Confirmados dois casos de coronavírus em Portugal

Estão confirmados os primeiros casos de infeção pelo novo coronavírus em Portugal. Os dois pacientes infetados estão internados em hospitais do Porto.

As autoridades de saúde confirmaram os dois primeiros casos de infeção de coronavírus em território português. A notícia é avançada pela SIC Notícias, que adianta que os pacientes estão internados em hospitais do Porto: um no Hospital de Santo António e outro no São João.

Um dos portugueses infetado com o novo coronavírus é médico e esteve de férias no norte de Itália. O homem, de 60 anos, começou por ter sintomas no dia 29 de fevereiro e está internado no Hospital de Santo António, no Porto, desde domingo à tarde.

O outro caso trata-se de um homem que esteve em Espanha, em trabalho, e está internado no Hospital de São João, também no Porto. O homem de 33 anos teve início de sintomas a 26 de fevereiro.

Esta manhã, numa conferência de imprensa conjunta com a diretora-geral da Saúde, Graça Freitas, a ministra da Saúde, Marta Temido, confirmou os casos de infeção do novo coronavírus (Covid-19) em Portugal, adiantando que um deles está dependente de contra-análise. Entretanto, os resultados da contra-análise no Instituto Ricardo Jorge confirmaram este segundo caso positivo para coronavírus em Portugal.

Durante a conferência de imprensa, Marta Temido deixou uma recomendação geral para as pessoas que venham da áreas afetadas e que possam ter tido contacto com doentes: “vigilância ativa” dos sintomas e contactar a Linha SNS 24 (808 24 24 24) para terem “aconselhamento sobre o que devem fazer”.

A governante adiantou ainda que vão ser aplicadas, aos voos vindos de Itália, medidas de “rastreabilidade de contactos e um reforço daquilo que é a informação aos provenientes dessas regiões, no sentido de insistir para que as pessoas estejam atentas ao estado de saúde e para que, se tiverem qualquer sintoma, contactem o SNS 24 em lugar de se dirigirem diretamente aos serviços de saúde”.

Estas medidas já tinham sido aplicadas aos voos vindos da China, adianta o Observador.

Graça Freitas afirmou que o período vigente “é de contenção” e sublinhou a preocupação com a “prevenção” associada ao rastreio daqueles que estiveram em contacto com os casos confirmados.

“Estamos em fase de contenção e vamos continuar. Não aumenta o nosso nível de prevenção e preparação, mas gera uma segunda linha muito importante que é deteção de contactos diretos nestes casos. O risco será analisado dia-a-dia, situação a situação”, frisou a diretora-geral da Saúde.

O último balanço feito pela Direção-Geral da Saúde (DGS), no domingo, apontava para 85 casos suspeitos em Portugal, 12 dos quais ainda estavam em estudo.

Casos suspeitos em Portugal

Durante a madrugada, os Açores registaram um segundo caso suspeito de infeção pelo novo coronavírus: trata-se de um homem de 24 anos, que esteve recentemente em Itália. O paciente apresenta uma situação clínica “estável” e foi transportado para o Hospital de Santo Espírito da Ilha Terceira.

Este é o segundo caso de suspeita de infeção pelo novo coronavírus nos Açores. O primeiro foi registado na quinta-feira e tratava-se de um homem de 31 anos que esteve na cidade italiana de Milão, acabando o resultado das análises por ser negativo.

Também esta madrugada, um comboio internacional esteve parado desde as 23:30 de domingo na estação do Entroncamento, em Santarém, depois de uma passageira ter alegado estar com sintomas de infeção pelo novo coronavírus.

A mulher foi transferida para o hospital e os restantes passageiros sinalizados. Segundo o Expresso, foi imediatamente ativado o protocolo habitual sempre que alguém se sente mal a bordo: o comboio foi imobilizado e chamou-se o INEM.

As autoridades de saúde estão também a proceder a uma investigação epidemiológica quanto a possíveis casos de contacto com Luis Sepúlveda, que está infetado com o novo coronavírus. O escritor esteve na Póvoa de Varzim no evento Correntes d’Escritas, e a DGS está a pedir aos possíveis afetados para contactarem a linha SNS24.

A DGS considera “contacto próximo” quem tenha estado “em contacto em proximidade (menos de um metro) ou em ambiente fechado” com Luís Sepúlveda, que tenha “viajado em conjunto no mesmo carro” com ele, que lhe tenha “prestado cuidados de saúde” ou que seja cohabitante com o escritor.

A DGS acrescenta ainda que, “caso a situação de ‘contacto próximo’ seja confirmada pelos profissionais da linha SNS24, as pessoas em causa não necessitam de se dirigir aos serviços de saúde, permanecendo calmas em casa, e aguardar o contacto da Autoridade de Saúde que estabelecerá as condições de vigilância”.

