China suspende voos com o Reino Unido. País impõe restrições a ligações com a África do Sul devido a nova variante

A China suspendeu todos os voos com o Reino Unido como medida preventiva, tendo em conta a recente descoberta de uma mutação do coronavírus SARS-CoV-2 no país europeu, anunciou esta quinta-feira o porta-voz do Ministério Negócios Estrangeiros.

“A China tomou nota das práticas de outros países e suspendeu os voos entre a China e o Reino Unido”, disse Wang Wenbin durante a conferência de imprensa diária do ministério.

Esta medida, afirmou, foi tomada “tendo em conta a situação especial e o possível impacto desta variante do novo coronavírus, e a fim de salvaguardar a saúde e os intercâmbios entre os povos da China e de outros países”.

O porta-voz não especificou um prazo para a retoma dos voos, e disse que o ministério vai acompanhar a situação e anunciar novos ajustamentos quando apropriado.

A potência asiática segue assim as medidas tomadas por outros países, tais como o Japão, o Canadá e a Coreia do Sul.

Esta manhã, a China Southern, uma das maiores companhias aéreas do país, já tinha anunciado a suspensão das suas ligações aéreas com o Reino Unido.

África do Sul com nova estirpe

As autoridades britânicas anunciaram ontem que todos os viajantes provenientes da África do Sul têm de ficar em quarentena depois de terem sido identificados no Reino Unido dois casos de uma nova estirpe do coronavírus que foi descoberta esta semana naquele país africano.

O anúncio foi feito por Matt Hancock, ministro da Saúde britânico. “Esta nova variante é altamente preocupante, porque é mais contagiosa e parece ter mutado mais que a nova variante identificada no Reino Unido”, avisou, assumindo depois que todos aqueles que tenham estado na África do Sul ou em “contacto próximo” com alguém proveniente daquele país, nas últimas duas semanas, tem que se colocar “imediatamente em quarentena”.

A descoberta de casos que as autoridades acreditam ser uma variante nova e mais transmissível do coronavírus no Reino Unido surge após o anúncio, na semana passada, de que uma nova estirpe se havia espalhado pelo sul de Inglaterra.

Mais de 50 países também impuseram restrições relativamente às viagens para o Reino Unido. E, além disso, a proibição da ligação do Canal da Mancha para a Europa já provocou problemas no porto de Dover e gerou receios de, em breve, haver escassez de alimentos nos supermercados do Reino Unido devido à suspensão das cadeias de abastecimento. Atualmente alguns países já amenizaram as medidas.

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

Amnistia Internacional retira estatuto de prisioneiro de consciência a Navalny

A Amnistia Internacional anunciou que não pode considerar o principal opositor russo um "prisioneiro de consciência" devido a algumas declarações nacionalistas e xenófobas feitas por si no passado. Esta informação foi revelada, na terça-feira, pelo jornalista …

CGTP volta à rua com concentrações nos distritos e greves e plenários nas empresas

A CGTP vai voltar à rua pela valorização dos salários e do emprego e o respeito pelos direitos individuais e coletivos. A CGTP volta à rua com uma Jornada Nacional de Luta descentralizada para exigir melhores …

27 reúnem-se numa videocimeira para discutir restrições e a aceleração do processo de vacinação

Esta quinta-feira, os 27 reúnem-se virtualmente, numa cimeira coordenada, a partir de Bruxelas, pelo presidente do Conselho Europeu Charles Michel.  Segundo apurou a TSF, na videocimeira desta quinta-feira, os governos deverão reconhecer que a situação epidemiológica …

Em risco de perder a imunidade, Puigdemont fala em "pressão espanhola"

Carles Puigdemont, Toni Comín e Clara Ponsati estão em risco de perder imunidade. O ex-presidente do governo da Catalunha fala em "pressão espanhola" no Parlamento Europeu. O levantamento da imunidade de Carles Puigdemont e de dois …

Plano de desconfinamento a circular nas redes sociais é falso. Governo faz denúncia ao Ministério Público

Esta quinta-feira, começou a circular nas redes sociais um alegado plano de desconfinamento que teria início já no mês de março. O Governo já veio avisar que o documento é falso e vai fazer uma …

Carlos Carreiras diz que "Passos Coelho não é passado, é presente"

O presidente da Câmara de Cascais voltou a criticar a liderança do líder do PSD e, em sentido contrário, deixou rasgados elogios ao seu antecessor. Numa entrevista ao jornal Público e à rádio Renascença, Carlos Carreiras …

PSP diz que jovem que se gabou de violação no Instagram pode ter "fantasiado"

A Polícia de Segurança Pública (PSP) de Viseu afirma que "tudo leva a crer" que o jovem que assumiu, em direto no Instagram, ter violado uma rapariga estivesse a fantasiar. A PSP de Viseu identificou o …

Termina hoje o prazo para validar faturas para apresentar no IRS

Os contribuintes têm até esta quinta-feira para validar e verificar as faturas de 2020 no Portal e-fatura e que vão servir de base no cálculo das deduções no IRS. Há já vários anos que as deduções …

“Foi torturada”. Princesa Latifa escreve carta à polícia a pedir que investigue desaparecimento da irmã

Latifa escreveu à polícia britânica em 2019. O caso da sua irmã Shamsa, raptada em Inglaterra há mais de vinte anos, tem muitas semelhanças com o drama agora vivido pela princesa. A princesa Latifa, filha do …

Pelo menos oito mortos após golpe de Estado em Myanmar. ONG pedem embargo ao fornecimento de armas

Pelo menos oito pessoas morreram em Myanmar, como resultado da violência desencadeada após o golpe de Estado realizado pelos militares a 1 de fevereiro, segundo a Associação de Assistência aos Prisioneiros Políticos (AAPP). Até agora, o …