Costa revelou aos partidos que vem aí um desconfinamento por concelhos, um semáforo de 5 níveis e uma Páscoa limitada

partyofeuropeansocialists / Flickr

O primeiro-ministro António Costa

O primeiro-ministro recebeu, esta terça-feira à tarde, alguns partidos com assento parlamentar e pouco revelou sobre o plano de desconfinamento, que será apresentado oficialmente na quinta-feira.

Apesar de ter levantado muito pouco o véu, António Costa deu a entender que o país vai desconfinar por concelhos e que o plano vai traçar cinco níveis com base em indicadores concretos. A Páscoa terá restrições entre concelhos para “evitar o que se passou no Natal” e, quanto ao ensino privado, Costa admitiu financiar os testes.

Sobre o ensino presencial, uma fonte adiantou ao Observador que a abertura deverá ser feita por níveis de ensino, sendo que as creches e a pré-primária deverão ser os primeiros estabelecimentos a abrir. No entanto, não foi avançada uma data concreta aos partidos.

O que está agora em cima da mesa pode ainda vir a sofrer alterações, uma vez que o plano de desconfinamento será debatido esta quinta-feira e votado em Conselho de Ministros.

Fontes que estiveram reunidas com Costa revelaram que, em relação às escolas, a ideia é uma abertura nacional do ensino presencial. Contudo, um novo fecho pode ficar, a partir da aplicação do novo plano, dependente do comportamento dos indicadores em cada concelho.

O diário avança que o desconfinamento de atividades económicas também está a ser desenhado para poder abrir conforme a situação epidemiológica em cada concelho, de forma a “poder preservar a atividade em alguns territórios”.

Outra fonte confirmou que está “claramente em cima da mesa a existência de graus de risco conforme as atividades“.

O Governo vai também iniciar um programa de testagem massiva para acautelar a reabertura das escolas e mostrou abertura para que os testes sejam também fornecidos pelo Estado ao ensino privado, tal como pedem as associações do setor e a oposição.

Na reunião, o Executivo não foi claro sobre como este plano de desconfinamento se adaptará ao estado de exceção que estiver a vigorar no país a cada momento, adiantando apenas que a solução jurídica ainda está a ser estudada.

“Vai ser mais um duro golpe perder a Páscoa”

Esta quarta-feira, o Governo vai apresentar o plano de desconfinamento aos parceiros sociais. O setor do turismo, um dos mais afetados pela pandemia, aguarda-o com muita expectativa.

Ao Expresso, Francisco Calheiros, presidente da Confederação do Turismo de Portugal (CTP), revelou que vai pedir ao Governo “que as medidas que vai tomar sejam claras, transparentes e atempadas, porque as atividades turísticas, sejam de hotéis, restaurantes ou agências de viagens, precisam de tempo para se preparar, como stocks, etc, e é preciso que haja aqui previsibilidade para se organizar a operação”.

Quanto à Páscoa, o responsável referiu que é um período de arranque da época turística, pelo que, “se vier a comprovar-se, como é provável, que a Páscoa está perdida, este é mais um duro golpe na eventual recuperação e rentabilidade das empresas”.

“Ao fim de um ano, e se a situação de confinamento se prolongar por mais tempo, temos de alertar que são precisas novas medidas e novos apoios para o turismo”, afirmou o presidente da CTP.

Sindicatos pedem vacinação

Os representantes dos trabalhadores reivindicam prioridade na vacinação de quem vai regressar às atividades letivas presenciais e defendem que é benéfico manter o teletrabalho, sempre que este seja possível.

“É importante envolver os representantes dos trabalhadores no processo de testagem massiva nos locais de trabalho. Mas isso não chega. As atividades que reabrirem, sobretudo as escolas, devem ter prioridade na vacinação do pessoal docente e não docente”, disse Sérgio Monte, secretário-geral adjunto da UGT, ao semanário Expresso.

Isabel Camarinha, da CGTP, considera que “é importante reabrir escolas e a economia o mais rapidamente possível, uma vez que os apoios são insuficientes e não estão a chegar à velocidade que deveriam e há empresas e trabalhadores em situação de profunda agonia”.

Além da testagem massiva nos setores que reabrirem e do reforço no processo de vacinação, Camarinha recorda que é também determinante preparar os transportes públicos para a reabertura da economia.

