Governo já caiu

António Cotrim / Lusa

A Assembleia da República chumbou esta terça-feira o Programa do XX Governo Constitucional, através da aprovação de uma moção de rejeição do Partido Socialista, o que implica agora a demissão do executivo PSD/CDS-PP.

A moção foi aprovada com 123 votos favoráveis votos do PS – que não teve desalinhados -, Bloco de Esquerda, Partido Comunista, Partido Ecologista – Os Verdes e do Pessoas – Animais – Natureza.

Os deputados do PSD e do CDS reuniram 107 votos contra.

PCP, BE e PEV também apresentaram moções de rejeição ao programa do executivo, mas a do PS foi a primeira a ser votada, consumando-se com a sua aprovação a queda do Governo.

A moção de rejeição do PS ao Governo justifica o derrube do executivo por insistir numa “radicalização programática e ideológica” e por os socialistas disporem de uma alternativa credível.

No documento lê-se também que os socialistas tomam esta iniciativa de derrubar o XX Governo Constitucional [PSD/CDS] “em coerência” com o seu compromisso eleitoral.

A rejeição do Programa do Governo exigia maioria absoluta dos deputados em efetividade de funções, ou seja, pelo menos 116 parlamentares. Nas eleições de 4 de outubro, a coligação Portugal à Frente obteve 107 mandatos (89 do PSD e 18 do CDS-PP), o PS elegeu 86 deputados, o BE 19, a CDU 17 (dois do PEV e 15 do PCP) – totalizando 122 parlamentares – e o PAN elegeu um deputado.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

9 COMENTÁRIOS

  1. Mais uma vez a democracia em posta em funcionamento (mas desta vez, de forma histórica)! Na legislatura anterior, o PSD e o CDS juntaram-se (após as eleições) e formaram governo com maioria absoluta, (com as instabilidades que todos conhecemos – irrevogável diz-vos alguma coisa?) ou seja, mais deputados que as restantes forças políticas. Agora são outros (com igual instabilidade). Vamos ver no que isto dá. Vamos ver o que o teimoso do Cavaco faz. Vamos ver se não há outras soluções para além da austeridade desenfreada. Vamos ver se valeu a pena acabar com os feriados. Vamos… ver…

  2. Na sequência do golpe de Estado que está em vias de acontecer, auto-suspenderei a minha liberdade de expressão.
    Temo que a censura venha a ser feita de forma encapotada e contundente e como tenho o dever e obrigação de proteger e sustentar a minha família, vou abster-me de fazer comentários.
    Votei e tenho vivido em liberdade, mas temo que essa liberdade esteja em vias de chegar ao fim.

    • Golpe de Estado? Tás a brincar? Tu chamas Golpe de Estado à aplicação da Constituição, da Democracia? Ou tu és daqueles que ainda acha que as legislativas é para eleger o Primeiro Ministro?
      Caso não saibas (não deves saber porque te referes a um Golpe de estado quando não sabes o que isso é) as legislativas servem para eleger os representantes do povo (os deputados, caso não saibas). É o partido com mais deputados (e não necessáriamente com mais votos) que propõe ao Presidente um Primeiro Ministro. Mas caso isso não seja possível (por não terem maioria absoluta – 50%+1 – e se o Governo fôr derrubado na… Assembleia) o Presidente chama o segundo mais votado (neste caso o PS, caso não saibas). Se mesmo assim não é possivel, pode convocar novas eleições ou Governo de iniciativa presidencial. Ora, o que aconteceu é que a coligação não tem a maioria (absoluta) no Parlamento, mas o PS, juntamente com o BE e a CDU, têm. Enfim, é só fazer as contas…
      Já agora… O que chamas ao que aconteceu ao Governo anterior (antes deste que foi á “água…). Não terá sido também um “Golpe de Estado”? A única diferença entre o que se passou ontem e o que se passou nessa altura, é que “antes”, o primeiro (mais votado) e o… terceiro juntaram-se, e agora o segundo o terceiro e o quarto juntaram-se. Se não percebes isto, não há nada a fazer… Olha! Emigra, como aconselha o teu amiguinho Passos que passou a censurar tudo e todos durante quatro anos!
      Estás preocupado com a liberdade? Antes ela estava ameaçada (com o constante desrrespeito da Constituição, entre outros “abusos”). Enquanto existir democracia, não existe censura, ecusta-me muito que o digas, especialmete numa situação como esta que vivemos. Somos livres de escolher. Os deputados também são livres de escolher. Não podem estar presos a ideologias estanques, que só a direita pode governar (ou os partidos do arco da governação)… Onde está a liberdade nisto? Aqui sim, vejo censura…

