Ministra da Saúde avisa que número de recuperados vai disparar no domingo

José Sena Goulão / Lusa

Na abertura da conferência de imprensa deste sábado, a ministra da Saúde, Marta Temido, avisou que haverá um grande aumento do número de recuperados no relatório de domingo.

A ministra explicou que o relatório dos recuperados foi sempre feita por notificação direta dos hospitais e das autoridades de saúde dos casos recuperados que não tinham fonte hospitalar. A partir de domingo, vai haver uma alteração da forma como são calculados esses casos.

“O TraceCovid que foi concebido para apoiar as equipas de saúde no controlo dos doentes, foi um programa concebido apenas para esse efeito, para acompanhar os doentes — mas foi atualizado e passou a incorporar um campo de registo para os clínicos que tem também o rótulo de doente recuperado, que não existia antes. Isto faz com que o TraceCovid existam à data um conjunto de doentes que tem registo de curado e que não estão traduzidos no relatório de informação”.

“Desses utentes que têm registo de recuperados no TraceCovid 9.652 têm pelo menos um teste negativo e amanhã serão incluídos no relatório de situação como recuperados”.

“Para garantir que nenhum destes utentes era um caso já extraído, prevenir eventuais duplicações, fez-se um cruzamento do número de utente, para garantir que a informação é fiável”, acrescenta Marta Temido.

A ministra explicou também que houve, em alguns casos, menos mortes na contabilização das mortes por faixa etária, porque houve casos em que a covid-19 tinha sido determinada como causa de morte mas acabou por haver uma correção que atribuiu a outras causas de morte.

Sobre a polémica em torno das remunerações dos enfermeiros, Marta Temido diz que houve “atrasos na entrega de alguns formulários necessários para que os processamentos remuneratórios fossem feitos em algumas instituições”. “Tanto quanto é do nosso conhecimento, essa situação já foi corrigida”, disse.

Questionada sobre os testes “errados” a futebolistas, Marta Temido diz que “nos próximos dias o Instituto Nacional Ricardo Jorge vai reforçar a sua vigilância, o seu acompanhamento, destas entidades, designadamente depois de uma reunião que já foi tida com a associação nacional de laboratórios e um incentivo do INSA a que estas entidades, todas elas, adiram a processos de melhoria de qualidade e boas práticas laboratoriais”.

Casos em Lisboa podem explicar-se com “relaxamento”

Sobre a persistência em Lisboa e Vale do Tejo, Marta Temido afirma que o fenómeno não será um reflexo das medidas de desconfinamento adotadas. “Tudo leva a crer que estejamos perante surtos de novos casos associados a determinados locais de trabalho e empreendimentos comerciais e industriais e também a algumas situações de obra, de construção civil”, referiu.

“Não serão os incumprimentos das regras gerais pelas estruturas laborais que estarão a originar, provavelmente, estes focos. Mas sim algum relaxamento nos momentos que não são de trabalho formal — almoço, mudas de roupa, eventual utilização de meios de transporte coletivos, que não transporte públicos”, afirmou.

“Muitas destas pessoas nunca deixaram de ir trabalhar”, afirmou. “No cumprimento de algumas medidas como o distanciamento, a higienização e a utilização de máscara é que poderão não estar a ser tidas todas as cautelas”, continua.

Marta Temido aponta ainda situações de convívio a montante dos locais de trabalho, bem como situações de trabalhadores sem vínculo com as entidades empregadoras, no caso de empreitadas e de contratados por empresas de trabalho temporário.

Sobre uma eventual fragilidade do vírus face à subida das temperaturas, Graça Freitas, diretora-geralda Saúde, recordou o aumento exponencial de casos na Amércia Latina, onde os termómetros registam, por estes dias, temperaturas elevadas. “Eu não depositaria muitas expectativas no aquecimento”, admitiu.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

O maior salto em cinco anos. Dívida pública atingiu recorde em abril

A dívida pública aumentou para 262,1 mil milhões de euros em abril, o valor mais alto desde 1995, segundo os dados divulgados pelo Banco de Portugal. A dívida pública aumentou para o valor recorde de 262,1 …

Diabéticos e hipertensos. PSD quer debater alteração que retirou estes doentes de regime excecional

O PSD pediu a apreciação parlamentar do decreto-lei que retirou doentes hipertensos e diabéticos do regime excecional de proteção relativo à covid-19. A apreciação parlamentar permite que a Assembleia da República debata, altere e, no limite, …

Norte sem contágios por covid-19. Grande Lisboa regista 96,5% dos novos casos

Portugal regista hoje 1.424 mortes relacionadas com a covid-19, mais 14 do que no domingo, e 32.700 infectados, mais 200, segundo o boletim da Direcção-Geral de Saúde (DGS). 193 dos novos casos são na área …

Aviões deixam de ter lotação reduzida a partir desta segunda-feira

Os aviões deixam, a partir desta segunda-feira, de ter a lotação de passageiros reduzida a dois terços, mas o uso de máscara comunitária é obrigatório. O Governo alinhou, assim, as regras nacionais pelas regras europeias no …

Marcelo pede que não se passe do "8 para o 80" e alerta para imagem do país

O Presidente da República reiterou hoje o apelo à população para que não se passe “do 8 para o 80” nas medidas de prevenção da covid-19, alertando para os riscos da imagem do país “cá …

Só metade das crianças deverá voltar ao pré-escolar esta segunda-feira

As crianças em idade pré-escolar regressam esta segunda-feira aos jardins de infância, que voltam a funcionar com novas regras, depois de encerradas durante mais de dois meses, devido à pandemia da covid-19. Apesar do regresso, que …

Dois astronautas (e um dinossauro de peluche) chegaram à EEI à boleia da SpaceX

Para além dos astronautas Doug Hurley e Bob Behnken, seguia a bordo da Crew Dragon um dinossauro de peluche com lantejoulas. E há uma explicação para isso. Este sábado, o foguetão Falcon 9, da SpaceX, fez …

Pescadores já podem capturar sardinha, mas recuo no consumo é uma preocupação

Os pescadores voltam a poder capturar sardinha, a partir desta segunda-feira, e até 31 de julho, com limites diários e semanais, segundo um despacho publicado em Diário da República. De acordo com o diploma, assinado pelo …

Madeirense contesta quarentena obrigatória em Tribunal (e há uma sentença que lhe dá razão)

Uma cidadã madeirense que chegou no domingo à Madeira e recusa cumprir quarentena num hotel entregou um pedido de ‘habeas corpus’ no Juízo de Instrução Criminal do Tribunal do Funchal. A acompanhar o pedido está …

Idade é o maior factor de risco para se ser internado ou morrer de covid-19

As pessoas com idades entre os 70 e os 79 anos infetadas pelo novo coronavírus têm uma probabilidade de ser internadas em cuidados intensivos 10,4 vezes superior à de uma pessoa até aos 50 anos. Os …