  Liliana Malainho, ZAP //

PARTILHAR

8 COMENTÁRIOS

  1. Dividir para reinar!
    Liberdade é que não!
    Responsabilizar-se pelo fracasso das urgências é que não!
    Responsabilizar a comunicação social pelo alarmismo é que não!

  2. Com tantos iluminados em Portugal nas TVs, nas rádios, nos jornais, nos partidos da oposição… até nas secções de comentários de noticias online, o que o Costa tem que fazer é contratar esta gente toda e com urgência.

    Arrumávamos a pandemia em 2 semanitas.

    Agora que penso nisso, tivemos um azar do caraças! Com paletes de peritos em controlo pandémico por aí («nas TVs, nas rádios, nos jornais, nos partidos da oposição… até nas secções de comentários de noticias online»), qual terá sido o acaso cósmico que terá feito com que TODOS os azelhas nesta área, ficassem TODOS arrumados no governo?

    Não há dúvida. O Universo está contra Portugal! Que raio teremos feito nós ao Universo….?

RESPONDER

Jovem de 18 anos sofre duas paragens cardíacas

Fellipe, que chegou há poucos dias ao Atlético Goianiense, estava a treinar nesta terça-feira. Presença do médico no treino evitou morte imediata. O Atlético Goianiense vive uma semana de angústia, devido ao estado grave de um …

José Sena Goulão / Lusa

Do Conselho Nacional do PSD, saiu um Rangel candidato e um Rio "muito preocupado" — mas sobretudo derrotado

Sociais-democratas vão mesmo a eleições internas a 4 de dezembro, apesar da tentativa de Rui Rio em tentar adiar a votação. Paulo Rangel é, até ao momento, o único candidato. Há muito que as peças do …

"Olé! Olé!": árbitro não gostou e parou o jogo

Atitude muito pouco habitual. Episódio aconteceu num jogo no Brasil e os "culpados" foram os convidados. A Oeirense é o novo campeão da segunda divisão, a Série B, do Campeonato Piauiense. O torneio foi conquistado pela …

Excremento humano, com 2600 anos, encontrado em Hallstatt, na Aústria

Europeus da Idade do Ferro já comiam queijo azul e bebiam cerveja

Amostras de fezes da Idade do Ferro, encontradas na Áustria, mostraram ter dois tipos de fungos usados ainda hoje para fazer queijo azul e cerveja. Em comunicado, os cientistas responsáveis pela pesquisa explicam que as fezes …

Bolsonaro diz ter vontade de privatizar Petrobras e sugere que população poupe combustível

O Presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, criticou ontem a política de preços da petrolífera Petrobras e disse ter vontade de privatizar a estatal, sugerindo ainda à população que economize combustível. As declarações de Bolsonaro foram feitas em …

Caso EDP. Relação arrasa Ivo Rosa por revogar despacho de Carlos Alexandre

O Tribunal da Relação de Lisboa arrasou o juiz Ivo Rosa por ter assumido competências que não lhe pertencem ao ter revogado um despacho de Carlos Alexandre. Os desembargadores Augusto Lourenço e João Lee Ferreira, do …

Afinal, tomar diariamente uma pequena dose de aspirina não previne primeiros ataques cardíacos ou enfartes

Recomendação feita por uma task force norte-americana vem contradizer uma indicação emitida em 2016. Segundo os especialistas envolvidos, os riscos inerentes à toma não superam os benefícios. Os adultos com idade mais avançada a quem não …

Mariana Mortágua, deputada e dirigente do Bloco de Esquerda

Disponibilidade não chega. Bloco quer "acordo político" para viabilizar OE2022

Para o Bloco de Esquerda viabilizar o Orçamento do Estado para 2022 "precisa de ter um acordo político com o PS", sinalizou Mariana Mortágua. O Bloco de Esquerda acenou com o voto contra e, em pleno …

O primeiro-ministro, António Costa, acompanhado pela ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho e o ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues

Governo pisca o olho à esquerda e cede na caducidade das contratações coletivas

Esta quinta-feira, o Governo enviou aos parceiros sociais duas propostas para alterar o Código de Trabalho: a suspensão da caducidade dos contratos coletivos de trabalho e o modelo de arbitragem para ser aplicado depois de …

Bill Clinton, antigo Presidente dos Estados Unidos, foi hospitalizado

Bill Clinton foi admitido na noite de terça-feira no Centro Médico Irvine da Universidade da Califórnia para "ser tratado a uma infeção não ligada à covid". O antigo Presidente dos Estados Unidos Bill Clinton, com 75 …