RESPONDER

Pela primeira vez, a idade da reforma pode cair (e a culpa é da pandemia)

A idade da reforma é determinada pela esperança média de vida. No entanto, a pandemia e o consequente aumento da mortalidade podem fazer cair esse indicador, levando a um recuo histórico na idade da reforma. Até …

Onde estão os antigos "donos disto tudo" no desporto?

Sporting parece estar em ano de regresso ao topo do futebol. Mas outros clubes dominadores, ou desapareceram, ou andam discretos. "Felizmente não subimos à I Divisão", admite o presidente do HC Sintra. "Donos disto tudo" pode …

Após chumbo ao aeroporto do Montijo, Governo quer mudar a Lei para tirar poder aos municípios

O chumbo ao aeroporto do Montijo depois de os municípios da Moita e do Seixal terem reprovado o projecto não demove o Governo da empreitada. Em cima da mesa estão três soluções e a intenção …

Vacina da Janssen deverá ser aprovada na Europa a 11 de março. Imunizante só requer uma toma

A Agência Europeia do Medicamento convocou uma reunião extraordinária para concluir a avaliação da vacina à covid-19 da multinacional Janssen, com vista a colocá-la rapidamente no mercado. Neste sentido, espera-se que haja mais uma vacina contra …

Medina leva nega. Bloco, PCP e PAN querem concorrer sozinhos em Lisboa

O anúncio de que Carlos Moedas vai encabeçar a candidatura PSD/CDS à Câmara Municipal de Lisboa uniu a direita, mas não mudou a estratégia da esquerda. O Bloco, o PCP e o PAN querem concorrer …

Coates alcançou feito sem paralelo na Europa

Coates não comete uma única falta há mais de um mês, embora tenha sido totalista de minutos nesse período. É o único jogador das principais ligas europeias a consegui-lo. Provavelmente já não se lembra da última …

"Nunca batem certo". Madeira contesta dados do boletim da DGS

As autoridades regionais madeirenses afirmam que "os números fidedignos são os dados reportados, diariamente, pela Direção Regional de Saúde". A Direção Regional da Saúde (DRS) da Madeira contestou, esta terça-feira, os dados reportados nos boletins da …

I Liga pondera reduzir número de equipas a partir de 2022/2023

O desportivo Record avança esta quarta-feira que a Liga de Clube pondera reduzir o número de equipas em competição na I Liga já a partir da época de 2022/2023. Em cima da mesa está a redução …

Sob risco de expulsão, Fidesz de Orbán deixa bancada do Partido Popular Europeu pelo próprio pé

O partido Fidesz, liderado pelo primeiro-ministro húngaro Viktor Orbán, vai deixar a bancada do Partido Popular Europeu no Parlamento Europeu. De acordo com a agência Reuters, o partido Fidesz, que governa a Hungria, anunciou esta quarta-feira …

Varandas move mundos e fundos por João Mário, que ganha dobro do teto salarial

Frederico Varandas está disposto a investir na contratação em definitivo de João Mário. O médio do Inter ganha quase o dobro do teto salarial em Alvalade. "João Mário é para ficar", lê-se esta quarta-feira na capa …