Confrontos na Ucrânia fazem 21 mortos

snamess / Flickr

-

Confrontos entre militares e separatistas pró-russos em Mariupol, no sudeste da Ucrânia, causaram a morte de pelo menos 21 pessoas, anunciou o ministro do Interior ucraniano, Arsen Avakov.

A violência matou cerca de 20 rebeldes e um polícia, disse o governante na sua página oficial na rede social Facebook, acrescentando que quatro outros polícias ficaram feridos e quatro militantes separatistas foram capturados.

Os combates aconteceram quando mais de cinquenta militantes pró-russos atacaram a sede da polícia de Mariupol, segundo o governante.

“Houve a intenção de tomar o edifício. Irrompeu um tiroteio que resultou num confronto em grande escala, coincidindo com a chegada dos reforços do Serviço de Segurança e da Guarda Nacional”, acrescentou Arsen Avakov.

O dirigente também confirmou que, devido aos combates, o imóvel ficou em chamas.

De acordo com fontes médicas citadas pelas agências de notícias ucranianas, três pessoas perderam a vida por disparos de balas em Mariupol, outras 25 ficaram feridas e foram hospitalizadas.

Os pró-russos disseram que o tiroteio aconteceu durante o assalto das forças governamentais à sede da polícia, onde se encontrava entrincheirado um grupo de agentes que se nega a seguir ordens do governo central de Kiev.

Mais de mil pessoas dirigiram-se ao edifício para impedir a prisão dos polícias insubordinados, mas as forças leais a Kiev, que contam com apoio de blindados, receberam as pessoas com disparos de advertência, segundo os separatistas.

Outras fontes indicaram que os entrincheirados não são polícias, mas sim homens armados da autoproclamada “República Popular de Donetsk“, que pretendem realizar no domingo um referendo sobre a saída da região da Ucrânia.

Entre os feridos está um jornalista da televisão russa RT, que levou um tiro no estômago, apesar de estar com um colete à prova de balas, segundo a diretora do canal, Margarita Simonian.

O ministro da Defesa da Ucrânia anunciou na quinta-feira que prosseguirá com a ofensiva contra as milícias pró-russas sublevadas no leste do país, incluindo os insurgentes das regiões de Donetsk e Lugansk, que preparam um referendo sobre a separação destes regiões da Ucrânia.

Os separatistas repudiaram por unanimidade o pedido do Presidente russo, Vladimir Putin, de adiar o referendo, que Kiev considera “fraude política” e “aventura” sem perspetivas de sucesso.

/Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Las “autoridades” de Kiev están matando a civiles a sangre fría en la Ucrania oriental, como se ve en los videos publicados en los siguientes sites de Internet:
    As “autoridades” de Kiev estão matando civis a sangue frio no Leste da Ucrânia, como se pode ver nos vídeos postados nos seguintes sítios da internet:
    http://pocamadrenews.wordpress.com/2014/05/09/ejercito-ucraniano-esta-matando-civiles-ucrania-nazis/
    http://www.frequency.com/video/ucrnia-09052014-mariupol-fascistas-de/167654724/-/5-1851

RESPONDER

Ventura em operação de charme no Porto depois de um atraso muito criticado no Parlamento

O deputado André Ventura, eleito pelo Chega, tem agendada para este sábado uma verdadeira operação de charme no Porto, com encontros com o presidente da Associação Comercial do Porto e com apoiantes do partido. Iniciativas …

Assistente social acusada de maltratar 14 crianças em centro de acolhimento

O Ministério Público (MP) acusa uma mulher de 46 anos, que era assistente social e diretora técnica de um centro de acolhimento na Maia, no distrito do Porto, de maltratar 14 crianças nesta instituição. De …

Marcelo não vê razão de preocupação com empresas portuguesas de Isabel dos Santos

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, disse esta sexta-feira ter sinais de que não há razão para preocupação nos setores económicos e empresas portuguesas nas quais a Isabel dos Santos está a vender …

Mina de lítio em Montalegre. "Impactes negativos minimizáveis” e 370 empregos

O Estudo de Impacte Ambiental (EIA) da concessão de exploração de lítio, em Montalegre, conclui que o projeto possui “impactes negativos” que, no entanto, “não são significativos”, “são minimizáveis” e de “abrangência local”. O EIA do …

Cristas faz o mea culpa e abandona o congresso. Corrida à sucessão faz-se a cinco

O 28.º congresso nacional do CDS arrancou este no Parque de Feiras e Exposições de Aveiro com o discurso da líder demissionária Assunção Cristas, que fez uma espécie de mea culpa e agradeceu aos centristas …

Sérgio Conceição sai do FC Porto no fim da época

O treinador do FC Porto, Sérgio Conceição, deixará o comando dos dragões no final da temporada. A derrota em casa com o Braga terá ditado a saída do técnico azul e branco. O técnico do FC …

Joacine quer mais direitos para deputados sem partido. "Está a antecipar" o futuro

A deputada Joacine Katar Moreira, do partido Livre, defendeu esta sexta-feira o alargamento dos direitos regimentais dos deputados não inscritos em partidos. A deputada única do Livre assumiu esta posição no final de uma reunião do …

França confirma 3 casos de coronavírus chinês. Já chegou à Austrália e Malásia

Depois de França ter confirmado três pessoas infetadas com o novo coronavírus oriundo da China, também a Austrália e Malásia reportaram casos. As autoridades da Malásia anunciaram este sábado terem registado os primeiros três casos de …

Amadora. Agredido motorista de autocarro que denunciou Cláudia Simões

Foi agredido o motorista de autocarro que chamou a PSP para denunciar a passageira Cláudia Simões, que alegou posteriormente ter sido agredida pelos agentes da polícia. As agressões tiveram lugar na noite desta sexta-feira, em …

"Dos 4 mil euros que ganho, 3 mil vão para os frades". O padre Vítor Melícias recusa que Tomás Correia ainda controle o Montepio

O padre Vítor Melícias, presidente da Assembleia Geral do Montepio, diz que Tomás Correia "faz falta, mas fez muito bem" em abandonar a liderança da mutualista Montepio. "Dizer que Tomás Correia continua a controlar através …