Costa à espera de dividendos do Banco de Portugal para pagar dívidas da Saúde

Clara Azevedo / Portugal.gov.pt

O primeiro-ministro António Costa

Os dividendos do Banco de Portugal “serão afetos integralmente ao pagamento das dívidas do setor da Saúde”, afirmou na quarta-feira o primeiro-ministro António Costa, durante o debate quinzenal.

Foi durante o debate quinzenal que o primeiro-ministro deixou a garantia de que os dividendos do Banco de Portugal seriam usados para pagar as dívidas do setor Empresarial do Estado (EPE) a fornecedores.

“O objetivo é a eliminação da dívida na Saúde, quer na primeira fase, de reforço de capital que foi feito, quer numa segunda fase, que será a verba dos proveitos do Banco de Portugal”, disse António Costa, citado pelo Observador.

O Orçamento do Estado para este ano tem uma estimativa de 500 milhões de euros de receita com os dividendos do banco central. No entanto, o valor final só será determinado quando o Banco de Portugal fechar as contas, em março, e apresentar a proposta de entrega dos lucros ao acionista.

Depois disso, o ministro das Finanças tem de aprovar a proposta e o dinheiro é entregue em maio. O Governo socialista tem defendido uma política mais generosa de distribuição de lucros pelo banco central, praticamente a única entidade que ainda paga dividendos ao Estado.

O ministro da Saúde tinha dito em novembro do ano passado que o Governo ia lançar um “vasto plano de eliminação de dívidas e redução dos pagamentos em atraso” na área da Saúde, no valor de 1400 milhões de euros.

Num primeiro momento, o Governo procedeu a um reforço da tesouraria dos hospitais em cerca de 400 milhões de euros – apesar de o valor ainda não ter sido totalmente executado.

No início deste ano, os hospitais empresa receberam mais 500 milhões de euros, através de aumentos de capital, com origem nas transferências do Orçamento do Estado para 2018. No entanto, em fevereiro essa verba ainda estava congelada por ordem de Mário Centeno.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Ainda vem dizer q a economia está em crescimento? Então expliquem a razão da divida enorme do Estado ao setor da Saude !! Este baralhanço de nrs é como baralhar as cartas!! Fazem dos Portugueses autênticos burros e lorpas. Mas como não somos assim tão burros e lorpas como estes politicos/governantes pensam então eles querem pura e simplesmente banir-nos … nem que seja pela entrada nos hospitais sem os cuidados mínimos…

  2. Este governo parece os “pobretas” (com todo o respeito pelas classes sócias!) todos “armados em ricos” mas loucamente à espera do fim-do-mês para ter algum dinheiro!

  3. Pessoalmente acho que este desgoverno já devia ter caído há muito. Dizem que isto está tudo bom, que o país está ótimo e que se recomenda e depois isto!!!!
    O que lhes vale é que isto é um país de palermas. Noutro qualquer país já tinham ido passear.

  4. Mas há dias não havia notícias de que as contas tinha um saldo positivo de muitas centenas de milhões? E as dívidas são só à saúde? A desgovernar com a austeridade dos outros é que eles andam. Estes é que são mais troikistas que a troika!!

RESPONDER

Governo altera excecionalmente limite de idade para tratamentos de fertilidade

O Governo está a rever a norma para alterar, de forma excecional, o limite de idade das mulheres que querem aceder aos tratamentos de fertilidade no setor público. Na segunda-feira, o Jornal de Notícias tinha avançado …

Gana é o primeiro país a receber vacinas financiadas pelo Covax

O programa Covax já começou a fornecer as primeiras remessas de vacinas contra a covid-19. O Gana foi o primeiro país a receber doses. Gana deve receber o primeiro lote de vacinas contra o SARS CoV-2, …

"Como produtos de exportação". Filipinas querem trocar os seus enfermeiros por vacinas da Europa

As Filipinas estão a pedir ao Reino Unido e à Alemanha que forneçam centenas de milhares de vacinas contra a covid-19 em troca do envio de enfermeiros filipinos para ajudar na linha de frente da …

Despacho da ACT limita capacidade de intervenção dos inspetores do trabalho

Um despacho assinado pela inspetora-geral da Autoridade para as Condições do Trabalho (ACT) está a limitar a capacidade de intervenção dos inspetores. A notícia é avançada esta quarta-feira pelo Jornal de Negócios, que escreve que o …

Só muda o preâmbulo. Decreto do novo estado de emergência já seguiu para o Parlamento

O novo decreto do estado de emergência já seguiu para o Parlamento. Marcelo Rebelo de Sousa só mudou o preâmbulo do documento. O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, publicou esta quarta-feira o decreto do …

Governo já está a desenhar um plano de desconfinamento. Rio quer desconfinar por regiões ou concelhos

Depois de uma primeira ronda de audiências, onde anunciou que o decreto do novo estado de emergência será igual ao da última quinzena, Marcelo Rebelo de Sousa recebeu, esta quarta-feira, o Bloco de Esquerda, o …

Serviços de inteligência desvalorizaram ameaça de invasão ao Capitólio

Os serviços de inteligência dos Estados Unidos subestimaram o perigo de invasão ao Capitólio, admitiram vários responsáveis durante uma audiência no Senado, realizada esta terça-feira. Depois da absolvição do antigo Presidente dos Estados Unidos, que estava …

Polícias que prestam serviço no 112 não recebem subsídio desde setembro

Os agentes e militares que fazem a triagem das chamadas do 112 não auferem a gratificação mensal pelo serviço prestado ao Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) desde setembro do ano passado. Segundo o Jornal de Notícias, …

Contrariando ordem judicial, Malásia deportou mais de mil pessoas para Myanmar

A Malásia entregou 1086 cidadãos que tinham fugido de Myanmar aos militares que organizaram o golpe de Estado de 01 de fevereiro, estando entre esses requerentes de asilo já registados oficialmente junto da Organização das …

Assassino da jornalista Daphne Caruana Galizia condenado a 15 anos de prisão

Vincent Muscat, um dos três homens acusados do assassínio, em outubro de 2017, da jornalista anticorrupção de Malta Daphne Caruana Galizia, foi condenado a uma pena de 15 anos de prisão pelo tribunal da La …