Congressista republicano apoia Hillary (e os bebés chorões também)

gageskidmore / Flickr

O milionário americano Donald Trump

O milionário americano Donald Trump

Deputado do Partido Republicano declarou oficialmente o seu apoio à candidata democrata. E provavelmente não será o único, depois de Trump ter expulsado um bebé que estava a chorar de um comício.

O deputado Richard Hanna tornou-se o primeiro republicano a romper com o seu partido durante as eleições, anunciando que vai apoiar a rival Hillary Clinton, escreve o New York Times.

Segundo o jornal, há muito que o congressista tinha confirmado que não ia apoiar Donald Trump mas agora confirmou oficialmente que está do lado da candidata democrata.

Hanna considera que o magnata “não está preparado” para servir o partido republicano nem o país, sobretudo depois do ataque contra o casal de muçulmanos que perdeu o filho na guerra.

Khizr e Ghazala Khan participaram na última noite da convenção nacional do Partido Democrata, que aconteceu em Filadélfia na semana passada.

O americano, de origem paquistanesa, atacou Trump num discurso emocionado sobre o filho, que perdeu a vida, em 2004, graças a um carro-bomba no Iraque.

Khizr afirmou que, se dependesse do candidato republicano, o seu filho não teria sequer entrado nos Estados Unidos, já que pretende impedir a entrada de muçulmanos no país.

Respondendo às críticas, Trump aproveitou-se do facto da esposa ter ficado calada e de não ter dito nada durante o discurso.

“Se olhar para a mulher dele, ela estava lá em pé. Não tinha nada a dizer… Talvez não tenha sido autorizada a ter algo a dizer. Diga-me você”, afirmou o magnata em entrevista à ABC.

Num artigo de opinião no The Washington Post, Ghazala Khan respondeu ao republicano, considerando que é um “ignorante quando fala do Islão” e que não conhece o significado da palavra “sacrifício”.

Por isso, face a esta polémica, mais uma para juntar ao currículo de Trump, o congressista diz ter ficado “espantado com a insensibilidade dos seus comentários”.

“Eu acho que Trump é uma vergonha nacional. Será mesmo esta a pessoa a quem os americanos querem dar os códigos nucleares?”, questionou Hanna.

O deputado diz que discorda em várias coisas com Hillary Clinton mas que irá votar nela de qualquer maneira. “Manteve-se fiel a causas maiores do que ela própria durante toda a vida. Isso importa”, declarou.

Novo alvo do republicano são os bebés

O candidato republicano mostrou ontem mais uma das suas facetas, ao expulsar, num comício em Virginia, um bebé cujo choro o estava incomodar.

Trump começou por interromper o discurso com um comentário bem humorado, dizendo a todos os que estavam na sala para não se preocuparem.

“Não se preocupem com o bebé. Eu adoro bebés. Eu ouço esse bebé a chorar e gosto. Que bebé bonito”, disse inicialmente.

“Na verdade, estava a brincar. Pode tirar o bebé daqui“, afirmou logo de seguida.

“Eu acho que ela acreditou quando eu lhe disse que gosto de ter um bebé a chorar enquanto estou a falar”, atirou com ironia.

Todos contra Trump

Esta terça-feira, o ainda presidente Barack Obama voltou a atacar o candidato republicano, considerando que este está “terrivelmente mal preparado” para assumir a liderança dos EUA.

“Acho que o candidato republicano não é qualificado para servir como Presidente”, declarou o líder americano, durante uma conferência de imprensa em Washington.

“Disse isto na semana passada. Ele continua a provar isso”, insistiu Obama, recordando a polémica com o casal de origem muçulmana.

Também o chefe de Estado francês, François Hollande, considerou repugnantes “os excessos” do candidato republicano.

Num encontro com jornalistas em Paris, o presidente francês disse que os “excessos fazem querer vomitar, mesmo nos Estados Unidos, sobretudo quando fala mal de um soldado, da memória de um soldado”.

