“Pensei que ia morrer”. Começou o julgamento de Pedro Dias

Paulo Novais / Lusa

Pedro Dias, suspeito de um duplo homicídio em Aguiar da Beira

Pedro Dias, suspeito de ter cometido três homicídios em Aguiar da Beira, em outubro de 2016, e também acusado de múltiplos outros crimes, começa esta sexta-feira a ser julgado no Tribunal da Guarda.

A primeira das 24 sessões que já se encontram agendadas teve início às 09h30, no Tribunal da Guarda, que requisitou medidas adicionais de segurança.

À entrada do tribunal, a advogada de Pedro Dias, Mónica Quintela, disse aos jornalistas que o cliente “irá falar durante o julgamento”. “É muito importante que o arguido assista ao julgamento do início ao fim”, cita o Diário de Notícias.

“O que se pretende com este julgamento é que se esclareça o que se passou naquela noite. Que seja feito um julgamento dentro de um Estado de Direito, de um arguido que vai ser submetido ao julgamento com todas as regras”, disse ainda a advogada.

No entanto, de acordo com o Observador, já na sala de audiências do Tribunal da Guarda, o suspeito identificou-se a pedido do magistrado e acabou por dizer que, “de momento”, não vai prestar declarações.

Seguiu-se então o depoimento do guarda António Ferreira, a testemunha chave do processo, que pediu para que “Piloto”, como foi batizado pela imprensa, saísse da sala, uma vez que não consegue falar na sua presença. O juiz aceitou e Pedro Dias foi levado para outro espaço onde pode assistir ao depoimento por videoconferência.

GNR que sobreviveu conta o que aconteceu

De acordo com o jornal online, o GNR contou que foi ele quem passou a revista à carrinha Toyota onde o arguido se encontrava a dormir, sentado no lugar do condutor junto ao hotel da Termas. “O Caetano ficou do lado dele e eu bati no vidro no lado do pendura“.

O guarda conta que o colega foi ao carro patrulha com os documentos da viatura para apurar se havia “alguma pendência” e, quando voltou, já vinha com informações, obtidas via rádio, de que o arguido “era perigoso e estava referenciado pelo posto de Fornos de Algodres” e que podia estar armado.

António Ferreira prossegue: “Quando eu virei a cara, estava ele com a arma”, cita o Observador. “Se te mexeres, fodo-te os cornos”, terá dito Pedro Dias, que depois abriu fogo contra o guarda Caetano. “És burro? Não vês que ele está morto?”, acrescentou ainda, depois de o GNR sobrevivente ter começado a gritar pelo colega.

Foi então que foi obrigado a entrar no carro patrulha, para o lado do pendura, no qual foi mantido sob sequestro durante algum tempo. “Desaparece, leva o que quiseres, deixa-me ficar aqui ao pé dele [colega que foi baleado] para o socorrer”. “Queres morrer?”, terá respondido Pedro Dias.

Foi então que pararam num local ermo, onde foi obrigado a algemar-se num pinheiro. Acabou baleado e, quando estava a “perder os sentidos”, sentiu que estava a ser coberto com vegetação.

“Quando acordei já havia dia. Tinha sangue a escorrer na cara. Fiquei um bocado perdido. O sítio não me dizia nada. Caia e levantava-me. Pensei que ia morrer“, explica, citado pelo Correio da Manhã.

Ainda hoje, António Ferreira continua a correr risco de vida. Segundo o CM, tem uma bala alojada na coluna e não pode ser operado.

As acusações

Pedro Dias é acusado da prática de três crimes de homicídio qualificado sob a forma consumada, três crimes de homicídio qualificado sob a forma tentada, três crimes de sequestro, crimes de roubo de automóveis, de armas da GNR e de quantias em dinheiro, bem como de detenção, uso e porte de armas proibidas.

Na altura em que foi marcada esta data para arranque do julgamento, ainda não figurava o crime de homicídio relativo a Liliane Pinto, que faleceu cerca de cinco meses depois de ter sido alvejada.

A defesa prescindiu então do prazo para abertura de instrução do processo relativo a esta vítima, por forma a conseguir juntá-lo ao processo principal, o que acabou por verificar-se.

O julgamento, que começou esta sexta-feira, conta com 76 testemunhas por parte da acusação, informou a advogada do arguido.

O arguido, de 44 anos, esteve fugido um mês depois da noite sangrenta em Aguiar da Beira, até se ter entregado às autoridades. Tem aguardado o julgamento em prisão preventiva, na cadeia de alta segurança de Monsanto, em Lisboa.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Disparam ataques a jornalistas. Bruxelas insta países da UE a aumentar proteção

Os países da União Europeia (UE) foram instados por Bruxelas a tomar medidas para proteger os jornalistas, após um aumento no número de ataques a membros da imprensa. A Comissão Europeia exortou os governos a criarem …

Facebook e Google criticados por anúncios de "reversão do aborto"

O Facebook já veiculou anúncios de "reversão do aborto" 18,4 milhões de vezes desde janeiro de 2020, de acordo com um relatório do Center for Countering Digital Hate (CCDH), promovendo um procedimento "não comprovado, antiético" …

Líder militar dos EUA temeu que Trump começasse guerra nuclear com a China - e chegou a ligar aos chineses

As revelações aparecem em Peril, o novo livro de Bob Woodward e Robert Costa sobre os bastidores da Casa Branca. Trump já respondeu. O General Mark Milley, o chefe do Estado-Maior das Forças Armadas dos EUA, …

França suspende 3.000 profissionais de saúde que recusaram vacina contra covid-19

A França suspendeu 3.000 profissionais de saúde sem remuneração por se recusarem a tomar a vacina contra a covid-19, revelou o ministro responsável pela pasta, Olivier Véran. Segundo Véran, citado esta quinta-feira pelo Guardian, "várias dezenas" …

Austrália, Reino Unido e EUA assinam pacto de defesa para conter China

A Austrália, os Estados Unidos (EUA) e o Reino Unido anunciaram o "Pacto de Aukus", que visa frente às pretensões territoriais da China no Indo-Pacífico e envolverá a construção de uma frota de submarinos com …

Governo tem margem de 1600 milhões de euros nas negociações do Orçamento

Os dados são de um relatório do Conselho das Finanças Públicas, que deixa alertas para que o executivo não se estique muito no aumento da despesa e no corte à receita. Segundo escreve o Público, o …

Mundial de Futsal. Portugal esmaga as Ilhas Salomão por 7-0 e tem um pé nos oitavos

Portugal lidera o grupo C e pode garantir o apuramento caso Marrocos não perca contra a Tailândia. A seleção portuguesa de futsal, campeã europeia em título, somou hoje o segundo triunfo em dois jogos no grupo …

"Dezenas de pessoas" da comitiva de Putin infetadas com covid-19

O Presidente russo, Vladimir Putin, informou que dezenas de pessoas da sua comitiva testaram positivo para o coronavírus, doença que afetou mais de 7 milhões de habitantes no país. Putin entrou em isolamento no início desta …

Uber investe 90 milhões em novo ‘hub’ e sede em Lisboa e espera contratar mais 200 pessoas

A Uber está a investir 90 milhões de euros num novo ‘hub’ e sede de operações em Lisboa, hoje inaugurados, criando mais de 400 empregos diretos e pretendendo contratar mais 200 pessoas até final do …

Máscara nos espaços fechados e eventual terceira dose em massa - as conclusões da reunião no Infarmed

Terminou há momentos a reunião do governo com especialistas no Infarmed sobre o balanço da evolução da pandemia e as recomendações das medidas que devem ser adoptadas nesta nova fase. A reunião começou com as …