Com a batata quente de novo nas mãos, Cavaco descasca recados

José Sena Goulão / Lusa

O presidente da República, Aníbal Cavaco Silva

No dia em que recebe Passos Coelho, depois da queda do governo da coligação no Parlamento, Cavaco Silva lança recados aos partidos perante a actual situação política nacional.

“No espírito científico, as disputas são resolvidas não pela força mas pelo diálogo esclarecido. A ciência é edificada não por argumentos de autoridade, mas pela cooperação e pelo respeito mútuo”, disse o Presidente da República no seu discurso na cerimónia do 25º aniversário do Prémio Científico IBM, que decorreu na Fundação Champalimaud, em Lisboa.

“Uma sociedade mais democrática e mais aberta é, também, uma sociedade mais científica. Por sua vez, uma sociedade mais científica é uma sociedade mais livre e mais racional”, acrescentou.

Palavras que têm que ser interpretadas à luz dos últimos acontecimentos da vida política nacional, tanto mais quando a “batata quente” da formação do governo volta às mãos de Cavaco Silva.

Passos promete lutar na oposição

O Presidente da República recebe nesta quarta-feira o primeiro-ministro ainda em exercício para a habitual reunião semanal, e o presidente da Assembleia da República, que irá comunicar formalmente ao chefe de Estado a aprovação da moção de rejeição do programa do XX Governo Constitucional.

Passos Coelho será recebido pelas 16h30 em Belém, um dia depois de o seu Governo ter sido derrubado pelo parlamento.

Antes, pelas 15h45 será recebido o presidente da Assembleia da República, Ferro Rodrigues.

Inicia-se assim, o processo com vista à tomada de posição oficial de Cavaco Silva que pode decidir empossar um governo socialista, com o apoio parlamentar da Esquerda, ou até não fazer nada.

Certo é que Passos Coelho já se vê na oposição e promete não tornar as coisas fáceis a António Costa e companhia.

“Se não me deixam lutar no Governo, como quiseram os eleitores, lutarei no Parlamento, pelo qual tenho muito respeito“, disse o primeiro-ministro ainda em funções, no discurso na Assembleia da República, após confirmada a queda do seu Executivo.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Mas o homem até tem razão… “as disputas são resolvidas não pela força mas pelo diálogo esclarecido”. Pois! Foi o contrário que o governo ante-anterior fez e o que o PS o BE e CDU estão a fazer…

    “Uma sociedade mais democrática e mais aberta” Após o 25 Abril, finalmente estamos a ver isso! Se vai resultar, não sei, mas que é um principio, é!

    Só é pena que ele realmente não quisesse dizer isto… Para ele o diálogo é cedência absoluta a politicas de direita. Democracia só para alguns… Os outros não são “crediveis” (como se referiu ao BE e à CDU…). Ficará para a história como o pior Presidente de República (de Portugal) de sempre! E vai fazer “cagad…” até ao finzinho do seu mandato! Esperem para ver…

  2. Estamos a esquecer de algo que Portugal esta obrigado perante a UE.
    Temos que apresentar o Orçamento de 2016.
    Ecom um governo de gestão, isso não possivel.
    COMENTADORES ATENÇÃO TEMOS OBRIGAÇÕES COM A EUROPA !!!

    • Duodécimos vincula o anterior orçamento. Nem mais nem menos! A situação é de excepção.
      O actual panorama resulta de oportunismo reacionário do A.Costa e correlegionários por saberem que o presidente não pode convocar eleições… E não acreditarem que ele deixe o governo em gestão até que novas eleições aconteçam.

      • Há uma solução, não é preciso recorrer a excepções.
        Até parece que a direita nunca recorreu a alianças depois das eleições para ter maioria e conseguir ficar no poder.

      • Concordo inteiramente com “Eu Mesma” e acrescento: “por saberem que o presidente não pode convocar eleições…” O Cavaco fez isso de propósito (marcou a data…) para não ter de lidar com isso! Para deixar para o próximo (ou próxima) resolver. Lavar as mãos como Pôncio Pilatos. Cobardolas!

Suárez aborda eventual saída de Messi. "Saberá do que precisa"

O futebolista Luis Suárez comentou a possível saída do seu companheiro de equipa Lionel Messi do Barcelona. "Saberá do que precisa", disse o internacional uruguaio, frisando que não consegue ver o astro argentino noutra equipa. …

Mário Centeno nomeado governador do Banco de Portugal

O Conselho de Ministros aprovou, esta quinta-feira, o nome do ex-ministro das Finanças para o cargo de governador do Banco de Portugal (BdP). A decisão foi revelada, esta quinta-feira, depois do Conselho de Ministros, pela ministra …

Finanças admitem queda de 9% no PIB. Governo prepara-se para rever projeção inicial de 6,9%

O Ministério das Finanças admite a possibilidade de que a queda do PIB se aproxime dos 9%, revelou esta quinta-feira o Jornal de Negócios, adiantando que o Governo se prepara para rever a projeção inicial …

Vacina de Oxford testada em humanos com "resultados promissores"

Os testes clínicos em humanos da potencial vacina contra a covid-19 que a Universidade de Oxford criou tiveram "resultados prometedores" e desencadearam a resposta imunitária que se pretendia. Os testes em humanos, que desde abril envolveram …

Goa decreta novo confinamento, com Índia a rondar um milhão de casos

Depois de ter aberto portas ao turismo, Goa decreta um novo confinamento de três dias. Registaram-se 198 novos casos nas últimas 24 horas, o número mais alto desde o início da pandemia. O estado de Goa, …

Tribunal da Concorrência confirma coima de 75 mil euros a Ricardo Salgado

O Tribunal da Concorrência confirmou, esta quinta-feira, a coima de 75 mil euros aplicada pelo Banco de Portugal a Ricardo Salgado, no caso do financiamento do Grupo Alves Ribeiro (GAR) para compra de ações da …

Mais três mortes e 339 novos casos de covid-19 em Portugal

Portugal regista, esta quinta-feira, mais três mortes e 339 novos casos de infeção por covid-19 em relação a quarta-feira, mostra o boletim mais recente da DGS. Segundo o boletim diário da Direção-Geral de Saúde (DGS), dos …

Crise entrou em nova fase mas mundo "não está fora de perigo", diz FMI

A diretora do Fundo Monetário Internacional (FMI), Kristalina Georgieva, disse esta quinta-feira que a crise provocada pela pandemia entrou numa nova fase, que exige flexibilidade para assegurar "uma recuperação sustentável e equitativa", alertando que o mundo …

China bane importação de ovelhas portuguesas

As alfândegas chinesas baniram as importações de ovelhas e produtos relacionados de Portugal, alegando um aviso da Organização Mundial de Saúde Animal sobre um surto de paraplexia enzoótica dos ovinos na Guarda. A notícia foi avançada …

Tânia já pode abraçar os filhos. Livrou-se do coronavírus ao 16º teste após 4 meses isolada

A algarvia Tânia Poço foi, finalmente, dada como "curada" de covid-19 após quatro meses de confinamento. Aquele que terá sido o caso mais prolongado da infecção em Portugal, chegou ao fim com o 16º teste …