Num tom mais recatado, o Kremlin também já negou que o presidente russo, Vladimir Putin, tenha tido contactos com o magnata americano, apesar da troca de elogios mútua.

“Já dissemos muitas vezes. O Presidente Putin nunca teve contacto com o Trump. Nunca conversou com ele, nem por telefone”, disse Dmitry Peskov, diplomata russo, em declarações ao canal norte-americano NBC, segundo os meios de comunicação russos.

Lamentou ainda o facto dos “ataques à Rússia serem frequentes durante as eleições norte-americanas”, referindo-se às acusações da envolvência no ataque pirata aos e-mails do Comité Nacional Democrata.

As eleições nos Estados Unidos acontecem no próximo dia 8 de novembro.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Há uma forma de reduzir erros na computação quântica (e já sabemos qual é)

Na computação quântica, assim como no trabalho em equipa, um pouco de diversidade pode ajudar a melhorar o resultado. Esta pode mesmo ser a chave para pôr fim aos erros na computação quântica. Ao contrário dos …

Coimbrões 0-5 FC Porto | Dragões goleiam e seguem em frente na Taça

O FC Porto venceu hoje o Coimbrões, por 5-0, em jogo da terceira eliminatória da Taça de Portugal que os «dragões» resolveram com três golos nos 12 minutos iniciais. Aproveitando a inexperiência e nervosismo da formação …

Produção de filmes em Hollywood é um inimigo silencioso do ambiente

Hollywood é casa para a maioria dos grandes filmes produzidos que estreiam nas salas de cinema espalhadas por todo o mundo. Contudo, consegue ser bastante prejudicial para o meio ambiente e, mais do que nunca, …

O escorbuto era uma doença comum entre piratas, mas pode estar de regresso

O número de casos de escorbuto no Reino Unido mais do que duplicou nos últimos anos. A desnutrição é um dos principais responsáveis pelo regresso desta doença. O escorbuto está em ascensão no Reino Unido e …

Dois veleiros robotizados vão medir alterações climáticas no Atlântico

Dois veleiros de navegação robotizada vão medir, durante os próximos quatro meses, a pegada das mudanças climáticas no oceano Atlântico e irão passar pela Madeira e Cabo Verde. A Plataforma Oceânica das Canárias (PLOCAN) libertou esta …

A educação científica está sob ataque legislativo nos Estados Unidos

São inúmeros os professores de ciências que trabalham diariamente nas escolas públicas dos Estados Unidos para garantir que os alunos estão equipados com o conhecimento teórico e prático necessário para enfrentar o futuro. No entanto, …

João Félix saiu lesionado com gravidade no jogo contra o Valência

João Félix, avançado português do Atlético de Madrid, saiu este sábado lesionado com "forte torção no tornozelo direito", ao minuto 78 do jogo contra o Valência, da nona jornada da Liga espanhola de futebol, disputado …

As traças ficaram mais escuras por causa da Revolução Industrial? Cientistas já sabem a resposta

No virar do século XIX, na Grã-Bretanha, traças de todo o país começaram a ficar gradualmente mais escuras em resposta à forte poluição provocada pela Revolução Industrial. A Revolução Industrial foi um período de grandes transformações …

Mais de mil médicos foram alvo de processos disciplinares. 45 foram condenados, nenhum foi expulso

Mais de 1.070 processos disciplinares a médicos foram abertos no ano passado pelos conselhos disciplinares da Ordem, tendo sido condenados 45, segundo dados este sábado divulgados. Segundo os dados da Ordem dos Médicos, os conselhos disciplinares …

Publicar no Instagram rende mais a Ronaldo do que jogar na Juve

As publicações pagas no Instagram rendem mais a Cristiano Ronaldo do que jogar na Juventus, revela um estudo do Buzz Bingo. O internacional português foi a personalidade mais bem paga neste rede social em 2018. De …