as eventuais mudanças que aí veem.
    Em relação ao ultimo ciclo politico cada um que tire as suas conclusões; alguns estarão bem ( os ricos ficaram bem mais ricos é só consultar as estatisticas), outros nem por isso, viram descer os salários, desemprego, saída em massa, tal como nos anos 60, de jovens e menos jovens para o estrangeiro, mais horas e dias de trabalho, etc.

    • E ainda querias mais uma nova travessia, um TGV, mais 5 barragens, nos aeroportos, fora o de Beja concluído e preparado para o maior airbus e parado há 5 anos!
      O problema é que não há milagreiros que tivessem prescindido da troika pelo ajustamento conseguido e até hoje continuamos a ver os principais responsáveis pela desgraça de não haver dinheiro para pagar funcionários e a máquina do estado estarem a aguardar pela justiça uns, outros a entrar para o novo governo minoritário (A.Costa, Santos Silva…) e ainda outros porta-adores

      • Olha lá ò Bordão, o dinheiro que os portugueses não teriam poupado se não se tivesse feito por exemplo: – A Barragem do Alqueva as outras Barragens pelo país fora , o Porto de Sines, os Hospitais públicos e escolas, o Parque das Nações, a Ponte Vasco da Gama, a auto estrada do Algarve, a Avenida da Liberdade, e até mesmo o Aqueduto das Águas Livres (que aquilo é um mono e só serve para inglês ver)… o dinheiro que não se teria poupado se não se tivesse embargado as obras do Túnel do Marão e outras que são necessárias fazer e foram embargadas e gasto dinheiro em indemnizações. O dinheiro e postos de trabalho que teríamos ganho se já tivessem sido feitas obras necessárias ao nosso desenvolvimento, como por exemplo, a ligação do Porto de Sines via terrestre ao resto da Europa…

    • È isso Che, não se pode agradar a gregos e a Troianos… Se a ideia do anterior governo era para os ricos ficarem mais ricos, os pobres só podiam ficar mais pobres…

  5. Vamos ver como será, pior que os últimos 4 penso não ser, como diz o CHE uma coisa foi verdade os ricos ficaram bem mais ricos e isso só não vê quem não quer ou não lhe interessa, em questões internas muitos dizem não ser a solução mas até ai duvido pois por mais exportações que sejam feitas estas nos seus lucros são enfiadas em contas no estrangeiro e isso também só não vê quem não quer ver, o psd ao apostar só na questão de importações e exportações errou para o Pais pois ai quem lida são os meninos ricos das grandes empresas exportadoras e importadoras mas como disse os lucros nem sequer são investidos em Portugal e por vezes lucros obtidos a partir das benesses do estado.
    Para quem acha que é errado apostar no mercado interno está bem enganado pois deveria começar por ai para as pequenas empresas mais tarde começarem a fazer as suas exportações e a criar emprego, enquanto só olharem para os grandes capitalistas não vão a lado nenhum pois estes já estão de barriga cheia e quando acharem que já não lhes interessa fogem com as empresas e o dinheiro do Pais, gente desta não interessa minimamente para Portugal interessando sim gente de trabalho que quer crescer e fazer um Portugal melhor.

  6. Francisca Van Dunem angola tornada portuguesa em 1977 como ministra da Justiça… Talvez seja desta que os governos de Porugal e Angola ou um deles finalmente paguem o património selvaticamente nacionalizado dos expoliados das ex-colónias!

  7. Para alguns por aqui vou contar uma pequenita história, alguém conhece o programa loja do bairro que a Câmara Lisboa lançou ainda no tempo de António Costa, pois posso dizer que a minha filha abriu uma que de outra maneira seria impossível ao cidadão comum e ao fim de 1 ano já emprega mais uma pessoa, não digo que seja assim mas é sem duvida um bom começo ou exemplo como queiram achar, se fosse feito muitas coisas do género seriam muitas pessoas a serem empregadas ou não acham, é bem melhor do que ter milhentas lojas fechadas pelo Pais mas claro para os grandes capitalistas não interessa que todas as lojas voltem a abrir e que as pessoas voltem a aderir a estas, olha lá o negocio deles, não quero dizer com isto que seja melhor ou pior mas certo é que pela minha filha fez algo de importante e ao qual lhe agradeço e posso dizer que nem do PS sou mas reconheço coisas de bem que fez pela câmara de Lisboa e que espero ver feitas agora pelo Pais fora para ver se crescemos em condições sem todos os abutres a espera que os pequenos não cresçam.

    • Seria bom que se percebesse o mercado, o produto ou serviços, o público alvo… Numa grande parte das cidades europeias há décadas que os pisos térreos de alguns edifícios deixaram de ser espaços loja e foram convertidos em habitação… Consumidores a menos para tanto negócio!
      Repare na folia das lojas dos “300$00” depois as de “1 €uro” na menor quantidade de lojas de chineses, nos inúmeros quiosques arrendados da CML e que se encontram fechados! Nem todos podem ser “floristas” escaparates de jornais, revistas e tabaco… Costureiras, sapateiros! Não há mercado para tanta bujiganga…

