Coreia do Sul vai fazer novos testes de emissões aos automóveis da Volkswagen

Julian Stratenschulte / EPA

-

A Coreia do Sul vai submeter os automóveis da Volkswagen a novos testes de emissões de poluentes depois de o fabricante admitir ter falseado os resultados em 400 mil carros nos EUA, revelaram fontes do Ministério do Meio Ambiente.

Os testes devem acontecer em meados de outubro e estender-se também “aos veículos que anteriormente passaram com êxito nos testes”, segundo indicaram fontes à agência Yonhap.

O Ministério do Meio Ambiente vai submeter a testes os modelos Golf e Jetta, da marca alemã, e os A3 e A7 da Audi, que também pertence à Volkswagen, segundo os funcionários.

Os representantes da Volkswagen tinham sido convocados pelo Governo sul-coreano para discutir os testes de emissão de poluentes depois de o fabricante automóvel ter sido acusado de manipular os resultados. “Chamámos os representantes da Volkswagen e os seus engenheiros ao ministério para uma reunião na quarta-feira”, disse à agência noticiosa AFP o vice-diretor do ministério, Park Pan-Kyu.

Segundo Park, é ainda muito cedo para dizer que tipo de medidas punitivas o Governo pode aplicar contra a empresa.

A Volkswagen anunciou esta terça-feira que mais de 11 milhões de carros a gasóleo em todo o mundo foram equipados com um determinado tipo de motor que poderia distorcer os dados de emissões.

Em comunicado, o grupo fez questão de esclarecer que “os veículos novos do grupo Volkswagen com motores diesel UE 6, atualmente disponíveis na União Europeia, estão em conformidade com os requisitos legais e as normas ambientais”, mas que os veículos “com motores tipo EA 189, envolvendo cerca de onze milhões de automóveis em todo o mundo”, poderão ter discrepâncias nos dados das emissões.

A Volkswagen acrescenta estar a trabalhar “intensamente para eliminar as discrepâncias através de medidas técnicas”, estando em contacto com as autoridades competentes, principalmente a KBA (Autoridade Federal Alemã de Transportes).

A Agência de Proteção do Meio Ambiente (EPA) dos Estados Unidos acusou na sexta-feira a empresa de falsear o desempenho dos motores em termos de emissões de gases poluentes através de um software incorporado no veículo, enfrentando uma multa que pode ir até aos 18 mil milhões de dólares (cerca de 15,9 mil milhões de euros ao câmbio de hoje).

Dos cinco modelos equipados com este software, quatro foram importados pela Coreia do Sul – Golf, Audi A3, Jetta e Beetle. Cerca de 59 mil desses modelos estão atualmente nas estradas sul-coreanas, indicou Park.

Além dos EUA e da Coreia do Sul, também foram abertas investigações na Alemanha e em Itália.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Estudo mostra que é seguro misturar vacinas, mas DGS quer mais detalhes

O novo estudo dá indicações sobre a segurança da administração de vacinas de marcas diferentes – uma das opções possíveis em Portugal para o meio milhão de pessoas com menos de 60 anos que receberam …

Romualda Fernandes - PS

"Erro" ou "canalhice"? PS exige desculpas da Lusa pela forma como identificou deputada

A Lusa está no olho do furacão depois de um jornalista da casa ter identificado a deputada do PS Romualda Fernandes como "Preta" numa peça que acabou por ser replicada em vários jornais online. O …

Estudo mostra que o navio Mary Rose tinha uma tripulação multiétnica

A análise dos restos mortais de parte da tripulação do navio de guerra Mary Rose, o favorito do rei Henrique VIII de Inglaterra, mostra a diversidade que já existia no período Tudor. O navio de guerra …

Hulk marcou num jogo que foi interrompido... cinco vezes

Muitas pausas na partida entre América de Cali e Atlético Mineiro. Protestos na Colômbia também afetaram o jogo Atlético Nacional-Nacional. Grupo H da Taça Libertadores, quarta jornada. Em Barranquilla, América de Cali e Atlético Mineiro entraram …

Festa leonina, OE e política. Marcelo poupa Cabrita, mas não põe de lado uma remodelação

Em entrevista à RTP, a primeira deste mandato, o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, poupou Cabrita, culpou os adeptos pelo que se passou nos festejos do Sporting, sublinhou que acredita que o Orçamento …

Governo prometeu a Bruxelas reforma de serviços do Estado. Sindicatos não sabiam

O Governo prometeu a Bruxelas arrancar com uma “reforma funcional e orgânica da administração pública (AP)” sob pena de não receber os cheques da bazuca europeia. “A reforma iniciar-se-á no segundo trimestre de 2021, com a …

Implante neural permite que pessoas paralisadas escrevam. Basta imaginar as letras

Pela primeira vez, uma equipa de investigadores descodificou os sinais neurais associados à escrita de letras e, em seguida, exibiu versões digitadas dessas letras em tempo real. Quando uma lesão ou doença priva uma pessoa da …

Presidente do PSD Oeiras demite-se depois de Rio rejeitar apoiar Isaltino Morais

O presidente da Comissão Política do PSD de Oeiras, estrutura que declarou apoio à candidatura do independente Isaltino Morais à liderança do município, demitiu-se, conforme anunciou esta quinta-feira o próprio, depois de a Comissão Política …

Revolta nas Forças Armadas. Ramalho Eanes entre os 28 ex-chefes militares contra reforma Cravinho

Vinte e oito ex-chefes de Estado-Maior dos três ramos, incluindo o general Ramalho Eanes, assinaram uma carta a contestar o processo da reforma das Forças Armadas em curso e apelaram a um debate alargado à …

Israel reforça presença militar na fronteira com Gaza. "Última palavra ainda não foi dita"

O Exército israelita tinha anunciado, esta quinta-feira à noite, que os seus soldados tinham entrado na Faixa de Gaza. Depois veio negar essa informação, atribuindo a confusão a um problema de "comunicação interna". Na noite desta …