Entretanto, soube-se também que Adriano Maranhão, um dos portugueses infetados no Japão com o novo coronavírus, teve alta hospitalar este domingo. O outro tripulante do navio encontra-se ainda hospitalizado com confirmação de infeção.

O surto de Covid-19, detetado em dezembro na China, provocou pelo menos 2.980 mortos e infetou mais de 87 mil pessoas, de acordo com dados reportados por 60 países. Além de 2.912 mortos na China, há registo de vítimas mortais no Irão, Itália, Coreia do Sul, Japão, França, Taiwan, Austrália, Tailândia, Estados Unidos da América e Filipinas.

ZAP //

PARTILHAR

8 COMENTÁRIOS

  1. O clínico esteve à espera dos primeiros sintomas? Foi de férias para uma zona de alto risco? Que fez durante o período de incubação?
    O clínico?!

  2. Até que enfim, que o desejo da Senhora da DGS se concretiza. É uma tristeza essa Senhora. Agora sim, já está realizado o seu desejo. Já pode apresentar trabalho.

    • Ah?
      “desejo da Senhora da DGS”?!
      Estás a confundir a DGS com a CMTV… só pode!…
      E isso é que é uma grande tristeza…

  3. O que é uma grande tristeza é que a própria população civil não organize com o suporte das juntas de freguesia formas de procedimento para suporte dos infectados ou dos que ficam em quarentena em casa. Os transportes públicos são outro surto de contágio em hora de ponta as pessoas vêm coladas umas nas outras. Não vejo nenhuma providência de desinfestação dos transportes como se observa noutros países e deve-se fazê-lo e não depois lamentando o erro.

RESPONDER

Cientistas identificam pela primeira vez expressões faciais emocionais em ratos

Pela primeira vez, cientistas de Neurobiologia do Instituto Max Planck, na Alemanha, identificaram expressões faciais emocionais em ratos. À semelhança dos seres humanos, as expressões faciais dos ratos mudam quando estes animais provam algo doce …

Imprimiram corais artificiais em 3D que podem salvar recifes

Uma equipa de cientistas inspirou-se na natureza para desenvolver estruturas em forma de coral, impressas em 3D, capazes de produzir grandes quantidades de algas microscópicas. Investigadoras da Universidade de Cambridge e da Universidade da Califórnia desenvolveram …

Avalanches submarinas prendem microplásticos no fundo do oceano

As avalanches de sedimentos submarinos transportam os microplásticos para o fundo do oceano e um projeto de colaboração entre as Universidades de Manchester, Utrecht e Durham e o Centro Nacional de Oceanografia acaba de revelar …

Aos 107 anos, Cornelia Ras conseguiu vencer a covid-19

Cornelia Ras, que contraiu o novo coronavírus em meados de março, pode ser a mulher mais velha do mundo a vencer a covid-19. Nunca se é velho demais para vencer o novo coronavírus e a holandesa …

Coreia do Norte pode estar a usar fábricas de fertilizantes para extrair urânio

Um novo estudo norte-americano mostra que a Coreia do Norte pode estar a utilizar fábricas de fertilizantes para produzir mais material nuclear, extraindo urânio de ácidos fosfóricos. Segundo noticiou o Newsweek, na opinião da investigadora Margaret …

Distância social de 1,5 metros é insuficiente para travar contágio

O estudo realizado por investigadores e engenheiros especializados em dinâmica de fluidos concluiu que a distância deve ser de, pelo menos, quatro metros. Um estudo divulgado esta quinta-feira alerta que a distância social de 1,5 metros …

Estados Unidos registam 9 desempregados por segundo

O desemprego está a atingir números preocupantes nos Estados Unidos: só na última semana, 6,6 milhões de pessoas declararam estar sem emprego para poder receber apoios, um número semelhante ao da semana anterior. De acordo com …

Chineses desistem de comprar o BNI Europa. Está agora em mãos angolanas

O contexto de incerteza, provocado pela pandemia de covid-19, levou o Grupo chinês KWG a desistir de comprar 80,1% da participação do BNI Europa. O grupo chinês KWG desistiu de comprar 80,1% da participação do BNI …

Tesla usa peças do Model 3 para construir um ventilador

A Tesla também está a tentar contribuir para colmatar a escassez de ventiladores com um novo protótipo, feito com partes do Model 3. A Tesla construiu um ventilador com recurso a componentes automóveis. A fabricante elétrica …

Há acordo no Eurogrupo: 500 mil milhões de euros "disponíveis imediatamente"

Os ministros das Finanças da Zona Euro chegaram a acordo, esta quinta-feira, sobre os apoios económicos para fazer face à pandemia de covid-19. O Eurogrupo chegou a acordo sobre o pacote de ajuda económica para a …