      • Até compreendo mas e depois os grandes centros enfiam lá dentro todas essas bujigangas e isso já não é mau, olhe por exemplo o que aconteceu a radio popular até vendia fotografias a 3 cêntimos prejudicando todas as lojas de fotografia e se não fossem os comerciantes dos Açores que descobriram que afinal nem podiam vender fotos na sua actividade estava este negocio a ficar condenado, mau é esses grandes centros que com as suas negociatas prejudicam e acabam com o resto, também não sou muito a favor desse tipo de lojas que fala tipo 1€ mas a muitos tipos de novos negócios que até poderiam resultar em empregos e economia sendo uma questão de estudo mas dificilmente conseguem sobreviver com a grande carga de impostos que foi atribuída por más gestões de muitos anos de sucessivos governos e porque se começa a ter sucesso alguém de uma grande superfície copia e mata a nascença, claro que agora vai dizer mas isso é concorrência e sim é só que em relação a isso é quase sempre desleal .
        Exemplo um continente hoje em dia é Florista,vendedor de tabaco,loja de roupa,de bebidas,de fruta ou seja é vendedor de tudo que ao mesmo tempo mata todos os negócios em seu redor, ainda consegue vender mais variedade que as lojas dos chineses, ainda gostava de saber qual o cae que um continente usa só para tentar perceber.
        Bom enfim para mim apenas acho que qualquer criação de emprego com alguma qualidade é válido.

  8. Quanto ao Amigo BORDÃO e BORDELESCO parecem os benfiquistas nos últimos dias só vem mesmo a cor do seu partido, mesmo sendo preto dizem que é branco.

  9. Os cães ladram e a gerigonça passa. Feliz novidade para os pafiosos, todos os antiácidos vão ser comercializados pelos seus amigos angolanos que dada a procura já lhe aumentaram o preço.

    • Finalmente COSTA conseguiu o que pretendia nesta luta pelo PODER e para isso não importam as ALIANÇAS com Partidos que não comungam da mesma idiologia e que a maioria dos Portugueses nunca votaria. E sempre com um sorriso irónico, como se tratasse de um grande troféu e não de uma inorme responsabilidade: Governar um País em crise graças a todos os fallanços de governação do seu colega de partido José Sócrates.
      Será que o Povo Portugués merece estar assim á mercê dos ventos políticos pagando sempre o Zé povinho as Favas?
      Por favor não brinquem com as pessoas e não nos venham fazer promessas rídiculas (aumento das pensões em 0,60, 1,80€) não se trata de dar um rebuçado, como se faz às crianças, para que estejamos calados.
      SEJAM SÉRIOS POR FAVOR!!!! Todos os que votamos somos adultos e conscientes de que governar um País é uma grande responsabilidade, não se pode dar o que não se tem a não ser que nos queiram afundar de novo.
      Espero para ver os milagres!!!! que conseguem fazer.

RESPONDER

A tecnologia ressuscitou o "plágio" de escritores medievais

Os trabalhos de autores medievais foram "ressuscitados" com a tecnologia do século XXI numa inesperada colaboração na Universidade de St Andrews, na Escócia. Um arquivo das obras de autores ingleses medievais, que revelava uma visão internacional …

Num cenário apocalíptico, a espécie humana poderia sobreviver "com populações na casa das centenas"

Cientistas de todo o mundo debruçam-se sobre a preparação das populações (e de abrigos) para sobreviver a um possível apocalipse. Para o antropólogo Cameron Smith, não seria necessário um número muito elevado de pessoas, desde …

Príncipe Harry diz que viver com a família real é "uma mistura entre o Truman Show e estar num zoo"

Depois de uma entrevista a Oprah Winfrey, o duque de Sussex faz novas revelações numa nova entrevista e descreve como era a sua vida antes de ir viver, primeiro para o Canadá e, depois, para …

Pentear o cabelo pode tornar-se uma tarefa mais fácil com a ajuda de um robô

Uma equipa de cientistas desenvolveu recentemente um braço robótico com uma escova de cabelo macia, equipada com uma câmara que ajuda o braço a "ver" e a avaliar a ondulação, para oferecer ao utilizador uma …

Benfica 4-3 Sporting | Águia vence dérbi espectacular

Mas que grande dérbi! Benfica e o novo campeão Sporting presentearam os adeptos com um jogo espectacular, um dos melhores dos últimos anos em Portugal, com futebol de ataque e golos, muitos golos. Foram nada menos …

Portugal é o 2.º país com mais divórcios e menos casamentos na UE

A taxa de casamentos na União Europeia caiu drasticamente nos últimos 55 anos, ao mesmo tempo que a taxa de divórcios subiu. Portugal é o segundo país onde esta tendência mais prevalece. De acordo com dados …

"É parte da nossa identidade". Pequena cidade na Suécia luta para preservar uma antiga língua moribunda

A organização Ulum Dalska, sediada numa pequena cidade sueca chamada Älvdalen, tem uma missão. Durante décadas, os seus membros têm trabalhado arduamente para ajudar a salvar a língua elfedaliana, um remanescente do nórdico antigo. "Tivemos a …

Papa diz que abuso infantil é uma espécie de “assassinato psicológico”

O Papa Francisco criticou hoje o abuso infantil dizendo que é “uma espécie de ‘assassinato psicológico’ e, em muitos casos, um cancelamento da infância” e pediu para “parar de encobrir” o fenómeno da pedofilia. Francisco falava …

Jerónimo considera “precipitado” discutir Orçamento de 2022 e “deitar borda fora” o atual

O secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, considerou hoje “no mínimo precipitado” antecipar a posição do partido sobre o próximo Orçamento do Estado e “deitar borda fora” a concretização do atual. À margem de uma visita …

Plano da CIA para capturar Bin Laden originou um problema de saúde pública no Paquistão

Um novo estudo indica que um plano secreto da CIA para capturar Osama Bin Laden, no início de 2011, teve como consequência uma queda significativa das taxas de vacinação no Paquistão. O plano, que usava uma …